Mulheres são presas ao tentarem entrar com drogas dentro da vagina no Presídio

Duas mulheres foram detidas em momentos distintos no final da manhã desta sexta-feira (8).

Jaqueline. Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

De acordo com informações colhidas, a primeira prisão ocorreu quando Jaqueline Santos de Souza tentou entrar com dois tabletes de maconha pesando 200 g, e 3 chips da Oi enrolados em um preservativo dentro da vagina. Após ser submetida à revista íntima a droga foi encontrada. Jaqueline já havia sido presa na Bananeira por porte ilegal de arma. [relembre aqui]

Raimunda.

A segunda prisão foi de, Raimunda Moreira dos Santos, detida pela prática do mesmo crime, já com 1 tablete de maconha pesando 100g.

Detidas, ambas foram conduzidas até a 6ª Coorpin (Coordenadoria de Polícia do Interior) Delegacia da cidade, onde foram autuadas em flagrante por tráfico de drogas, conforme prever o Art. 33 da Lei. n° 11.343/06, posteriormente submetidas à exame de corpo de delito e encaminhadas para o Conjunto Penal da Cidade.

Mais uma mulher é flagrada tentando entrar no presídio com drogas

Nesta quinta-feira (5) uma mulher tentou entrar no presídio de Itabuna com drogas escondidas na vagina.

Presidiária que iria receber a droga (Foto: Ednaldo Pinto)
Presidiária que iria receber a droga (Foto: Ednaldo Pinto)

Ela foi presa em flagrante após ser revistada.

Presídio: Mais uma mulher é detida ao tentar entrar com droga na vagina

Fotos: Ed Pinto
Fotos: Ed Pinto

Uma mulher chamada Marlise Barbosa Santos, 21 anos, foi presa ao tentar entrar com uma certa quantidade de maconha no Conjunto Penal de Itabuna na tarde desta quarta-feira (31).

Segundo as agentes penitenciárias, Marlise foi submetida à revista íntima obrigatória onde é necessário tirar a roupa, afastar os dois joelhos em cima de uma espelho e encher os pulmões com ar e solta-lo, no entanto, ela aparentou está nervosa e com repulsa aos movimentos. Logo a agentes desconfiaram e perceberam uma embalagem plástica em sua vagina, ao retirarem foi descoberto um chip da Tim e uma quantidade de maconha.

Marlise foi encaminhada para o Complexo Policial de Itabuna onde prestou depoimento e afirmou que comprou a maconha com o dinheiro do bolsa família, dos R$ 130,00 sacados ela gastou R$ 70,00 com a droga. Sendo autuada em flagrante ela permanece a disposição das autoridades.

Presídio: Mulher é detida ao tentar entrar com maconha e celular na vagina

Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Eliane de Jesus Gonçalves, foi detida na manhã desta terça-feira (30), por volta das 09:50hs, após tentar entrar no Conjunto Penal  de Itabuna com maconha e um celular dentro da vagina.

Segundo informações colhidas com exclusividade, Eliane iria visitar o marido e aguardava na fila juntamente com outras mulheres para adentrarem no presídio, durante à espera ela foi abordada por uma mulher chamada Lidinalva que ofereceu R$ 100,00 para que ela colocasse um plástico contendo a maconha juntamente com o celular dentro da vagina e após passar pela revista devolvesse o material. Ambas foram submetidas a revista íntima onde as agentes penitenciárias levam as visitantes para uma sala e pedem que afastem os joelhos em cima de um espelho e faça o movimento de encher os pulmões e soltar o ar, a Lidinalva conseguiu passar, no entanto, durante a abordagem Eliane estava nervosa e não realizava o movimento corretamente, logo as agentes perceberam a ponta de um plástico na entrada da sua vagina e ao puxarem viram que era um pacote contendo a maconha e um aparelho celular preto da marca LG.

Sendo autuada em flagrante, a Eliane foi encaminhada para o Complexo Policial de Itabuna onde prestou depoimento e afirmou que aceitou a proposta porque está desempregada, seu marido está preso, mora em Coaraci-BA e tem 6 filhos para criar.

Lidinalva que ofereceu a droga e o celular.

No momento, as agentes aguardam a saída da visitante Lidinalva Souza Lima (foto) para realizarem a prisão.

Leia mais…