Vane oferece 6,41% de reajuste a servidores, que rejeitam proposta

O prefeito Claudevane Leite ofereceu 6,41% de reajuste aos servidores municipais, ontem (14), em segunda rodada de negociações da campanha salarial deste ano. A proposta acabou sendo rejeitada em assembleia comandada pela presidente do Sindicato dos Funcionários e Servidores Municipais (Sindserv), Wilmaci Oliveira.

A votação ocorreu ontem à noite, pouco tempo depois de concluída a negociação. De acordo com Wilmaci, o entendimento é de que “a proposta apresentada é baixa e não atende às demandas” dos servidores. Os servidores pedem 8,41% de reajuste.

Ainda segundo ela, além de parcelar em duas vezes o reajuste (a primeira retroativa a abril e a segunda em setembro), o governo não pretende reajustar o valor do tíquete alimentação.

A nossa categoria exige e merece mais respeito e valorização. Queremos a implantação do Plano de Cargos e Salários, reajuste e ampliação do tíquete para todos os servidores e melhores condições de trabalho, além de um reajuste digno – disse Wilmaci, que alertou para a possibilidade de greve, caso a proposta do governo não melhore.

Os comentários estão fechados.