Ônibus quebra e causa transtornos após sair de Itabuna

BR-415 – No início da manhã desta segunda-feira (26), um ônibus da Rota Transportes que seguia para Itapetinga após sair de Itabuna, quebrou ao chegar nas imediações de Itororó. A falha mecânica, provavelmente causada por falta de manutenção, deixou dezenas de pessoas à deriva e com seus compromissos profissionais e médicos comprometidos.

Foto/Informações: Alisson Aguiar.
Foto/Informações: Alisson Aguiar.

Segundo informações do motorista, ele sentiu que o carro estava ficando sem embreagem quando se aproximava de Itororó, verificou o barulho que vinha do motor. Ao olhar constatou que uma mangueira estava solta e vazando um liquido que fazia o veículo perder força. Depois de quase uma hora tentando, sem sucesso, colocar o ônibus em movimento, ele (o motorista) desistiu e informou que os passageiros deveriam esperar um novo carro que só passaria 1 hora depois, às 06h30. Detalhe, a maleta de ferramentas disponibilizada pela empresa faltavam instrumentos básicos como alicates e outros.

Uma passageira, de 68 anos, que não quis se identificar disse que ficou incomodada com a situação. “Olha a gente acorda cedo, se programa para fazer uma viagem para cuidar da saúde e tem que passar por isso? Ficar na beira de uma pista sem saber se vou chegar a tempo para minha consulta? Essa empresa tem carros melhores que sei, mas insiste em usar esses veículos velhos que só dão trabalho e atrasam a minha vida”, contou.

O novo carro anunciado pelo motorista chegou com 15 minutos de atraso e para surpresa de todos, era mais antigo que o veículo que quebrou (não tinha banheiro). A viagem seguiu, com todas as cadeiras ocupadas e mais de 20 pessoas em pé. Fato que revoltou outro passageiro. “O mínimo que podiam fazer é disponibilizar outro carro, mas não, colocaram todo mundo aqui, parecendo sardinha enlatada e como a gente tem compromissos, acaba aceitando para não perder a hora”, relatou.

Com a palavra a Rota Transportes…

Polícia informa que pouso forçado em Salvador não foi por uma briga de casal

Passageiros do voo 5135 aguardam embarque no Aeroporto de Salvador (Foto: Divulgação)
Passageiros do voo 5135 aguardam embarque no Aeroporto de Salvador (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal informou na tarde desta quinta-feira (9) que a confusão ocorrida no voo da Azul que pousou em Salvador não foi uma briga de casal [relembre aqui]. De acordo com a polícia, um homem teria surtado dentro do avião e chegou a agredir verbalmente passageiros e aeromoças, além de ter tirado a camisa.

O homem foi ouvido pela Polícia Federal e encaminhado para o Presídio Salvador no bairro da Mata Escura. Ele foi enquadrado nos artigos 147, por ameaça a passageiros, e no 261, por atentado a embarcações ou aeronaves.

Todos os passageiros que estavam dentro do voo, que saiu de Natal (RN) com destino a Guarulhos (SP), já foram encaminhados para São Paulo. De acordo com informações da assessoria de imprensa da companhia aérea Azul, eles foram realocados em um outro voo, que chegou em São Paulo no final da tarde desta quinta.

A Polícia ainda informou que o homem estava acompanhado de uma adolescente, que foi encaminhada de volta para o Rio Grande do Norte por ser menor de idade. Uma irmã mais velha da jovem foi contatada para esperar a garota no aeroporto de Natal. A Azul foi responsável pelo embarque de volta da jovem, segundo informações da assessoria. A polícia informou ainda que não há grau de parentesco entre o homem e a jovem que estava com ele.

Dilma viaja para Bahia onde passa o Réveillon

Dilma em Aratu nas férias de 2011 (Foto:  Ed Ferreira/Agência Estado)
Dilma em Aratu nas férias de 2011 (Foto: Ed Ferreira/Agência Estado)

Na tarde desta quinta-feira (26) a presidente Dilma Rousseff embarca com a família para a Base Naval de Aratu, próximo a Salvador. Na companhia da filha Paula e do neto Gabriel, que estiveram em Brasília para o Natal, Dilma passará o Réveillon na Bahia.

Segundo a assessoria de imprensa do Palácio do Planalto, a presidenta deve retornar a Brasília apenas no dia 5 de janeiro. A Base de Aratu tem sido escolhida por Dilma para passar os períodos de descanso por ser uma praia privada.

Durante a semana, a agenda oficial da presidenta teve apenas duas reuniões – com os ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, e da Fazenda, Guido Mantega, na segunda-feira (23), e uma viagem ao Espírito Santo.

Na terça-feira (24), a presidenta sobrevoou regiões capixabas que estão em estado de emergência em decorrência da chuva forte que atinge o Estado desde a semana passada.

Polícia Rodoviária realiza Operação Fim de Ano 2013

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza a partir deste sábado (21) a Operação Fim de Ano 2013 – Litoral Sul, visando reforçar as ações de policiamento ostensivo e fiscalização de trânsito na circunscrição das Delegacias PRF de Itabuna e Eunápolis, mantendo foco na prevenção de acidentes de trânsito.

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Os trabalhos terão início no dia 21 de dezembro de 2013 e o seu término será dia 01 de janeiro de 2014. A PRF deve receber mais reforços durante o final de ano, sendo que Itabuna contará com 19 policiais – seis desses em motociclistas, aumentando a fiscalização para reduzir a violência no trânsito – enfrentando acidentes relacionados ao excesso de velocidade, embriaguez ao volante, ultrapassagens proibidas e envolvendo motocicletas ou ciclomotores, historicamente com índices de mortes e lesões graves.

Haverá também as fiscalizações de equipamentos obrigatórios, como uso do cinto de segurança, transporte irregular de passageiros, restrições do trânsito de veículos longos – que necessitam de autorização especial e verificação dos sistemas de iluminação – e sinalização dos veículos. Além disso, um novo radar fotográfico será utilizado para coibir o excesso de velocidade,

A Polícia Rodoviária avisa ainda para os perigos nas curvas, principalmente nos KMs 544 (depois de São José da Vitória), 554 (próximo ao Trevo de Jussari), 590 (trevo de Santa Luzia) e 594 (Depois do Posto PRF Camacan).

Alerta: reduzam a velocidade com a pista molhada, que liguem os faróis baixos, mesmo durante o dia. Mantenha uma distância de segurança para o outro veículo. Faça ultrapassagens somente em locais permitidos e com segurança. Nunca ultrapasse nas lombadas, curvas, pontes e trevos. E lembre-se: “Se beber, não dirija”!

Aeroporto de Ilhéus fecha devido a mau tempo

Nesta manhã chuvosa de quinta-feira (28) o  Aeroporto Jorge Amado de Ilhéus fechou por causa do mau tempo. Apenas um voo estava previsto para o período da manhã e foi cancelado. A aeronave com origem em Vitória (ES) pousaria em Ilhéus e em seguida partiria para Salvador.

Avião no aeroporto de Ilhéus (Foto: Divulgação/Imagem ilustrativa)
Avião no aeroporto de Ilhéus (Foto: Divulgação/Imagem ilustrativa)

Segundo informações da Infraero de Ilhéus, os próximos voos no terminal estão programados para o período da tarde e também podem ser cancelados devido a chuva. Ainda de acordo com o órgão, as atividades só poderão retornar quando o tempo apresentar condições adequadas de visibilidade.

Passagens aéreas sobem mais de 130% acima da inflação desde 2005

O preço das passagens aéreas no Brasil aumentou 131,5% acima da inflação desde 2005 conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A informação será apresentada pelo presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Flávio Dino, na reunião marcada para quinta-feira (31) entre o governo e representantes das companhias aéreas.

Tarifas estão muito altas (Foto: Divulgação)
Tarifas estão muito altas (Foto: Divulgação)

O objetivo do encontro é tentar convencer as empresas de que os preços cobrados no país são altos demais. “Espero que eles colaborem, que haja uma compreensão de que se deve explorar o turismo, não os turistas”, disse Dino à Agência Brasil.

Segundo ele, o desequilíbrio entre demanda e oferta e o aquecimento do mercado faz com que haja práticas comerciais abusivas -que ficam mais evidentes no caso das festas de fim de ano e agora da Copa do Mundo do ano que vem-, sendo verificados aumentos de até 1.000% no preço das passagens.

“Não temos nenhum fator econômico objetivo no que se refere a custo ou tributação que justifique esse aumento, que é obviamente abusivo”, acrescentou.

As quatro empresas que operam no Brasil –TAM, Gol, Azul e Avianca– vão participar da reunião, além de representantes da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), da Secretaria de Aviação Civil e do Ministério da Justiça.

Fonte: Uol

TAM e Avianca reduzem preço das passagens para Copa

Após a Avianca anunciar a redução de preços de passagens aéreas a TAM também recuou e prometeu baixar os preços dos bilhetes para quem viajar na Copa no período que vai da abertura (12 de junho) até o final (13 de julho) do torneio. As empresas estavam cobrando preços abusivos para o período do campeonato em 2014 [relembre].

Passagens aéreas no período da Copa estão altas demais (Foto: Divulgação)
Passagens aéreas no período da Copa estão altas demais (Foto: Divulgação)

De acordo com a Folha de São Paulo nesta quarta-feira (16) o preço de ida e volta entre os aeroportos Santos Dumont (Rio) e Congonhas (São Paulo) para abertura da Copa custava R$ 1.733,14, em uma pesquisa que tem como referência a data de ida em 11 de junho e volta em 13 de junho. A tarifa ainda é considerada alta, mas está 28% menor do que os R$ 2.393 da sexta-feira (11).

A redução é a segunda que a TAM anuncia desde quando foram divulgados os valores de passagens para o campeonato mundial de futebol. De quinta (10) para sexta (11), o valor havia caído de R$ 2.743 para R$ 2.393. O corte dos preços para a Copa acontece depois de insatisfação de passageiros nas redes sociais e o governo federal fazer questionamentos públicos às empresas aéreas.

Copa: Ponte aérea SP-Rio já custa quase o mesmo que ir a NY

Ainda faltam oito meses para a Copa do Mundo começar mas tente comprar passagens aéreas durante o torneio para ver: o preço chega a ser dez vezes mais alto do que em um dia normal. O valor cobrado do passageiro é superior, por exemplo, ao de bilhetes para a Europa e para os Estados Unidos no mesmo período.

Trecho Rio/SP  custa mais que viajar à Nova Iorque (Foto: Divulgação)
Trecho Rio/SP custa mais que viajar à Nova Iorque (Foto: Divulgação)

Uma das explicações dadas pelas empresas aéreas é a lei da oferta e da demanda: se mais gente compra, restam menos lugares no voo – e os assentos que sobram encarecem. A tarifa subiu principalmente nos trechos mais procurados, como a ponte aérea entre os aeroportos de Congonhas (São Paulo) e Santos Dumont (Rio), a rota mais movimentada do Brasil.

O turista que quiser sair do Rio e ir a São Paulo para assistir à abertura da Copa, em 12 de junho, pagará R$ 2.393 ida e volta na TAM. (Na última quinta-feira [10] o valor era R$ 350 maior; na sexta [11], dia em que a Folha questionou a empresa, o preço caiu.)

É mais caro do que ir a Curaçao, no Caribe (R$ 1.900), ou a Buenos Aires (R$ 900) e um pouco menos do que o preço para ir e voltar de Nova York ou Paris.

Por outras companhias aéreas, o preço é igualmente alto na ponte aérea durante a Copa. Na Avianca, o bilhete de ida e volta custa R$ 1.893 e na Gol, R$ 1.673.

Fora da Copa, o valor volta ao normal. Uma passagem para março na ponte aérea por qualquer empresa sai no máximo por R$ 227 -se o passageiro comprar 12 bilhetes por esse valor, ainda assim pagará menos do que um único tíquete aéreo na Copa.

Para ver a final, no Rio, em 13 de julho, o preço das viagens subiu na mesma proporção, quando comparados voos entre Congonhas (SP) e Santos Dumont (Rio).

A alternativa será o ônibus. A viagem de ida e volta entre São Paulo e Rio pela viação Itapemirim para junho é a mesma de agora: de R$ 149 (convencional) a R$ 322 (leito, que reclina 65º). O trajeto leva cerca de seis horas.

AUMENTOU GERAL

O “fator Copa” no preço das passagens de avião se dá em outras fases do torneio.

Ir de São Paulo a Belo Horizonte para ver uma partida das oitavas-de-final, em 28 de junho, custa R$ 2.719 na TAM, a partir de Congonhas. É 1.128% mais salgado do que o preço para maio, antes da Copa: R$ 241.

Pela Azul, via Guarulhos, o valor é quase o triplo. Na Gol, por Congonhas, há passagens promocionais à venda por R$ 258,94.

Mas os bilhetes não subiram apenas em destinos concorridos. Uma viagem de Brasília a Natal para ver o segundo jogo sediado na capital potiguar, em 19 de junho, já custa quase o dobro (Gol), o dobro (Avianca) ou quase o triplo do normal (TAM).

Fonte: Folha de S. Paulo