Análise crítica

Nos últimos dias estamos vivenciando, umas grandes manifestações que vem se tornando umas das principais manchetes dos Jornais do Sul da Bahia. No inicio, um dos motivos desagradável é o conflitos recentes entre os índios e os produtores rurais, uma das principais causas dessa revolta popular é a pacificação do local para impedir confrontos futuros.

Esse conflito ocasionou o inicio de insatisfação da população, quando ocorreu triplo homicídio, onde hoje os índios ocupam os diversos territórios rurais e fazendas. O principal centro de todas essas manifestações esta concentrado na cidade de Buerarema. As posses dessas terras são classificadas pelos índios como a “recuperação de um solo sagrado” foi uma das principais formas encontradas pelos Tupinambás para pedir do governo federal uma solução do processo de separação da Terra Indígena.

O governador do Estado da Bahia fez um anuncio recentemente sobre a multitarefa de um instrumento que garantia da lei e da ordem na cidade de Buerarema, declarou também, que a situação vem fugindo do controle e pondo em risco a segurança da população.

Por: Crislane Santos Silva – Estudante de Jornalismo

Projeto Rondon chega ao Sul da Bahia nesta semana

Entre os dias 13 e 20 de janeiro o Projeto Rondon Regional estará visitando os municípios de Almadina, Arataca e Barro Preto com o objetivo de buscar soluções que contribuam para o desenvolvimento sustentável de comunidades carentes e amplie o bem-estar da população. De acordo com o professor Guilhardes Jesus Júnior, que está coordenando o projeto na região, a ideia é que a iniciativa seja estendida a todos os municípios da região.

Equipe do Projeto Rondon
Equipe do Projeto Rondon

O Projeto Rondon chega ao Sul da Bahia através de uma articulação com a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc) e o Território Litoral Sul. “Recebemos um convite por meio da coordenação do projeto para buscar parcerias em municípios com maior carência social. Conseguimos com os gestores as contrapartidas necessárias para que o projeto aconteça”, declarou o Agente de Desenvolvimento do Territorial/Seplan, Marcos Souza.

A base do projeto está instalada no Núcleo de Operações Regionais da Uesc, coordenado pelos professores Guilhardes Jesus Júnior e Amarildo José Morett. A realização de Operações regionais é de iniciativa de instituições de ensino superior que implantam Núcleos locais e se responsabilizam por todas as atividades de articulação, logística, seleção e treinamento de voluntários. Para essa Operação, a Uesc contou com a colaboração do Ministério da Defesa na doação dos kits de fardamento dos rondonistas.

As demandas de cada cidade foram apresentadas pelos gestores municipais, entre as quais, se destacam a necessidade de capacitação de professores e servidores municipais, a inclusão de boas práticas de saúde para trabalhar com a população, além de demandas nas áreas de Meio Ambiente, Agricultura Familiar e Social. Para o prefeito de Arataca, Ferlu Mansur, o projeto estará somando as ações do Poder Público em prol do saneamento básico, uma das principais necessidades do município.

A cada operação serão selecionados alunos da Uesc e de outras instituições de Ensino Superior, tanto da região quanto de outras localidades que desejem participar. Nessa atividade, por exemplo, estarão participando um professor e quatro alunos da Universidade Federal de Pernambuco. “A partir disso, a ideia é identificar o estudante que reside no próprio município para formar grupos de trabalho, de modo que eles deem andamento às ações do Projeto e seja uma ponte de ligação entre a Universidade e o Município”, explicou o professor.

Os voluntários não precisam estar matriculados nas instituições de Ensino Superior, como graduandos ou pós-graduandos. Poderão ser também profissionais, de preferência ex-rondonistas, que venham agregar a esse importante trabalho de voluntariado. Ainda de acordo com o professor Guilhardes Júnior, ficou pré-agendado para julho de 2014 a segunda operação, com objetivo de visitar outros municípios do Território, visando desenvolver operações a cada semestre, sempre nas férias e recessos acadêmicos. Antes das atividades serão abertas inscrições para os voluntários interessados em participar.

 

Vane fala em seminário sobre a importância da Região Metropolitana Sul da Bahia

Aconteceu nesta quarta-feira (13) o seminário Região Metropolitana Sul da Bahia: Uma proposta, que visou a importância de metropolizar a região sul da Bahia. O prefeito Claudevane Leite defendeu a criação da Região Metropolitana e destacou a importância de os prefeitos da região se unirem para em conjunto com a sociedade, discutir e entender melhor a região, enfrentar as dificuldades financeiras e se preparar para os investimentos que estão chegando.

Prefeito de Itabuna Claudevane Leite  participa do Seminário sobre a Região Metropolitana do Sul da Bahia (Foto: Gabriel de Oliveira)
Prefeito de Itabuna Claudevane Leite participa do Seminário sobre a Região Metropolitana do Sul da Bahia (Foto: Gabriel de Oliveira)

O seminário realizado busca envolver os municípios do Sul da Bahia, a partir do eixo Itabuna-Ilhéus e foi organizado pela Secretaria de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Sedur) e Companhia de Gás da Bahia (Bahiagás) no Centro de Convenções do Hotel Praia do Sol, em Ilhéus.

Vane deseja que as reuniões aconteçam também em Itabuna. “Vamos realizar a próxima audiência em Itabuna para que a comunidade participe e possa consolidar essa discussão” pediu o prefeito. Em sua explanação Vane brincou lembrando aos presentes que a luta pela Região Metropolitana une os “papa-jaca” e os “papa-caranguejo”, fazendo alusão aos apelidos de itabunenses e ilheenses, respectivamente, no passado.

O prefeito comentou sobre a quantidade de investimentos que a região já perdeu e a necessidade de maior entendimento. Também disse que as conquistas não serão somente de Itabuna e Ilhéus, mas da região como um todo.

Já o secretário do Desenvolvimento Urbano do Estado, Cícero Monteiro, mencionou que todos estão plantando uma semente; por isso, é importante que as Câmaras de Vereadores, a sociedade civil e a iniciativa privada se manifestem e participem dos debates. “É um trabalho de muitas mãos que pede algo importante: planejamento” sentenciou.

O coordenador do seminário e presidente da Bahiagás, Davidson Magalhães, alertou que, além do cacau e do turismo, a região Sul da Bahia está recebendo muitos investimentos que envolvem as duas principais cidades, mas vão impactar e mudar a realidade regional. “Precisamos, inicialmente, focar no tipo de investimento que precisamos e resgatar os mecanismos de planejamento. Daqui a sete anos essa será outra região” afirmou.

Subseções da OAB homenageiam desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia

Na próxima sexta-feira (8) as subseções da OAB de Itabuna, Ilhéus, Ibicaraí e Coaraci realizarão um jantar em homenagem ao desembargador do Tribunal de Justiça da Bahia, Dr. João Augusto Alves de Oliveira Pinto. No evento que será no restaurante Empório Bahia, às 19h30min, Dr. João irá receber uma menção honrosa que o agradece pelos bons serviços prestados ao judiciário da Bahia e pelo profundo respeito à advocacia. O jantar contará com a presença de 120 convidados dessas 4 subseções.

Natural de Itabuna, Dr. João Augusto formou-se em direito na UFBA (Universidade Federal da Bahia) em 1977, onde também se tornou Mestre em Direito no ano de 1997. Ele ingressou a magistratura em 1986 e atuou nas comarcas de Santa Terezinha, Uruçuca, Feira de Santana, Ibicaraí e Itabuna, de onde foi promovido, por mérito, para a capital do estado em 1994. No dia 16 de maio do corrente ano, assumiu a vaga decorrente da aposentadoria do desembargador Rubem Dário Peregrino Cunha, no TJ-BA.

Desembargador João Augusto (Foto: Divulgação)
Desembargador João Augusto (Foto: Divulgação)

Para o presidente da OAB-Itabuna, Dr. Andirlei Nascimento, “essa é uma homenagem justa ao desembargador João Augusto, que ao longo de sua vida pública vem contribuindo para a melhoria do judiciário, buscando empreender com retidão, seriedade e dinamismo, sem esquecer o bom trato e o respeito para com os advogados e advogadas”.

Concordando com o que Dr. Andirlei diz, o presidente da OAB-Ilhéus, Dr. Marcos Flávio Rhem, revela que “as subseções se reuniram para fazer esse evento por conhecerem bem o Desembargador João, que atuou em terras grapiunas e saber de seu respeito às prerrogativas”.

Os presidentes das subseções da OAB de Ibicaraí e Coaraci, Dr. Ionaldo Nery e José Nilton dos Santos, respectivamente, lembram que o desembargador Dr. João Augusto “atua como magistrado há mais de 25 anos e nesse período sempre procurou tomar as decisões mais justas possíveis, demonstrando seu grande conhecimento na área jurídica e empunhando sempre a bandeira da ética”.

Os convidados para o evento apoiaram a iniciativa, como é o caso do pedagogo Geraldo Borges, que disse o seguinte em uma rede social:
“Jamais poderia deixar de comparecer a homenagem a um dos poucos PILARES, de Ética, conhecimento jurídico e comprometimento com a justiça em nosso Estado. João Augusto Alves de Oliveira Pinto, representa, como poucos, em nossa República, o que ainda há de esperança no Poder Judiciário”.

Restam alguns poucos convites ainda para o evento. Os membros da sociedade civil organizada que queiram participar dessa homenagem podem entrar em contato com a OAB de Itabuna pelo telefone 3613-1892 ou pelo e-mail: [email protected] e fazer uma reserva.

Babau, o índio nos moldes do século XXI

Um delegado federal participou de evento no Rotary Club de Itabuna e fez comparação entre sua própria situação econômica e as condições de vida do “Cacique Babau”, líder indígena que lidera as ocupações de terra na região da Serra do Padeiro, em Buerarema. Dizia a autoridade:

Sou servidor público federal há cerca de 20 anos e há pouco tempo terminei de pagar o financiamento de um carro 2011, além de ainda não ter quitado meu apartamento… Fiquei impressionado quando cheguei à zona rural de Buerarema e encontrei Babau em uma grande casa de fazenda, onde havia estacionadas cinco picapes de luxo. Ao que parece, ele é hoje um homem milionário.

O mesmo policial não deixou animados os produtores rurais presentes no evento. Segundo ele, as coisas caminham para que a reserva indígena na região seja realmente estabelecida.

(Por Davidson Samuel – Pimenta)

Ministro da Justiça vai à Buerarema se reunir com índios e produtores

Nesta terça-feira (8) o governador Jaques Wagner se reuniu em Brasília com o Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo para discutir os conflitos de terra no sul da Bahia. Foi anunciado após a reunião que o ministro deve comparecer em Buerarema no dia 25 de outubro. Em nota, o governador informou que a agenda do Ministro será feita de modo com que sejam realizados encontros com representantes dos índios e dos produtores rurais.

Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo vai à Buerarema conversar com indígenas e produtores (Foto: Reprodução)
Ministro da Justiça José Eduardo Cardozo vai à Buerarema conversar com indígenas e produtores (Foto: Reprodução)

Na semana passada os indígenas fecharam por dois dias consecutivos, cada um deles por mais de 12 horas, as pistas da BR-101, próximo a Itamaraju. As vias foram liberadas após contato do ministro com o grupo manifestante.

Na sexta-feira (4), a viagem à Bahia foi anunciada na 8º Reunião Extraordinária da Comissão Nacional de Políticas Indígenas (CNPI).

EXCLUSIVO: Tentativa de homicídio em frente a um Bar em Itabuna

Maicon Rodrigues dos Santos, menor de idade, sofreu tentativa de homicídio por volta das 20:00h deste sábado (14), na rua do Paty, localizada no bairro São Caetano.

Início da rua em sentido ao Pedro Jerônimo, próximo ao Bar do Elias. Foto: A redação.

De acordo com informações colhidas junto a polícia militar, Maicon havia acabado de descer de sua bicicleta para entrar em um bar, quando foi surpreendido por dois homens em outra que deflagaram três tiros que atingiram seu peito, região do umbigo e mão direita.

Uma ambulância do SAMU foi acionada e esteve no local para socorre-lo, após os primeiros procedimentos a vítima foi encaminhada para o Hospital de Base da cidade.

Ainda segundo os militares, Maicon certamente é envolvido com tráfico de drogas na localidade, e transita entre a feira do bairro e ruas adjacentes.

Um leitor nos informou que ele trabalha em um açougue que fica na feira do São Caetano.

Fotos: Ednaldo Pinto.

 

Plantio de maconha é descoberto em Ilhéus

Péricles Nunes dos Santos Júnior, foi preso por policiais militares do PETO 70, por plantar maconha no quintal da sua residência localizada na rua Luiz Gama – Ilhéus.

Após denúncia que uma casa estava funcionando como ponto de venda de drogas, os militares foram até o local apontado e encontraram no quintal um plantio de maconha.

Sendo autuado em flagrante por tráfico ilegal de drogas, como prever o art. 33 do CP, Péricles ficou detido da Delegacia de Ilhéus.