Trabalhadores da UPA do Monte Cristo entrarão em greve na segunda (28)

Os funcionários da Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) 24 horas do Monte Cristo, em Itabuna, decidiram, em assembleia, iniciar greve por tempo indeterminado a partir da próxima segunda (28). O movimento é pelo atraso de salário do mês de abril.

Segundo a direção do Instituto Bom Jesus, empresa que administra a UPA, a Secretaria de Saúde de Itabuna ainda não pagou pelos serviços prestados no mês anterior. O município somente deverá pagar a fatura de abril após a conclusão de auditoria nos serviços prestados pela UPA. O Conselho Municipal de Saúde estranhou a suspensão do pagamento. “Quem presta serviço, tem que receber independente de revisão dos contratos”, conclui.

As direções do Sindicato dos Trabalhadores de Saúde de Itabuna (Sintesi) e do Sindicato dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem (Sindtae) emitiram nota na qual dizem entender o dilema da empresa Instituto Bom Jesus, mas fazem a cobrança do que é devido aos trabalhadores.

GREVE NO CEMEPI

Ainda de acordo com os dirigentes sindicais, funcionários do hospital pediátrico Cemepi – antigo Ipepi – passam pela mesma situação. Lá, os funcionários também podem decidir por uma paralisação dos serviços em uma assembleia que ocorrerá nesta quinta-feira.

Os comentários estão fechados.