Pai é suspeito de engravidar e manter filha de 17 anos em cárcere privado

Bahia – Um homem de 36 anos é acusado de abusar sexualmente e engravidar a filha de 17 anos no município de Luís Eduardo Magalhães, na Bahia. .

Segundo a policia, a denúncia foi feita na quinta-feira (27) pela mãe da adolescente. Em depoimento, a jovem confessou que está grávida de três meses e que era abusada sexualmente pelo pai desde os 14 anos. A vítima também era mantida em cárcere privado e era impedida pelo pai de estudar.

A adolescente vive com o pai e o irmão desde os 12 anos de idade, quando foi entregue pela mãe aos cuidados por não ter condições de criar a criança. Ao voltar para fazer uma visita à filha, a vítima acabou confessando os casos de abuso. S

Segundo a polícia, a adolescente vai passar por exames, mas já mencionou que deseja interromper a gravidez. O pai da vítima se apresentou à polícia acompanhado de um advogado e nega as denúncias de abuso sexual. O caso ainda está sendo investigado, mas a polícia entrou com um pedido de mandado de prisão preventiva para o suspeito.

Pai de garoto que fez sexo com professora tenta retirar a queixa

Mônica Souza Santos, a professora.
Mônica Souza Santos, a professora.

João Rodrigues Nogueira, 45 anos, pai do garoto de 13 anos que filmou a professora Mônica Souza dos Santos, 30 anos, fazendo sexo oral, em Palmas de Monte Alto, no sudoeste baiano, pediu o arquivamento do inquérito. Em depoimento à polícia, o pai do menino teria defendido a professora e pedido o cancelamento das investigações.

João explicou ao Folha do Vale que Mônica ajudou a família quando ele ficou viúvo, há quatro meses. Sobre a saúde do filho, ele disse que o adolescente está seguindo a vida normalmente, estudando e fazendo cursinho. Ele negou que o menino esteja com depressão. A delegada responsável pelas investigações declarou que o inquérito continuará e que o menino será ouvido. O caso segue em segredo de justiça. (ComBrumadoNotícias)

Juiz da Vara da Infância e Juventude investiga suposto caso de pedofilia em Itabuna

Após o Colégio da Polícia Militar (CPM) de Itabuna ter acionado a Polícia Federal para investigar o vazamento de fotos eróticas de adolescentes [relembre aqui], o Blog do Tom conversou com o Dr. Marcos Bandeira, Juiz da Vara da Infância e Juventude do município. Segundo o Dr., ele ficou sabendo do caso pelo blog e disse que vai instaurar uma investigação a partir das imagens sobre um suposto grupo de pedofilia em Itabuna.

Foto: Ednaldo Pinto.
Foto: Ednaldo Pinto.

Ainda de acordo com o Juiz, ele tem recebido denúncias sobre exposição de menores e este caso pode ajudar a encontrar infratores na região.

Jovem é preso acusado de pedofilia na internet em Jacobina

Michael já havia sido acusado por tentativa de homicídio (Foto: Divulgação)
Michael já havia sido acusado por tentativa de homicídio (Foto: Divulgação)

Michel Almeida de Oliveira Veras, 23 anos, foi preso em Jacobina na sexta-feira (18) acusado de pedofilia na internet. Michel teria divulgado fotos de adolescentes nuas na rede. As garotas fotografadas por ele têm entre 13 e 16 anos de idade.

Segundo a polícia, as vítimas alegam terem sido forçadas a consumir drogas antes das sessões fotográficas. Em depoimento, uma ex-namorada de Michel também denunciou ter sua intimidade exposta na internet.

O titular da Delegacia Territorial de Jacobina, Rogério Menezes, apurou que, em alguns casos, as vítimas eram induzidas via webcam a ficarem despidas. Depois de capturadas, as imagens eram compartilhadas por Michel com amigos.

Na casa dele, no bairro Félix Tomaz, a polícia apreendeu um computador, material pornográfico de adolescentes em um notebook e pinos de cocaína. Michel Veras já tinha passagem na delegacia da cidade de Caém por tentativa de homicídio.

Informações: Correio

Homem acusado de pedofilia é preso em flagrante

Na noite desta segunda-feira (24) o comerciante José Carlos Almeida silva, 50 anos, foi preso nas mediações do bairro Califórnia, acusado de estuprar uma adolescente de 12 anos. José Carlos foi detido em flagrante após policiais do bairro Monte Cristo receberem uma denúncia anônima informando que o acusado estuprou uma adolescente de 12 anos.

Segundo os policiais, o acusado estava trancado na residência com a vítima no momento em que chegaram. José Carlos ainda tentou esconder a menina e fez a menina fugir pela laje, mas ela caiu e se machucou. A adolescente recebeu os curativos no Hospital Manoel Novais, e o estupro foi confirmado através de exames.

A menina informou na delegacia que sempre ia na casa do acusado e chegava a receber alguns trocados, de R$ 2 à R$ 5 reais. Ela informou também que seus outros cinco irmãos, inclusive um menino, iam frequentemente à casa de José Carlos. Ainda em depoimento a garota disse que o comerciante colocava ela e os irmãos para assistirem filmes pornôs. “A gente assistia os filmes e depois ele aprendia e fazia comigo”, diz a vítima.

José Carlos de Almeida foi encaminhado para o Conjunto Penal de Itabuna.