Emasa reajusta tarifa em 12,5%

Nesta sexta-feira (1º), a Empresa Municipal de Águas e Saneamento (Emasa) anunciou o reajuste de 12,52% para a tarifa de água e esgoto em Itabuna.

Conforme informações, a direção da empresa informou que há pouco mais de três anos não houve reajuste tarifário. Os novos valores entram em vigor a partir desta sexta. Com o reajuste, a tarifa social será R$ 3,35. A tarifa popular é paga por 2.658 residências populares. Para não populares, a tarifa passou a R$ 19,10 para 10 mil litros.

Ricardo Campos, presidente da empresa, ressalta, além da atualização, que a “Emasa vem honrando os compromissos financeiros com os trabalhadores e fornecedores em dia”.

Tarifa de ônibus vai a R$ 2,60 em Ilhéus

Com Blog Pimenta

O ilheense deve preparar o bolso. O preço da passagem do transporte urbano no município vai saltar de R$ 2,40 para R$ 2,60 no dia 1º de junho, conforme anúncio do prefeito Jabes Ribeiro em coletiva concedida no Palácio Paranaguá nesta manhã de terça.

O percentual está dentro do que foi apontado em estudo da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). O resultado do trabalho foi apresentado em março deste ano. Por ele, a tarifa ficaria entre R$ 2,60 e R$ 2,70.

O valor, no entanto, foi questionado à época pelo integrantes do Reúne Ilhéus, para os quais o estudo da Fipe foi feito sem o aprofundamento necessário. O prefeito Jabes Ribeiro disse que o reajuste terá como contrapartida aumento de linhas em alguns trechos.

O último reajuste de tarifa foi concedido às empresas em 2012. Ano passado, a pressão popular, puxada pelo Movimento Reúne Ilhéus, fez o prefeito abortar o aumento.

“Irei abrir novas licitações para o transporte coletivo”, afirma Vane durante entrevista

O Prefeito de Itabuna, Claudevane Leite (PRB), concedeu uma entrevista ao vivo ao programa Balanço Geral – Record Bahia, apresentado por Tom Ribeiro, no início da tarde desta terça-feira (20).

O jornalista foi bem dinâmico ao apresentar a opinião da sociedade grapiunense através da Fã – Page, do programa no Facebook. Os internautas foram objetivos ao dizerem que querem sim uma licitação já.

Em seguida, Vane começou a falar da guerra travada pelos donos das empresas do transporte coletivo contra a Prefeitura Municipal. Segundo o gestor, “os empresários não querem mais dialogar, só querem que o reajuste seja aprovado, e a passagem suba para R$ 2,50. (Coisa que eles tentam desde janeiro deste ano).

O conflito de interesses é existente, porém, Vane ratificou que esse aumento é inviável e desnecessário, pois, o Governo Federal já reduziu impostos que a Associação das Empresas de Transportes Urbanos (AETU) pagava. Sendo assim, “não há argumentos plausíveis para que o aumento seja concedido”, concluiu o gestor.

A bronca dos proprietários das duas empresas é que as ruas da cidade têm muitos buracos, lama etc, e prejudica potencialmente os veículos em circulação. Não obstante, o Prefeito afirmou que o transporte coletivo em Itabuna tem deixado a desejar, por isso, é necessário abrir novas licitações para que empresas de fora ofereçam seus serviços. Dessa forma, aumentando a frota, dando mais conforto ao usuário, definindo novas linhas e atendendo aos anseios em geral da população.

A preocupação agora é uma nova paralisação dos transportes coletivos (ônibus/motoristas/cobradores). Se por um lado a Prefeitura não aumenta a passagem, por outro os empresários não aumentam os salários dos rodoviários, o que acarreta em greve. Logo, os itabunenses ficam a mercê, restando somente 30% da frota em circulação.

Com essa possibilidade, Claudevane pediu encarecidamente que os empresários sejam complacentes e não permitam que uma paralisação seja deflagrada. Pontuando que a licitação ocorrerá no início de Junho e que as empresas atuais também poderão concorrer livremente.

O QUE É LICITAÇÃO?

Licitação é o procedimento administrativo formal para contratação de serviços ou aquisição de produtos pelos entes da Administração Pública direta ou indireta. No Brasil, para licitações por entidades que façam uso da verba pública, o processo é regulado pelas Leis nº. 8.666/93 1 e 10.520/022.

POLÊMICA

Durante a entrevista, o apresentador Tom Ribeiro, perguntou ao Prefeito quem é que manda na cidade. De acordo com Tom, circula nos quatro cantos da cidade que o Prefeito não manda em nada, quem manda é o vice, e que ele não estaria vendo as coisas. Em resposta, Vane declarou que: “Quem manda sou eu, quando eu mando um secretário fazer ele faz, nunca existiu nenhuma situação de desrespeito a minha pessoa, a exemplo cancelei o Carvanal de Itabuna, em virtude da epidemia de dengue, violência gritante, população pedindo socorro, e a saúde na UTI.

Vane declara guerra aos empresários do transporte coletivo de Itabuna

Itabuna pode realizar nos próximos dias, algo que vai ficar na história da cidade. Durante anos de diversas gestões, nunca foi feita uma licitação para o transporte coletivo. O ex-prefeito Fernando Gomes de Oliveira, instituiu a empresa na época, Nossa Senhora de Fátima, que pertencia ao grupo de Maria Alice Araújo, Presidente do DEM, para explorar as linhas urbanas. Esse grupo enriqueceu as custas do péssimo serviço do trasporte urbano prestado a população. Geraldo Simões, José Nilton Azevedo e a Câmara de Vereadores nunca se importaram com essa situação.

O Prefeito Claudevane Leite (PRB), disse em uma reunião com os empresários de transporte coletivo de Itabuna, que não concederá nem um aumento se quer. Isso criou uma revolta nos bastidores. Os empresários forçaram os rodoviários a deflagrarem uma greve na cidade. Uma forma de pressionar o Governo Municipal, a ceder o aumento da passagem. Vane dará entrevista nesta terça feira (20), ao programa Balanço Geral – Tv Cabrália – Record Bahia, e promete fazer revelações bombásticas ao apresentador Tom Ribeiro. O prefeito já afirmou que vai abrir licitação para o transporte urbano, o que significa que as empresas de outros estados poderão participar do pregão.

Confira abaixo o relato na íntegra de uma usuária do transporte coletivo;

Tom, é inaceitável o que está acontecendo com o transporte coletivo em Itabuna. Hoje mesmo cheguei naquele ponto do Paty, no São Caetano às 07:50hs para pegar o coletivo até a Praça Olinto leone, e o primeiro ônibus só chegou às 08:23, completamente lotado, o ponto a esta altura já estava completamente cheio e os passageiro reclamando. Todos chegando atrasados no serviço por conta da irresponsabilidade dos proprietários de transportes em Itabuna. Francamente Tom, tem coisas que só acontecem em Itabuna mesmo. Quando é que este monopólio vai acabar hein? Abraços….

Greve dos Correios entra no 8º dia

A greve dos Correios na Bahia entrou nesta sexta-feira (7) no oitavo dia. Os trabalhadores resolveram manter a paralisação, após uma assembleia realizada na tarde de terça-feira, 04, em Salvador.

Entre as reivindicações, está a manutenção do atual plano de saúde sem a cobrança de mensalidade. Nesse item, porém, os Correios já sinalizaram que haverá nenhuma mudança no atual plano e muito menos a cobrança de mensalidades. Os servidores reivindicam também a revisão do plano de cargos e salários.

Ao Diário Bahia, um funcionário dos Correios em Itabuna, informou que a categoria mantém 30% dos funcionários trabalhando, com o objetivo de manter em dia as entregas classificadas como prioritárias, como é o caso dos remédios. Ele ainda explicou que apenas o setor de entrega está paralisado.

A assessoria dos Correios recomenda à população que procure a sede dos Correios de sua cidade se precisar pegar alguma encomenda.

Preço do óleo diesel da gasolina sofrem reajuste

Nesta sexta-feira (29) os preços da gasolina e do óleo diesel foi reajustado pela Petrobrás para as refinarias. De acordo com a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a gasolina será reajustada em 4% e o óleo diesel em 8%. Segundo o comunicado, os novos valores entram em vigor a partir da meia-noite desta sexta-feira.

O último reajuste da gasolina ocorreu no dia 30 de janeiro, um aumento de 6,6%. Já o diesel subiu 5,4% e mais 5% no dia 6 de março. A Petrobrás diz que o reajuste busca alcançar “a convergência dos preços no Brasil” com os preços vigentes no mercado internacional.

O valor do reajuste, segundo a empresa, não inclui os tributos federais (PIS/Cofins e a Cide) e estaduais (ICMS).

Greve dos bancários na Bahia termina parcialmente

Em assembleia realizada nesta sexta-feira (11), os trabalhadores dos bancos privados e do Banco do Brasil optaram por aceitar a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e encerrar a greve.

Os bancários da Caixa e do Banco do Nordeste, no entanto, permanecem de greve. Uma nova assembleia foi marcada para as 18h30 de segunda-feira (14), no ginásio de esportes do bancário em Salvador. “O motivo é a campanha salarial, vamos continuar o diálogo”, explica o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Euclides Fagundes.

Com a proposta aceita, o reajuste é de 8% (1,82% de aumento real) e o piso dos bancários terá aumento de 8,5%. Também foi acertado aumento de 10% sobre a parcela fixa da Participação nos Lucros e Resultados e uma elevação de 2% para 2,2% no percentual de lucro que deverá ser distribuído pelos bancos. Os dias parados pela greve serão compensados com até uma hora de trabalho a mais por dia, entre segunda e sexta, até 15 de dezembro. Inicialmente, a categoria pedia 11,93% de reajuste, o que incluía 5% de aumento real, e um valor maior na PLR. (Informações do Correio.)

Aprovação de lei pode provocar reajuste na tarifa de ônibus

De acordo com o Blog Políticos do Sul da Bahia, a Câmara de Itabuna aprovou por unanimidade em primeira votação o projeto de lei do vereador Júnior Brandão (PT) que garante gratuidade no transporte coletivo do município para pessoas com idade entre 60 e 64 anos.

Atualmente, as empresas de ônibus que exploram o serviço só reconhecem como idosos, para a concessão do benefício, pessoas com 65 anos ou mais que isso.

O projeto do vereador Júnior Brandão pode causar o reajuste na tarifa, já que com o aumento do número de pessoas que não pagam passagem é o grande vilão do aumento inflacionário do preço da tarifa.

Em alguns municípios que a gratuidade é a partir dos 60, a lei foi criada há mais ou menos 35 anos, quando com 55 anos a pessoa era considerada “idosa”. Atualmente existem vários jovens com 60 anos.