Passo 1: Pica-Pau é preso e mais cinco pessoas são conduzidas até o CPI

O primeiro passo da Operação realizada na manhã desta sexta-feira (11) por mais de 100 policiais civis e militares em Itabuna, foi a prisão e apreensão no bairro Santa Clara, (proximidades do antigo Motel Carinhoso), de seis pessoas dentre elas Alefi Nikson Alves, o famoso ‘Pica-Pau’.

Fotos: Ednaldo Pinto.
Fotos: Ednaldo Pinto.

O grupo foi apresentando no CPI [Complexo Policial de Itabuna] e após serem ouvidos, somente o Pica-Pau permaneceu preso, ele é acusado de cometer homicídios e assaltos na cidade, além de está envolvido com o tráfico e porte ilegal de armas.

‘Pica-Pau’ – apontado pela polícia como comandante do tráfico no Santa Clara, e integrante da facção raio B.

Exclusivo: Operação policial prende quadrilha em Itabuna

Uma operação realizada por agentes da repressão a furtos e roubos da  Polícia Civil de Itabuna resultou na prisão de sete suspeitos – dentre eles dois menores de idade – considerados altamente perigosos. Eles são acusados por tráfico de drogas, homicídios, porte ilegal de arma entre outras ações.

O grupo é considerado perigoso / Foto: Ednaldo Pinto
O grupo é considerado perigoso / Foto: Ednaldo Pinto

A operação foi feita após uma gangue do Morro do Cuscuz e do Morro da Neca entrarem em confronto depois que Jefferson Santos de Jesus, de 17 anos, vulgo “Biro”, foi assassinado com cinco tiros na cabeça no último domingo (29) na feira do bairro Califórnia [relembre].

Os acusados são: L.N.R.S, menor de idade conhecido como Miel – o terror -, Emerson Silva Santos, M.S, também menor de idade, Márcio Barbosa de Nascimento, Cleiton dos Santos e José Roberto dos Santos Neves.

Todos estão no Complexo Policial de Itabuna à disposição da Justiça.