Aluna é assaltada na porta da Faculdade em Itabuna

tiro_wallpaper

Em contado com nossa redação, estudantes da UNIME denunciam a falta de respeito e de segurança para os alunos da instituição, que fica a merce de bandidos. Frequente há assaltos na Avenida José Soares Pinheiro, nesta quarta-feira (28) não foi diferente, uma aluna  foi assaltada na porta da Faculdade no Campus I e o assaltante chegou a adentrar ao local armado.

Segundo informações de uma aluna, no momento que o bandido assaltou e entrou armado na instituição, os guardas da guarita saíram correndo. “Não temos ronda policial escolar, não temos segurança e pagamos caro na mensalidade, agora estamos com medo de ir pra faculdade por conta dos acontecimentos. Gostaria de expor a indignação como aluna, com o descaso para nós estudantes“, disse.

Em menos de um mês houve dois assaltos envolvendo alunos, o primeiro foi no ponto de ônibus em frente a Faculdade, com uma aluna, que ficou em prantos e desesperada. No local não há segurança, é escuro e os matos cobrem o ponto de ônibus, onde inclusive já foi encontrado um cadáver no matagal atras do ponto. Porém ontem foi o que mais assustou os alunos, ao deparar com o bandido armado dentro da instituição.

Os alunos cobram da UNIME um posicionamento em relação a esses assaltos e que medidas cabíveis sejam tomadas. “A falta de segurança é tão absurda que qualquer individuo tem acesso ao interior da faculdade. Nos alunos gostaríamos que a policia fizessem mais rondas na localidade”, disse Aluno.

Atualizada às 21h37min

A nossa redação foi informada que uma viatura da Polícia Militar juntamente com um carro de uma empresa de segurança permaneceram na porta do Campus I, desde às 18h40 até o termino das aulas, nesta quinta-feira (29).

O intuito era coibir qualquer ato de violência que pudesse novamente acontecer por criminoso (s). A noite foi tranquila e os universitários sentiram-se seguros com a presença da PM.

Universitários realizam a 1ª Feira de Saúde no bairro de Zizo

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Estudantes do 9º semestre de Enfermagem de uma Faculdade de Itabuna promoveram na manhã deste sábado (24), uma Feira de Saúde à comunidade do bairro de Zizo. O encontro aconteceu no posto Jhon Leahy, localizado na Avenida Bela Vista.

O objetivo do evento foi contemplar os moradores da localidade com aferição de pressão arterial, dosagem de aglicemia, aplicação de flúor,  vacinação com atualização dos cartões de vacina, além de aulas de dança com educadores físicos, serviços de beleza com uma equipe do Biboca Cabeleleiro, e entrega de preservativos masculinos.

Alguns atendimentos aconteceram dentro da unidade de saúde familiar, e outros em uma tenda montada em uma transversal da via. O público ficou satisfeito com a qualidade do atendimento e a dedicação dos acadêmicos em presta-los.

Uma viatura da Secretaria de Transportes e Trânsito Muniicpal (SETTRAN), esteve presente para controlar possíveis congestionamentos que poderiam ocorrer ao longo da via, entretanto, tudo ocorreu de forma pacífica e o trabalho social foi desenvolvido pelos universitários.

Alunos da UNIME reclamam do estacionamento precário e superlotado

Itabuna – Os estudantes da União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME), Campus II, localizado na Avenida JS. Pinheiro, estão revoltados com a situação precária do estacionamento.

De acordo com informações prestadas por alunos, há anos o estacionamento não sofre uma reforma em sua infraestrutura, acarretando no aparecimentos de buracos e poços de lama em épocas de chuva. Além disso, a faculdade aderiu a novos cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Produção e o PRONATEC, ou seja, o numero de estudantes aumentou, e o estacionamento superlotou. Conforme relatos, dias de segunda e terça é impossível encontrar uma vaga, e quando se encontra é dentro da lama (brejo), com direito a fundo musical de sapos e rãs.

A Direção da instituição de ensino poderia atenta-se ao problema. Uma camada asfáltica e a ampliação do local já seria digno ao valor pago mensalmente pelos acadêmicos.

Compras e turismo em foco no Fórum Regional da Pequena Empresa

A advogada Ana Carine é uma das palestrantes do evento, que promete trazer muitas novidades.

Itabuna vai sediar no próximo dia 27 de novembro, o Fórum Regional da Pequena Empresa – Compras Governamentais e Turismo com Oportunidades. Promovido pela Ampesba (Associação das Micro e Pequenas Empresas do Estado da Bahia) em parceria com a CONAMPE (Confederação Nacional das Micro e Pequenas Empresas e dos Empreendedores Individuais), o evento acontecerá no auditório da FTC e espera reunir um público aproximado de 400 pessoas.

O objetivo do encontro, que será recheado de informações, é divulgar e promover o conhecimento dos empresários de diversos portes e segmentos da economia regional. “Eles serão orientados no sentido de que vender para o Governo é um excelente negócio, desde que o empreendedor esteja muito organizado com relação à documentação e com estrutura financeira”, informou Valdir Ribeiro, presidente da Ampesba.

Um dos temas, por exemplo, será o turismo que, de acordo com Ribeiro, é um setor rico em oportunidades de bons negócios, fomentando, além disso, a geração de emprego e renda. “A nossa região dispõe de uma orla fantástica. Então, temos aí o turismo Ecológico e o de Negócios, que precisam ser estimulados. Quem pode fazer isso são os municípios. Esperar pelos governos estadual e Federal é perda de tempo”, argumentou.

O fórum, dirigido, principalmente, a empresários, estudantes, técnicos, secretários, vereadores e prefeitos, terá o apoio da Cia Junior (UESC), ADM Técnicos Junior (FTC), Consulte Junior (UNIME), Sebrae e Prefeitura Municipal de Itabuna.

Nosso projeto é promover sempre eventos como esse para incentivar os prefeitos e os pequenos empreendedores a recepcionar, da melhor forma, os turistas da região e os que vêm de longe conhecer as nossas cidades”, afirmou o presidente da Ampesba.

Programação

A primeira palestra está prevista para começar às 17 horas, quando a advogada e consultora Ana Carine falará sobre compras governamentais e oportunidades para as pequenas empresas.

O tema Ações do Governo para o Desenvolvimento do Turismo Regional será discorrido pelos prefeitos Almir Melo, de Canavieiras; Fernanda Silva, de Uruçuca; e Diane Brito Rusciolelli, de Una. Ao final do evento, os participantes receberão um certificado.

As inscrições podem ser feitas através do e-mail [email protected] Maiores informações pelos telefones (73) 8825-5181 e (73) 9178-3684.

Ponto de ônibus é reformado após denúncia de estudantes

Após universitários da faculdade UNIME denunciarem as péssimas condições de um ponto de ônibus localizado em frente o Campus I da instituição na av. J.S. Pinheiro, uma equipe começou a reformar a estrutura do ponto de ônibus. Os alunos agradecem aos meios de comunicação que divulgaram a situação.

Ponto de ônibus é reformado / Foto: Aluno
Ponto de ônibus é reformado / Foto: Aluno

No momento os estudantes aguardam que alguma providência seja tomada em relação ao mato que fica atrás do ponto. Relembre a denúncia aqui.

Universitários reclamam de ponto de ônibus em frente a UNIME

As péssimas condições de um ponto de ônibus localizado em frente ao Campus I da faculdade UNIME, em Itabuna, revoltam estudantes. A estrutura encontra-se em situação de abandono, com riscos de cair e acabar machucando os acadêmicos. Além disso, o ponto fica em frente a um matagal, onde já foi cena de desova. Os usuários da instalação já comunicaram a faculdade diversas vezas, mas sempre são informados que a instituição não tem vínculo com o ponto de ônibus.

Mato está quase cobrindo o ponto / Foto: Denunciante; aluno
Mato está quase cobrindo o ponto / Foto: Denunciante; aluno

A falta de segurança e as más condições do local preocupam acadêmicos e transeuntes.

Moradores interditam J.S. Pinheiro em manifesto

Fotógrafo: Ednaldo Pinto

No início da noite desta terça-feira (23) os moradores da travessa Antônio Carlos Magalhães interditaram a avenida J.S. Pinheiro, próximo à faculdade Unime, durante manifestação. O manifestantes reivindicaram melhorias na localidade. Tendo a avenida fechada, os motoristas precisaram usar como desvio a travessa em questão, que se encontra em péssimas condições de pavimentação.

Vários objetos foram incendiados na área para fechar a pista. O Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar foram acionados para controlar a situação.