Homem é amarrado a sofá e queimado vivo em lixão

Corpo carbonizado. Foto: Ednaldo Pinto.

O corpo de um homem não identificado foi encontrado carbonizado no lixão do município de Pau Brasil, localizado há 109 km de distância de Itabuna. O crime possivelmente ocorreu na madrugada desta segunda-feira (9).

Segundo informações, a vítima morava sozinha em um barraco nas imediações do aterro sanitário. Durante a madrugada, criminosos teriam ido até o seu encontro e o imobilizou e posteriormente retiraram um sofá de dentro do imóvel que foi levado para uma área do lixão. A vítima foi amarrada no estofado e uma quantidade de gasolina jogada por todo seu corpo, em seguida, foi queimado vivo.

Catadores encontraram o corpo carbonizado no início da manhã desta segunda (9), e logo, a polícia foi informada. Após ser constatado que a informação era verídica, o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna (DPT), foi acionado e por volta das 11h30min chegaram ao município para fazer o levantamento cadavérico.

O corpo só será liberado para enterro, após o exame de DNA que é feito em Salvador, e o aparecimento de familiares, amigos ou conhecidos.

Idoso de 84 anos morre carbonizado após casa pegar fogo

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Pau Brasil – Na madrugada deste sábado (10), Virgolino Fagundes de Barros, de 84 anos, morreu carbonizado após a casa onde morava pegar fogo durante a noite.

De acordo com informações colhidas no local, uma vela caiu sobre um lençol e deu início as chamas. O idoso morava sozinho e estava dormindo, por esse motivo não percebeu o fogo. Familiares e moradores tentaram ajudar, no entanto, não houve chances de salvamento.

A vítima que morava em uma casa no fundo da residência dos filhos, ainda tentou sair, mas devido as chamas, não conseguiu.

A perícia técnica de Itabuna esteve na residência para fazer o levantamento cadavérico.

Índio é encontrado morto em Pau Brasil

Familiares estavam a procura de Weslei Muniz Santos, de 27 anos, desaparecido desde quinta-feira (31). Segundo informações, ele havia saído de casa e não retornou.

Um trabalhador rural estava passando por um ramal que dá acesso ao distrito de Pau Brasil, quando viu o corpo de Weslei caído em um ribanceira. Além de ver uma motocicleta dentro do rio.

O DPT [Departamento de Polícia Técnica] de Itabuna foi acionado e esteve no local para remoção do cadáver. De acordo com os peritos, não foi encontrada nenhuma lesão aparente, acredita-se que na hipótese de acidente. Weslei estaria conduzido a moto quando perdeu o controle e caiu no precipício, batendo fortemente a cabeça e ficando inconsciente. Como não houve socorro ele acabou falecendo ali mesmo. Ainda de acordo com os peritos, pela velocidade com que ele desenvolveu o impacto foi grande e a moto foi lançada no rio.

Terras em Pau Brasil pertencem aos pataxós

A Advocacia-Geral da União (AGU) impediu na Justiça que um fazendeiro obtivesse reintegração de posse de imóveis rurais localizados no interior da Terra Indígena (TI) Caramuru-Catarina-Paraguaçu, em Pau Brasil (BA). De acordo com a AGU, os procuradores comprovaram que o fazendeiro não era o legítimo possuidor das áreas.

Praça Juracy Magalhães em Pau Brasil (Foto: Divulgação)
Praça Juracy Magalhães em Pau Brasil (Foto: Divulgação)

As Procuradorias Regional Federal da 1ª Região (PRF1), Federal no Estado da Bahia (PF-BA) e a Federal Especializada junto à Fundação Nacional do Índio (PFE-Funai) recorreram de sentença que julgou procedente o pedido de reintegração de posse.

As procuradorias federais esclareceram que as terras são, tradicionalmente, ocupadas por índios pataxós e se encontram demarcadas de maneira administrativa desde 1938. Na ação, os procuradores alegaram que a comunidade indígena Pataxó obtém a posse em caráter permanente e o usufruto exclusivo dessas terras, o que exclui a ocupação de terceiros.

Eles sustentaram que é incabível o direito de reintegração de posse a favor do fazendeiro, de acordo com o que determina o parágrafo 6º, artigo 231 da Constituição Federal. “São nulos e extintos, não produzindo efeitos jurídicos, os atos que tenham por objeto o domínio e a posse das terras tradicionalmente ocupadas pelos índios, sem qualquer direito de indenização, salvo em relação às benfeitorias derivadas de ocupação de boa-fé”, dizem os procuradores.

A AGU relata que, ao analisar o caso, a 4ª Turma Suplementar do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1) destacou que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu anular todos os títulos de domínio de terra na Bahia de áreas localizadas dentro da terra indígena.

Os procuradores observam que, a partir do entendimento do STF, os terrenos são de propriedade da União e por isso as ações judiciais pendentes em que se discute o domínio ou a posse de imóveis situados em área reconhecida como reserva indígena devem ser “extintas sem resolução do mérito nos termos do artigo nº 267, inciso V, do Código de Processo Civil”.

Fonte: Correio

Professor de reforço escolar é suspeito de abusar aluna de 8 anos

Professor teria estuprado a menina durante aula de reforço escolar / Imagem ilustrativa
Professor teria estuprado a menina durante aula de reforço escolar / Imagem ilustrativa

Um professor de reforço escolar foi preso nesta quinta-feira (26) suspeito de estuprar uma aluna de apenas 8 anos em Pau Brasil, segundo a delegacia local. Mailson da Silva Santos, 19 anos, negou as acusações em depoimento mas foi indiciado pelo crime.

De acordo com a polícia, o fato aconteceu na quarta-feira (25). O professor aluga uma casa com uma colega para dar o reforço escolar a um grupo de crianças. Quando a professora saiu com alguns alunos, ele ficou sozinho com três crianças – duas delas saíram para beber água e ao se ver sozinho com a menina, Mailson teria cometido o abuso sexual.

A mãe da menina estranhou o comportamento da filha e acabou questionando a criança e descobrindo o que aconteceu. Ela denunciou o caso ao Conselho Tutelar, que levou a situação à polícia. A criança fez exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna.

Mailson negou que tenha estuprado a criança. Ele segue preso na delegacia da cidade.

Fonte: Correio

Rapaz de 19 anos é preso enquanto fazia orgia com menores

Um rapaz de 19 anos foi preso em flagrante enquanto realizava uma orgia com outras dez pessoas em Pau Brasil, no sul da Bahia. Segundo a polícia, cinco meninas e quatro jovens eram menores de idade.

O caso foi descoberto após denúncias anônimas que levaram a polícia a uma casa na Praça Marechal Costa e Silva. De acordo com a delegacia, apenas o jovem de 19 anos foi detido porque estava realizando ato sexual com uma menina de 12 anos.

Leia mais…