Moradores reclamam do atraso nas correspondências em Itabuna

Foto Ilustrativa
Foto Ilustrativa

Uma leitora do Tom encaminhou um relato sobre o grande atraso na entrega de correspondências no bairro Santo Antônio. Segundo ela, muitas das vezes as faturas para pagamento nem chegam, e a alternativa é ir ao banco ou tentar acessar o serviço online para retirar uma segunda via, fato este que muitas vezes gera atraso, logo as contas não são pagas em dias, o que acarreta um juros ao consumidor.

Em telefonema a sede dos Correios situada na Av. J.S. Pinheiro, foi informado que o motivo para os atrasos se dá devido a constante modificação nos CEP, entretanto, a moradora alega que o Código de Endereçamento Postal (CEP) sempre foi o mesmo e nunca sofreu alterações.

E este problema não resume-se apenas no bairro, constantemente recebemos e mails descrevendo o mesmo caso de uma quantidade demasiada de leitores.

Assaltos na rua do CIOMF preocupa pais de alunos

Constantes assaltos vêm acontecendo nas mediações do Centro Integrado Oscar Marinho Falcão (CIOMF), no bairro Santo Antônio. Pais de alunos ficam revoltados com a falta de segurança no local, que, por haver pouca movimentação, os bandidos aproveitam para praticarem roubos. Os pais alegam que deveria ter uma ronda policial ao menos nos horários de saída.

A escola não tem culpa sobre o que acontece do lado de fora do colégio, mas é importante ressaltar que para evitar assaltos, os alunos precisam chamar menos atenção, isto é, não sair com aparelho celular à mostra, assim como outros objetos de valor.

Moradores do Santo Antônio continuam com esgoto na porta de casa

Fotógrafo: Ednaldo Pinto
Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Nesta manhã de terça-feira (23) moradores do bairro Santo Antônio fizeram outro manifesto reivindicando providências por parte da Emasa, que ficou de ajeitar os esgotos que correm a céu aberto na Rua Travessa, final da avenida Itajuípe. Na última quinta-feira (18) os populares fizeram uma manifestação fechando as ruas e pedindo a presença do prefeito. O secretário da Emasa esteve no local mas até agora nada vou resolvido.

A revolta dos populares é por conta de um esgoto que corre a céu aberto nesta rua, e, por consequência, a água suja cai na caixa d’água que abastece a rua e posteriormente sai nas torneiras das residências, pondo em risco a saúde das famílias.

Uma senhora, que tem um esgoto aberto na porta de casa, relatou sua situação. Confira no vídeo em instantes.

Creche libera crianças mais cedo por falta de pagamento

De acordo com denúncias feitas ao Blog do Tom, a Creche Escola Otaciana Pinto, localizada na rua João Franco, bairro Santo Antônio, não está funcionando em horário normal. As crianças estão sendo liberadas às 11h30m porque as estagiárias não vêm recebendo o salário e, portanto, não tem como ficarem o dia inteiro com as crianças, já que a demanda de funcionários é pequena.

O apelo é para que a creche pague corretamente às estagiárias, visto que a verba vem do Governo Federal. A maioria das mães precisam acordar cedo para trabalhar e não tem aonde deixar seus filhos, sendo a creche a única opção para quem depende do trabalho para viver.

 

Polícia Militar resgata moto roubada em menos de 10 minutos

Fotógrafo: Ednaldo Pinto
Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Na noite deste último sábado (20) a Polícia Militar recebeu o chamado sobre sobre dois indivíduos que realizaram um assalto a mão armada na rua Joaquim Batista, bairro Santo Antônio. Os assaltantes roubaram uma moto e a bolsa pertencente à namorada da vítima. Após o roubo, o alarme da moto disparou e os bandidos fugiram, abandonando o veículo no final da Avenida Itajuípe. Em cinco minutos a PM chegou ao local e recuperou a moto.

A vítima prestou queixa na Delegacia e os suspeitos continuam foragidos.

Moradores do bairro Santo Antônio reivindicam inspeção da Emasa

Fotógrafo: Ednaldo Pinto

“Estamos bebendo água de cocô!”, é o que diz uma senhora revoltada com a presente situação do bairro Santo Antônio. Na manhã desta quinta-feira (18), moradores da Rua Travessa fecharam parte da avenida Itajuípe e realizam uma manifestação para chamar a atenção do prefeito Claudevane. A revolta dos populares é por conta de um esgoto que corre a céu aberto nesta rua, e, por consequência, a água suja cai na caixa d’água que abastece a rua e posteriormente sai nas torneiras das residências, pondo em risco a saúde das famílias.

A rua está com vários buracos abertos e com esgoto correndo em frente às casas dos populares. Além fedentina que é terrível, o esgoto atrai bichos e doenças, prejudicando bem-estar dos moradores, que pagam em dia a conta de água e taxa de esgoto. Esta já é a segunda vez que moradores fazem esse tipo de manifesto para chamar a atenção do prefeito e da Emasa para que possam solucionar o caso.

Confira na íntegra, a bronca dos moradores: