Acidente na rodovia Ilhéus-Itabuna deixa 6 pessoas feridas e uma morta

BR-415 – Seis pessoas ficaram feridas e uma morreu após um trágico acidente envolvendo dois veículos na rodovia Ilhéus-Itabuna. O episódio aconteceu por volta das 3h da madrugada deste sábado (23), próximo ao Atacadão.

De acordo com informações colhidas, um automóvel VW – Gol viria para Itabuna e o Fiat – Uno seguia para o sítio FT, quando o condutor do Gol perdeu o controle sobre a direção, invadiu a pista contrária e colidiu frontalmente contra o Uno.

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF), esteve no local e identificou as vítimas como, Gilmar Barbosa da Conceição, Ivison Roberto dos Reis da Paz, Qaurque Costa Santos, Thaina Botelho Cerqueira, Veronica Costa Lima e Vinicius Sousa Gonçalves, além da jovem identificada como Joelma Guimarães que não resistiu aos ferimentos. Os seis feridos foram encaminhados para o Pronto Socorro do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (Hblem), em Itabuna.

Segundo informações, a jovem morta no acidente era natural de Iguaí, entretanto, era técnica de enfermagem e morava sozinha no bairro Santo Antônio em Itabuna. O motorista do Uno, identificado como Gilmar trabalhava como mototaxista na Av. Félix Mendonça, no bairro Conceição.

O Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Ilhéus realizou o levantamento cadavérico.

Direção do sítio FT emite nota de esclarecimento

A Direção do sítio FT, localizado às margens da rodovia Ilhéus-Itabuna emitiu uma nota de esclarecimento sobre o caso em que um homem teria deflagrado vários tiros no local atingindo três pessoas, sendo que uma delas não resistiu e foi a óbito. Confira:

A organização do evento realizado ontem no sítio FT, ainda consternada, vem a publico esclarecer os fatos acontecidos na noite passada: Na madrugada de ontem, por volta das 2 horas, um individuo ja identificado trafegando,nas imediações do Sitio FT deflagrou tiros de maneira aleatória na área externa, ha 100 metros do acesso ao local, atingindo 03 pessoas que saiam do evento que estava sendo realizado em comemoração aos jogos da Copa.

Aos familiares e a imprensa, a organização do evento declara apoio irrestrito ao tempo em que estão sendo tomadas as medidas cabíveis para elucidação dos fatos o mais breve possível, bem como se coloca a disposição para outros esclarecimentos e acredita no profissionalismo e bom senso de todos para avaliação do ocorrido em sua versão original.

Motorista perde o controle e capota carro na rodovia Ilhéus-Itabuna

BR – 415 – No final da noite desta quinta-feira (21), um carro Chevrolet – Corsa capotou na rodovia Ilhéus-Itabuna, deixando três pessoas feridas. O acidente aconteceu nas imediações da CEPLAC.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o motorista não identificado perdeu o controle sobre a direção do veículo e acabou capotando. Três pessoas que estavam dentro do veículo acabaram sofrendo ferimentos leves, foram elas: Maria Cristina Souza, de 48 anos, Mikaela Souza Almeida, de 26, e Cícera Pereira Soares, de 40.

Patrulheiros da PRF auxiliaram no socorro durante todo o tempo. Unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Itabuna, foram solicitadas e estiveram presentes para prestar atendimento às vítimas.

Após os primeiros socorros todos foram encaminhadas para o Pronto Socorro do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM), onde foram medicadas e, em seguida, liberadas.

Segundo acidente no mesmo lugar registrado em menos de 24h

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Exclusivo ²

Itabuna – Mais um motociclista ficou gravemente ferido na manhã desta terça-feira (31), após tentar fazer uma ultrapassagem proibida em frente ao Maxxi Atacado, situado na rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415). – relembre o primeiro caso clicando aqui

Segundo testemunhas oculares o motoqueiro seguia em sentido a Ilhéus quando invadiu a pista contrária na tentativa de realizar uma ultrapassagem, perdeu o controle da direção da moto, desequilibrou-se e caiu no asfalto, por sorte, um carro que estava na direção oposta freou à tempo de causar um incidente de maiores proporções.

Policiais lotados do Tático Ostensivo Rodoviário atuaram como agentes de trânsito para facilitar o fluxo de veículos na rodovia. O motociclista sofreu várias escoriações, sendo necessário ser atendido por paramédicos do SAMU que estiveram presentes para socorre-lo. Após os primeiros procedimentos ele foi imobilizado e conduzido até o Pronto Socorro do Hospital de Base.

Manifestantes fecham rodovia Ilhéus-Itabuna

Sindicalistas interditam rodovia por uma hora (Foto Luiz Carlos Jr.) / Do Pimenta
Sindicalistas interditam rodovia por uma hora (Foto Luiz Carlos Jr.) / Do Pimenta

A rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415) foi interditada na manhã desta sexta-feira por sindicalistas ligados à Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB). Segundo eles, a interdição da rodovia é parte das atividades do dia nacional de paralisações (30 de agosto). Eles protestam contra projeto de lei da terceirização (PL 4330) e solicitam redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais. A promessa é de que a pista seja liberada às 11 horas.

Os manifestantes estão no km 24, próximo ao Makro, onde fecharam as duas pistas e atearam fogo em pneus e madeiras.

Em Itabuna está programada para às 14 horas uma passeata com os movimentos populares da cidade na avenida do Cinquentenário. Dentre as bandeiras, a principal reivindicação é a redução da tarifa de ônibus no município sul-baiano.

Fonte: Pimenta

Caso Águia Branca: Peritos denunciados pelo Ministério Público serão ouvidos

Serão ouvidos em audiência nesta quinta-feira (27) às 14 horas na 2ª Vara Criminal em Itabuna, no Fórum Ruy Barbosa, os quatro peritos envolvidos na elaboração e aprovação do laudo de acidente ocorrido em 5 de janeiro de 2008, na rodovia Ilhéus-Itabuna. Paulo Roberto Libório, Robson Lincoln Farias, Sérgio Murilo Cardoso e Sérgio Selma dos Santos, do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, foram denunciados por falsa perícia pelo Ministério Público da Bahia.

A colisão do carro Ford Fiesta (JOK-7698) com o ônibus da Águia Branca (MQM-0992) em frente à Churrascaria Los Pampas provocou a morte das estudantes Larisa Alpoim, Priscyla Gama, Tatiana Franco e Elis Maiane Santana. Os técnicos do DPT itabunense negam erros ou favorecimentos à empresa Águia Branca e acabaram absolvidos em processo administrativos devido à prescrição das investigações.

A denúncia contra os peritos foi feita pela promotora pública Renata Dacach. Ela comparou resultados de laudos confeccionados pelos peritos do DPT de Itabuna com os laudos da equipe da corregedoria do DPT e da Polícia Civil e um laudo independente para oferecer a denúncia à Justiça.

“Alterou a verdade dos fatos”
Além disso, a promotora observou diversas ligações e suspeitas de favorecimento da Águia Branca ao perito Paulo Libório, contra o qual solicitou quebra de sigilos bancário e fiscal.  Para Dacach, Libório “alterou a verdade dos fatos relativos ao acidente em troca de benefício ou promessa de benefício” da Águia Branca. Lincoln, Sérgio Murilo e Sérgio Selma acabaram denunciados por subscrever um segundo laudo do acidente e que chegou às mesmas conclusões do trabalho de Libório.

As suspeitas de favorecimento por parte da empresa de ônibus para mudar o resultado do laudo é reforçada pela série de ligações de um funcionário da Águia Branca para Libório. Outro ponto destacado pela promotora na denúncia é que a empresa ingressou com ação contra a família de Priscyla, cobrando R$ 5 mil pelo reparo do para-choque do ônibus, mesmo antes do laudo ter sido tornado público ou chegado às mãos do delegado que investigava o caso.

Acidente
A colisão que provocou a morte das quatro universitárias ocorreu por volta das 19h45min de 5 de janeiro de 2008, quando elas retornavam da formatura para Itabuna em um Ford Fiesta. No quilômetro 25 da Ilhéus-Itabuna, houve o acidente com o ônibus da Águia Branca.

O laudo de Libório diz que a colisão foi provocada pela motorista do Fiesta, Priscyla Gama. Já os laudos da corregedoria do DPT e da empresa contratada por familiares de duas das vítimas apontavam a invasão da mão contrária por parte do ônibus da Águia Branca, conduzido pelo motorista Almir Silva Lima.