Prefeitura de Ilhéus divulga nota pública sobre cancelamento de ano letivo

Escola municipal da Ponta da Tulha funciona em local improvisado (Foto: Divulgação)
Escola municipal da Ponta da Tulha funciona em local improvisado (Foto: Divulgação)

Nesta quinta-feira (16) a Prefeitura de Ilhéus divulgou uma nota pública condenando a deliberação do Conselho Municipal de Educação, que não aprovou o calendário de reposição de aulas proposto pelo governo e recomendou a anulação de atividades já realizadas, referentes ao ano letivo de 2013 [relembre aqui].

 

A Prefeitura diz que “o Ano Letivo de 2013 foi considerado atípico em virtude da grave situação de abandono encontrada na Rede Municipal de Ensino, no início da atual Administração, que exigiu um regime de mutirão para adequar o funcionamento da maioria das escolas”. Para ler a nota na íntegra, clique em Leia Mais. Leia mais…

Reúne Ilhéus: Nota Pública

O movimento REÚNE ILHÉUS surgiu a partir de um interesse popular e espontâneo em colaborar com a construção e controle social de políticas públicas na cidade de Ilhéus, sendo seu primeiro foco o transporte coletivo, acompanhando a onda nacional de levantes sobre o tema, que parte de uma discussão repleta de prerrogativas sobre a municipalização, ampliação e melhoramento dos serviços públicos. Dada a terrificante realidade do transporte coletivo em Ilhéus, o movimento cresceu em força e argumento, atingindo níveis de estudo de documentação e investigações ainda maiores que poderia tencionar. Pela defesa da dignidade humana e do cidadão ilheense, respeitando seu direcionamento político, o REÚNE ILHÉUS sempre se apresentou como um grupo SUPRAPARTIDÁRIO, ou seja, estamos acima de qualquer partidarismo, embora nossa composição abarque membros de vários partidos e também apartidários. Anteontem, dia 16 de agosto, alguns integrantes do movimento realizaram uma viagem para Salvador em obrigações particulares, desvinculadas das atividades da ocupação e movimento. Num ato de descuido, alguns deles, até mesmo pela forte integração à causa e sentido orgânico do grupo, usaram o termo “Membros do REÚNE ILHÉUS” para legendar uma imagem inserida numa situação partidária. O REÚNE ILHÉUS nega essa associação com veemência.

Convidamos, também, toda a população de Ilhéus para acompanhar o requerimento da Comissão Especial de Inquérito sobre o transporte coletivo na cidade, uma denúncia que o movimento elaborou através de um massivo trabalho sobre a caixa preta do transporte. Venham todos conhecer a realidade da ocupação em frente à Prefeitura. Juntos somos muitos.