Servidor de Ilhéus processa prefeitura e alega sofrer perseguição

Mario Shineider alega perseguição (Foto: Reprodução)
Mario Schneider alega perseguição (Foto: Reprodução)

O fiscal de postura Mário Schneider acionou a justiça contra a Prefeitura de Ilhéus para receber três salários atrasados. Ele alega ser perseguido pelo governo Jabes. Na quarta-feira (4) o servidor disse que todos funcionários municipais foram pagos, exceto ele.

Neste mês, afirma Mario: “trabalhei na secretaria que me perseguiu mês passado, mesmo assim, o salário não foi pago.” Por fim, questionou: “Quer mais provas de que é perseguição?”

O trabalhador acredita que sua participação no Reúne Ilhéus motiva a suposta perseguição.

(Informações Blog do Gusmão)