Moradores reclamam de obra inacabada no Vale do Sol há 5 meses

Os moradores da rua B no bairro Vale do Sol, localizado após o final de linha do São Caetano, estão insatisfeitos com a má postura de profissionais da Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Itabuna (SEDUR).

Segundo relatos, operários iniciaram uma obra de retirada de cascalho em Janeiro deste ano e não terminaram. O agravante se dá no risco que os populares da localidade estão correndo, pois, conforme informações de uma moradora, quando chove fica complicado transitar pela rua. Ainda segundo ela, inúmeras reclamações foram feitas junto ao setor competente, mas até o presente momento só promessas & promessas, todavia, nada foi feito.

Aqui registramos a indignação da população grapiunense e reservamos o espaço para possíveis esclarecimentos e solucionamentos por parte da SEDUR.

Mulher é baleada no lugar do irmão em Itabuna

Hospital de Base de Itabuna (Foto: Ednaldo Pinto)
Hospital de Base de Itabuna (Foto: Ednaldo Pinto)

Na noite desta sexta-feira (27) uma mulher com problemas mentais foi baleada na Rua A, no bairro Vale do Sol em Itabuna. A vítima Marisa Reis de Jesus, 33 anos, foi alvejada no joelho.

De acordo com a mãe de Marisa, o alvo dos dois atiradores que estavam em uma moto era matar “Dai”, de 25 anos, irmão de Marisa. Dai seria usuário de drogas e fugiu para o interior da casa no início dos disparos, quando a irmã foi atingida.

A vítima foi socorrida e levada ao Hospital de Base de Itabuna.

Funcionário de empresa em Itabuna morre durante expediente

O jovem Joadyson Bispo de Oliveira, 19 anos, morador do Vale do Sol, morreu na manhã desta quinta-feira (18), após ser mutilado por uma máquina tendo seus braços e perna quebrados e cair dentro da caldeira do setor de tintas da Fábrica Trifil, localizada no bairro Nova Ferradas, [BR-415 saída para Ibicaraí].

Fotos: Ednaldo Pinto.
Fotos: Ednaldo Pinto.

Segundo informações, Joadson era inexperiente, pois tinha apenas 4 dias de trabalho. Em entrevista, dois advogados da empresa informaram que não têm conhecimento pleno sobre o caso, mas afirmaram que todos os recém contratados são submetidos a um treinamento com acompanhamento.

Uma unidade do SAMU esteve no local, porém, lamentavelmente a vítima já se encontrava sem vida. Peritos do DPT [Departamento de Polícia Técnica] estiveram na fábrica para remoção do corpo.

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

O expediente foi encerrado, após pedido do Vice presidente da Sintrac(Sindicado das Empresas Têxteis e Calçadistas), pois o psicológico dos funcionários foi abalado devido o incidente.

Sindicato.