“Irei abrir novas licitações para o transporte coletivo”, afirma Vane durante entrevista

O Prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB), concedeu uma entrevista ao vivo ao programa Balanço Geral – Record Bahia, apresentado por Tom Ribeiro, no início da tarde desta terça-feira (20).

O jornalista foi bem dinâmico ao apresentar a opinião da sociedade grapiunense através da Fã – Page, do programa no Facebook. Os internautas foram objetivos ao dizerem que querem sim uma licitação já.

Em seguida, Vane começou a falar da guerra travada pelos donos das empresas do transporte coletivo contra a Prefeitura Municipal. Segundo o gestor, “os empresários não querem mais dialogar, só querem que o reajuste seja aprovado, e a passagem suba para R$ 2,50. (Coisa que eles tentam desde janeiro deste ano).

O conflito de interesses é existente, porém, Vane ratificou que esse aumento é inviável e desnecessário, pois, o Governo Federal já reduziu impostos que a Associação das Empresas de Transportes Urbanos (AETU) pagava. Sendo assim, “não há argumentos plausíveis para que o aumento seja concedido”, concluiu o gestor.

A bronca dos proprietários das duas empresas é que as ruas da cidade têm muitos buracos, lama etc, e prejudica potencialmente os veículos em circulação. Não obstante, o Prefeito afirmou que o transporte coletivo em Itabuna tem deixado a desejar, por isso, é necessário abrir novas licitações para que empresas de fora ofereçam seus serviços. Dessa forma, aumentando a frota, dando mais conforto ao usuário, definindo novas linhas e atendendo aos anseios em geral da população.

A preocupação agora é uma nova paralisação dos transportes coletivos (ônibus/motoristas/cobradores). Se por um lado a Prefeitura não aumenta a passagem, por outro os empresários não aumentam os salários dos rodoviários, o que acarreta em greve. Logo, os itabunenses ficam a mercê, restando somente 30% da frota em circulação.

Com essa possibilidade, Claudevane pediu encarecidamente que os empresários sejam complacentes e não permitam que uma paralisação seja deflagrada. Pontuando que a licitação ocorrerá no início de Junho e que as empresas atuais também poderão concorrer livremente.

O QUE É LICITAÇÃO?

Licitação é o procedimento administrativo formal para contratação de serviços ou aquisição de produtos pelos entes da Administração Pública direta ou indireta. No Brasil, para licitações por entidades que façam uso da verba pública, o processo é regulado pelas Leis nº. 8.666/93 1 e 10.520/022.

POLÊMICA

Durante a entrevista, o apresentador Tom Ribeiro, perguntou ao Prefeito quem é que manda na cidade. De acordo com Tom, circula nos quatro cantos da cidade que o Prefeito não manda em nada, quem manda é o vice, e que ele não estaria vendo as coisas. Em resposta, Vane declarou que: “Quem manda sou eu, quando eu mando um secretário fazer ele faz, nunca existiu nenhuma situação de desrespeito a minha pessoa, a exemplo cancelei o Carvanal de Itabuna, em virtude da epidemia de dengue, violência gritante, população pedindo socorro, e a saúde na UTI.

Vane declara guerra aos empresários do transporte coletivo de Itabuna

Itabuna pode realizar nos próximos dias, algo que vai ficar na história da cidade. Durante anos de diversas gestões, nunca foi feita uma licitação para o transporte coletivo. O ex-prefeito Fernando Gomes de Oliveira, instituiu a empresa na época, Nossa Senhora de Fátima, que pertencia ao grupo de Maria Alice Araújo, Presidente do DEM, para explorar as linhas urbanas. Esse grupo enriqueceu as custas do péssimo serviço do trasporte urbano prestado a população. Geraldo Simões, José Nilton Azevedo e a Câmara de Vereadores nunca se importaram com essa situação.

O Prefeito Claudevane Leite (PRB), disse em uma reunião com os empresários de transporte coletivo de Itabuna, que não concederá nem um aumento se quer. Isso criou uma revolta nos bastidores. Os empresários forçaram os rodoviários a deflagrarem uma greve na cidade. Uma forma de pressionar o Governo Municipal, a ceder o aumento da passagem. Vane dará entrevista nesta terça feira (20), ao programa Balanço Geral – Tv Cabrália – Record Bahia, e promete fazer revelações bombásticas ao apresentador Tom Ribeiro. O prefeito já afirmou que vai abrir licitação para o transporte urbano, o que significa que as empresas de outros estados poderão participar do pregão.

Confira abaixo o relato na íntegra de uma usuária do transporte coletivo;

Tom, é inaceitável o que está acontecendo com o transporte coletivo em Itabuna. Hoje mesmo cheguei naquele ponto do Paty, no São Caetano às 07:50hs para pegar o coletivo até a Praça Olinto leone, e o primeiro ônibus só chegou às 08:23, completamente lotado, o ponto a esta altura já estava completamente cheio e os passageiro reclamando. Todos chegando atrasados no serviço por conta da irresponsabilidade dos proprietários de transportes em Itabuna. Francamente Tom, tem coisas que só acontecem em Itabuna mesmo. Quando é que este monopólio vai acabar hein? Abraços….

Usuários de transporte coletivo reclamam da falta de segurança

Passageiros não tem segurança em ônibus
Passageiros não tem segurança em ônibus

Os itabunenses estão em bronca com a falta de segurança pública no município. Segundo usuários do transporte coletivo, constantes assaltos vem ocorrendo desde dezembro nas linhas de Novas Ferradas e Roça do Povo.

De acordo com informações, três homens morenos e armados entram nos ônibus na altura do Nova Itabuna, assaltam os passageiros e descem na Urbis IV. Os assaltos acontecem nos horários de picos, sendo pela manhã e à noite.

Até o momento nenhum órgão tomou providências.

No começo de janeiro desde ano um ônibus da linha Paty-Lomanto foi assaltado nas mediações da avenida J.S. Pinheiro [relembre aqui].

Novas linhas do transporte coletivo entram operação em Itabuna

Depois de operar em caráter experimental, a partir da próxima segunda-feira, dia 18, as novas linhas do Sistema de Transporte Coletivo Urbano criadas pela Prefeitura de Itabuna, por meio da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Settran), passam a operar de forma definitiva beneficiando diretamente moradores de 24 bairros, incluindo os condomínios residenciais Jardim América I e II e Pedro Fontes I e II, bem como a usuários do centro da cidade e famílias de pequenos agricultores da região da Roça do Povo.

Além de determinar a criação de quatro novas linhas às empresas Rio Cachoeira e São Miguel a Prefeitura também readequou outras duas linhas já existentes. As novas linhas criadas farão o seguinte itinerário: Bairro a Bairro (BB-32) Pedro Fontes 1 x Fonseca, BB-76 Nova Ferradas x Maria Pinheiro, BB-72 Manoel Leão x Jardim América e a RB-85 (Rural a Bairro) Roça do Povo x Hospital de Base.

Clodovil Soares, secretário da SETTRAN (Foto: Pedro Augusto)
Clodovil Soares, secretário da SETTRAN (Foto: Pedro Augusto)

Já as linhas que necessitaram de readequações implicaram na reativação e ampliação da linha BB-74 Daniel Gomes x Jardim América (semi-anel rodoviário), além da substituição da BB-18 pela linha BB-35, que terá como itinerário os bairros Daniel Gomes x Manoel Leão.

Durante esta semana, o secretário titular da Settran, Clodovil Moreira Soares, acompanhado de técnicos da Diretoria de Transportes, acompanhou de perto o funcionamento das novas linhas, inclusive ouvindo lideranças comunitárias para identificar possíveis necessidades de ajustes nos horários e nos percursos feitos pelos ônibus. “Assim foi possível, por exemplo, percebermos a necessidade de ampliarmos ao percurso da linha BB-35 Daniel Gomes x Manoel Leão, o atendimento ao Hospital de Base”, afirmou o secretário.

Para a presidente da Associação de Moradores do Bairro Daniel Gomes, Maria Luzia de Araújo, a reativação da linha 35 e a criação da BB-74 Daniel Gomes x Jardim América, foram duas grandes conquistas asseguradas pela comunidade. “No caso da linha Daniel Gomes x Manoel Leão, desde o ano 2011 que vínhamos solicitando à administração passada a sua reativação, por conta dos prejuízos causados à população que necessitava de transporte coletivo para ir ao trabalho e aos estudantes. Agora, a nossa reivindicação foi atendida e a comunidade está bastante satisfeitas”, disse a líder comunitária.

Transporte coletivo de Itabuna cria novas linhas de ônibus

As empresas Rio Cachoeira e São Miguel vão criar quatro novas linhas de ônibus e readequar outras duas existentes por conta das demandas apresentadas pelos itabunenses.

Novas linhas de ônibus são elaboradas (Foto: Pedro Augusto)
Novas linhas de ônibus são elaboradas (Foto: Pedro Augusto)

As mudanças entram em fase experimental nesta segunda-feira (11) e se torna definitiva a partir do dia 18, beneficiando diretamente moradores de 24 bairros periféricos além do centro da cidade e da população da área rural do projeto agrícola Roça do Povo. Com a criação das novas linhas, o Sistema de Transporte Coletivo de Itabuna passará a operar com 92 veículos, sendo dois destinados exclusivamente ao Transporte Cidadão.

Segundo o secretário de Transporte e Trânsito, Clodovil Moreira Soares, as intervenções que estão sendo implantadas é um dos primeiros passos que a Prefeitura está dando para ampliação e construção de um novo sistema de transporte coletivo. Ele destaca que nos próximos dias será aberto processo licitatório para contratação da empresa que desenvolverá o Plano Municipal de Mobilidade Urbana, que apontará as prioridades do novo modelo de transporte público.

Ao explicar o funcionamento das linhas implantadas e readequadas, Clodovil disse que elas foram definidas com base em estudo técnico que indicou, além da viabilidade, a demanda de passageiros nos percursos. As linhas criadas farão o seguinte itinerário: Bairro a Bairro (BB-32) servindo a linha entre o Condomínio Residencial Pedro Fontes 1 e bairro Fonseca; BB-76 que liga Nova Ferradas ao Maria Pinheiro; BB-72, que liga o Emanoel Leão ao Jardim América e o RB-85 (Rural a Bairro) que faz a ligação entre a Roça do Povo e o Hospital de Base.

As readequações implicaram na reativação e ampliação da linha BB-74 entre o Daniel Gomes e Jardim América (semianel rodoviário), além da substituição da BB-18 pela linha BB-35, que terá como itinerário os bairros Daniel Gomes e Manoel Leão. O secretário Clodovil Soares enfatiza que a reativação e reestruturação desta linha era uma das principais reivindicações dos usuários desde que foram desativadas em 2011, durante a gestão passada, quando houve a tentativa malsucedida de integração do Sistema.

“Por conta disso, estamos priorizando escutar a comunidade antes de executar qualquer mudança no Sistema de Transporte Coletivo a fim de que sejam atendidas às expectativas dos usuários. Neste sentido, a partir do próximo mês de janeiro estaremos visitando os bairros da cidade para coletar sugestões que serão sistematizadas, estudadas tecnicamente e adaptadas ao Plano Municipal de Mobilidade Urbana e, consequentemente, ao novo Sistema Municipal de Transporte Coletivo”, afirmou Clodovil Soares.