Descaso de motorista da Rota revolta passageiros

Atraso e atitude de motorista revolta passageiros (Foto: Divulgação)
Atraso e atitude de motorista revolta passageiros (Foto: Divulgação)

Segundo denúncia feita ao Blog do Tom por uma moradora de Itajuípe, um motorista da Rota Transportes teria agido com má conduta na noite desta segunda-feira (16). De acordo com o relato, a linha Itabuna-Itajuípe tem sofrido atrasos nos horários, o que causou um conflito.

O ônibus marcado para as 18:30 só foi chegar ao ponto de Itabuna às 19:30. Por conta do atraso, havia muitos passageiros no veículo e a cada ponto enchia mais. Em certo momento, o motorista resolveu não abrir as portas e disse que só sairia de lá quando chegasse um ônibus extra, o que fez com que alguns pulassem a catraca. Porém, sensibilizados com o prejuízo que a cobradora iria sofrer, pagaram a ela, já que não tinha nada a ver com a atitude do motorista.

O fato é que o ônibus atrasou e o condutor tratou mal os passageiros. Esta é uma situação que vem se tornando comum em Itabuna, onde motoristas de ônibus urbanos e intermunicipais têm tratado passageiros com ignorância e descaso.

Trifil corta benefício natalino e revolta funcionários

Trifil corta benefício à funcionários (Foto: Divulgação)
Trifil corta benefício à funcionários (Foto: Divulgação)

Após 13 anos de auxílio alimentício para a ceia de Natal, a fábrica da Trifil em Itabuna resolveu cortar o ticket de alimentação. A decisão pegou os funcionários de surpresa, que pararam os serviços por dois dias seguidos durante 1 hora.

Mesmo tendo a produção e o lucro reduzidos, a empresa não se abalou com a paralisação e o sindicato resolveu anunciar uma greve para os meses de janeiro e fevereiro, época em que a fábrica gera maior lucro. A bola de neve estaria tão grande que resultou na demissão de duas pessoas de alto nível.

O ticket de alimentação com o valor de R$ 85,00 era dado para cada funcionário na época natalina como forma de bonificação. Com o corte do benefício, os funcionários estão revoltados pela falta de consideração da empresa, visto que o trabalho na fábrica é pesado demais e oferece riscos. Em setembro deste ano um funcionário teve morte instantânea ao cair dentro de uma caldeira no momento do expediente [relembre aqui].

Usuários itabunenses do SUS mostram insatisfação com a saúde

Nesta manhã de quinta-feira (10) um senhor chamado Carlos César de Oliveira Santos, morador de Pedro Jerônimo, veio ao Blog do Tom mostrar sua indignação com a saúde pública de Itabuna. Segundo ele a unidade de saúde do bairro São Pedro não está atendendo pacientes. “Depois do canal não atende, não tem médico”, diz Carlos. Ele se queixa que tem exames marcados há mais de dois meses e até agora não conseguiu ser atendido.

Pessoas de Itabuna e outras cidades dormem em filas para conseguir cota em marcação de exame (Foto: Divulgação)
Pessoas de Itabuna e outras cidades dormem em filas para conseguir cota em marcação de exame (Foto: Divulgação)

Uma outra acusação séria é de uma mulher que não quis se identificar. De acordo com ela, sua tia de 68 anos foi diagnosticada com um nódulo no seio. O problema é que, em pleno Outubro Rosa, mês de campanha em prevenção ao Câncer de Mama, a Santa Casa só disponibilizará os primeiros procedimentos para usuários do SUS no final de janeiro de 2014. O mesmo acontece para fazer uma ultrassonografia no estômago. Outros exames são difíceis e demorados para serem marcados. Segundo a denunciante, a tia dela tem evitado sair de casa, pois cada “não” ouvido nas unidades é um susto para ela

Carlos César fez questão de dizer: “Eu tô lembrado do dia em que Tom perguntou ao prefeito no antigo Alerta Total qual seria o primeiro projeto na gestão de Vane. O prefeito respondeu que o primeiro projeto seria na saúde e agora a saúde está pior!”.

Exclusivo: Terceirizada da Bahia Gás deixa prejuízo de R$ 30 mil à empresários

Uma empresa terceirizada da Bahia Gás está dando um prejuízo à empresários de Itabuna. Segundo informações exclusivas ao Blog do Tom, a empresa PETC está fazendo perfurações em Itabuna para ligar o gás natural ao shopping Jequitibá Plazza. Mas para isso, algumas empresas de hotéis e locadoras de veículos foram contratadas para darem suporte aos funcionários. O problema é que a PETC não está pagando aos empresários solicitados, chegando à marca de R$ 30 mil reais só em dívidas. Empresas como o Hotel Distak e a Locadora Marapia estão revoltados contra a PETC.

Há algum tem o mesmo aconteceu com a terceirizada Cetro Engenharia, que deixou Itabuna e uma dívida de R$ 15 mil reais. Isso é uma irresponsabilidade da Bahia Gás que precisa filtrar e selecionar melhor suas empresas contratadas.