Reintegração de posse termina com um casal preso e ônibus incendiado

Na manhã terça-feira (28) duas pessoas foram presas durante a reintegração de posse de um empreendimento “Minha Casa, Minha Vida” em Vitória da Conquista. De acordo com informações da 78ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), o mandado judicial para a reintegração de 64 imóveis do empreendimento no bairro Miro Cairo começou a ser cumprido por volta das 7h, e a andamento da ação foi considerada tranquila pelas autoridades.

Duas pessoas foram presas desde o início da reintegração de posse dos imóveis
Duas pessoas foram presas desde o início da reintegração de posse dos imóveis

“Tivemos apenas duas situações: um homem e uma mulher que foram presos no primeiro imóvel, ao resistir à ação da PM e da Polícia Federal”, relata o capitão Orlins, da 78ª Companhia.”Um ônibus também foi incendiado nas proximidades do condomínio, no início desta manhã. No entanto, as chamas já foram controladas pelo Corpo de Bombeiros e ninguém ficou ferido”.

O casal foi preso e encaminhado ao Distrito Integrado de Segurança Pública (Disep), em Vitória da Conquista. Segundo um morador da região, o cobrador do ônibus sofreu pequenas queimaduras durante o incêndio e ficou levemente ferido.

Um ônibus foi incendiado nas proximidades (Foto: Blog do Anderson)
Um ônibus foi incendiado nas proximidades (Foto: Blog do Anderson)

O empreendimento da Caixa Econômica Federal, que foi concluído há cerca de quatro meses, contabiliza no total 1700 imóveis. Destes, 64 estavam ocupados ou apresentavam indícios de ocupação. Com o mandado de reintegração de posse, os locais serão desocupados e lacrados até que sejam entregues aos respectivos moradores.

 Informações do Correio24h

 

Dilma quer ampliar Minha Casa Minha Vida para a classe média

A presidente Dilma Rousseff vai repaginar o programa Minha Casa Minha Vida, uma das apostas de sua campanha à reeleição. Ela planeja ampliar o valor máximo do imóvel financiado – que hoje está em R$ 190 mil – para beneficiar mais uma parcela da classe média.

A meta da nova etapa é construir 3 milhões de moradias até 2017. Até agora, o Minha Casa Minha Vida já entregou cerca de 1,4 milhão das 3,7 milhões de unidades contratadas desde 2009, quando o programa foi anunciado, ainda no governo Lula.

Dilma procura uma forma de aumentar as faixas de renda dos beneficiários do Minha Casa Minha Vida – que atualmente vão de R$ 1,6 mil a R$ 5 mil – , reforçando a presença do plano de habitação em centros urbanos, como São Paulo, Rio e Belo Horizonte.

Disposta a recuperar a popularidade perdida desde os protestos de junho na chamada “nova classe média”, a presidente encomendou estudos ao Ministério das Cidades e aos bancos públicos para pôr o programa de pé. Pesquisas em poder do Palácio do Planalto mostram que a imagem da presidente não foi totalmente reabilitada entre eleitores com renda de R$ 1.356 a R$ 3.390 (dois a cinco salários mínimos) nem entre o público jovem, de 16 a 29 anos, e de áreas urbanas. Embora a aprovação de Dilma tenha melhorado na faixa dos menos escolarizados e mais pobres, em especial no Nordeste, a maioria dos entrevistados ainda pede “mudanças” e “coisas diferentes”.

Informações: A Tarde

Chuva atrasa inscrições do “Minha Casa, Minha Vida” em Itabuna

Alguns internautas comentaram sobre a impossibilidade de se inscrever no Minha Casa, Minha Vida, (confira aqui). O motivo foi que a queda de uma árvore provocou danos ao cabo de fibra ótica da rede de internet que serve à Prefeitura de Itabuna, segundo a OI. Com isso, o site para inscrições no programa ficou fora do ar.

Técnicos da prefeitura e da companhia telefônica trabalharam nos reparos para que a página volte ao ar, segundo informou a assessoria em resposta ao PIMENTA. Como o cadastramento das famílias será feito somente pela internet (http://prefeituradeitabuna.com.br/), as inscrições começarão quando o sinal de internet for restabelecido. Todo o serviço de internet foi afetado da Prefeitura de Itabuna. O prazo de inscrição para as vagas no residencial vai até o dia 30 de janeiro do próximo ano.

Começa hoje inscrição para Minha Casa, Minha Vida em Itabuna

A partir desta terça-feira (26) até o dia 30 de janeiro estão abertas as inscrições para os 900 apartamentos do Conjunto Habitacional São José, que será construído no bairro Ferradas. As inscrições são feitas exclusivamente pelo site da Prefeitura de Itabuna [clique aqui ou aqui]. Os imóveis serão destinados para famílias com renda mensal de até R$ 1.600 e a previsão que sejam entregues no segundo semestre do próximo ano aos beneficiados.

Condomínio será construído no bairro Ferradas (Foto: Waldyr Gomes)
Condomínio será construído no bairro Ferradas (Foto: Waldyr Gomes)

De acordo com o diretor do Departamento de Combate à Pobreza da Secretaria da Assistência Social, Elan Barros de Jesus, a prioridade de cadastramento será para as famílias em situação de vulnerabilidade social, que são moradores de áreas de risco e regiões ribeirinhas, além de idosos e portadores de deficiências. Logo após a inscrição, equipes do Serviço Social do município farão visitas para conferir as informações online prestadas pelos interessados.

Elan Barros explica que será montada uma estrutura na Secretaria da Assistência Social, na Avenida Inácio Tosta Filho, para atender apenas às pessoas analfabetas e idosos que não têm habilidade em usar a internet ou não tenham nenhum tipo de acesso. “Serão distribuídas 20 senhas diárias somente para essas pessoas”, reforça, adiantando que os demais interessados devem fazer a inscrição pela internet, não precisando se deslocar para a Secretaria.

O conjunto habitacional São José contará com áreas externa e de lazer, como quadra, quiosque e parque infantil. Cada unidade terá dois quartos, sala, cozinha e áreas de serviço. O projeto prevê ainda implantação de serviços de saúde, educação e social.

Na construção do conjunto habitacional serão investidos cerca de R$ 50 milhões do Programa Minha Casa, Minha Vida além de investimentos do município no esgotamento sanitário e pavimentação de acesso aos imóveis. Neste ano já foram entregues cerca de mil apartamentos do conjunto residencial Jardim América I e II, no bairro Nova Califórnia.

Novos moradores do Jardim América II tem 30 dias para fazer mudança

Nesta quarta-feira (6) a Secretaria da Assistência Social da Prefeitura de Itabuna reuniu no Grapiúna Tênis Clube 250 – dos 496 – proprietários de apartamentos do novo Condomínio Residencial Jardim América II que devem ocupar as novas moradias em no máximo 30 dias. Na oportunidade, foram assinados os contratos com a Caixa Econômica Federal e recebidas as chaves da nova residência e dada entrada no pedido de ligação da energia elétrica.

Os beneficiados do programa Minha Casa, Minha Vida receberam os boletos com as parcelas referentes a um ano, bem como o manual do proprietário, que contém informações sobre diretos e deveres. A assinatura dos contratos continua hoje (7), a partir das 8 horas, no mesmo local, com a participação dos 246 condôminos restantes.

Estiveram presentes à assinatura dos contratos, o gerente geral da Caixa em Itabuna, Antonio Almeida, o representante da Construtora Módulo, Cleber Carvalho, e a técnica bancária da Caixa em Salvador, Maitê Fraga.

Entrega do Jardim América II é adiada novamente

Mais uma vez a inauguração do condomínio Jardim América II do programa do Governo Federal Minha Casa, Minha Vida foi adiada para uma data a ser confirmada. A informação foi distribuída nesta quarta-feira (23) pela Superintendência Regional de Negócios da Caixa Econômica Federal.

Condomínio Jardim América I
Condomínio Jardim América I (Foto: Pedro Augusto)

A explicação inicial é de que a documentação para assinatura dos contratos pelos coproprietários ainda não foi concluída. A entrega estava prevista para o dia 16 de outubro mas mudou para o dia 28, e agora foi adiada novamente.

Casas do Jardim America II serão entregues dia 28

No próximo dia 28 as unidades habitacionais do Condomínio Jardim América II – do programa Minha Casa, Minha Vida – serão entregues no bairro Nova Califórnia. A solenidade será às 9h e contará com a presença do governador Jaques Wagner e do prefeito Claudevane Leite, dentre outras autoridades.

Condomínio Jardim América I (Foto: Pedro Augusto)
Condomínio Jardim América I (Foto: Pedro Augusto)

O diretor de Políticas Públicas Sociais da Secretaria da Assistência Social, Elan Barros, informou que a mudança das datas ocorreu por causa da greve dos bancários. A entrega estava prevista para esta quarta-feira (16). Segundo ele, a Caixa Econômica Federal é responsável pela documentação a ser entregue aos novos proprietários e pelos contratos, cuja assinatura será feita no Grapiúna Tênis Clube, nos dias 29 e 30, a partir das 8 horas.

Wagner adverte para ninguém vender as unidades do projeto Minha Casa Minha Vida

Wagner em Conquista nesta terça-feira (15).
Wagner em Conquista nesta terça-feira (15).

Em seu discurso durante a visita da Presidente Dilma Roussef, na manhã desta terça-feira (15), para entrega das casas dos condomínios, Ipê, Jequiitibá, Pau Brasil e Acácias, o governador Jaques Wagner chamou a atenção dos moradores para não venderem as casas e disparou: “Se souber que alguém vendeu a casa, vão perder o imóvel e mando passar a casa para quem precisa. Andou fora da linha vai cair no cacete”, sentenciou. Anunciou também que envolverá a Polícia Federal para apurar.

Moradores do Jardim América I cobram da Caixa colocação de piso

A pauta da comissão é colocação de cerâmica nos apartamentos
A pauta da comissão é colocação de cerâmica nos apartamentos

A comissão de moradores do condomínios populares do Minha Casa Minha Vida (Jardim América I) do bairro Nova Califórnia estão na bronca com a Caixa Econômica Federal quanto a decisão na colocação dos revestimentos cerâmicos nos apartamentos, que já foram entregues.

Por essa indecisão e falta de pronunciamento oficial da CEF Superintendência Sul, situada em Itabuna, muitos contemplados ainda não estão morando nos apartamento, uma vez que os contratos firmados com a mesma instituição dá 30 dias para a devida ocupação, porém, mudar sem as cerâmicas é complicado por conta da poeira e mofo.

No dia da posse, a Caixa pediu o prazo de 60 dias para encontrar uma forma junto ao governo para a instalação dos pisos ou ressarcimentos das centenas de moradores que se prenderam às prestações e compraram suas cerâmicas próprias.

A comissão formada por moradores cobrou explicação ao superintendente regional da CEF.

Minha casa minha vida se transforma em novas possibilidades para o tráfico de drogas

Imagem/Registros
Imagem/Registros

Uma reportagem do jornal “Folha de São Paulo” publicada neste domingo (25) indica que traficantes de drogas estão iniciando um processo de transformação de bairros surgidos a partir do programa “Minha Casa Casa Minha Vida” em possíveis áreas de dominação e expansão do tráfico. Segundo a reportagem, cidades como Fortaleza (CE) e Porto Seguro (BA) estão entre as mais visadas por chefes de quadrilhas.

No conjunto da Bacia do Rio Cocó, na capital cearense já foram investidos cerca de R$30 milhões. A obra tem taxa de conclusão de 70% e alguns beneficiários já se mudaram para o local. Eles relatam, no entanto, constantes tiroteios e operações policiais na área. Desde o final de 2012, traficantes se estabeleceram no entorno do conjunto e ameaçam quaisquer possibilidades de conclusão final da obra. A intenção é “tomar” as residências e apartamentos que ainda estão vazios. Alguns dos traficantes exigem, inclusive, que os responsáveis pela construtora retirem os equipamentos que ainda estão lá.

Uma situação parecida acontece em Porto Seguro. A construção de um condomínio foi interrompida por uma facção criminosa, que inclusive já pichou sua sigla nas paredes das casas. A obra foi iniciada em agosto de 2011 e previa-se ali a construção de 498 apartamentos. Os trabalhos seguiram até janeiro de 2012 e a obra foi paralisada devido às questões trabalhistas não resolvidas entre a empreiteira e os funcioários. Depois de um mês de paralisação, a obra foi invadida e saqueada.

Um exemplo claro da nossa realidade está no Pedro Fontes I construído através do Projeto, é notório os registros de crimes praticados na localidade, tráficos de drogas, furtos, e uma minoria  que comete delitos fora do condomínio e logo mais é noticiado sua prisão, ou morte.

Informações Ricardo Mascarenhas.

Apartamentos do Minha Casa, Minha Vida são entregues

Na manhã desta segunda-feira (8) foram entregues os 500 apartamentos do Condomínio Jardim América I, no bairro Nova Califórnia. O prefeito Claudevane Leite e o vice-governador do estado, Otto Alencar, realizaram a cerimônia de entrega. O empreendimento custou cerca de R$ 20 milhões financiados pela Caixa Econômica Federal através do programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal.

Na solenidade, o prefeito de Itabuna anunciou que estão sendo investidos cerca de R$ 2 milhões na pavimentação do acesso, iluminação pública e rede de abastecimento de água, obras que vão beneficiar também aos moradores do bairro Nova Califórnia. Vane afirmou que as obras que estão sendo realizadas pela Emasa vão reduzir o intervalo de fornecimento de água para os moradores de toda aquela região da cidade.

O prefeito informou ainda que o governo federal liberou outros R$ 1,150 milhão para a construção de um equipamento público para os futuros moradores do Jardim América. “Vocês moradores que irão decidir se será construído escola, posto de saúde, creche ou escola”, comunica. Vane acrescentou que o “melhor lugar do mundo é a nossa casa” e assegurou aos donos das unidades habitacionais que as obras de pavimentação serão concluídas assim que as chuvas cessarem. Ele disse ainda que morou de aluguel por 11 anos e a aquisição da casa própria foi um dos momentos mais importantes de sua vida.

O vice-governador Otto Alencar destacou a importância da parceria entre os governos municipal, estadual e federal para garantir moradias dignas para a população mais carente de Itabuna. “São ações que vêm assegurando qualidade de vida para milhares de pessoas. Já são 107 mil famílias beneficiadas desde 2007 no estado da Bahia. Esse é o maior programa habitacional do mundo”, disse.

Assinatura dos contratos

O secretário de Assistência Social de Itabuna, José Carlos Trindade, lembrou que centenas de famílias estão se livrando do aluguel ou deixando de morar de favor. “Elas vão morar agora em um conjunto habitacional com toda infraestrutura e serviços públicos garantidos pelo estado e o município”.

A assinatura dos contratos começa hoje (9), a partir das 8 horas, no Grapiúna Tênis Clube, na Rua Juca Leão, no centro da cidade, com os beneficiários, cujos nomes tenham as iniciais de “A” a “J”. Os demais assinarão contratos a partir de quarta-feira, 10.

Entrega de apartamentos do Condomínio Jardim América I acontece na próxima segunda-feira

A chapa 2 (Unidos Venceremos, Divididos Cairemos) informa que na próxima segunda-feira (8) a partir das 08h30min será realizado a cerimônia de inauguração do Condomínio Jardim América I no próprio local, tendo a participação do prefeito Claudevane Leite, do secretário de Assistência Social José Trindade, o diretor Élan, os superintendentes Marcos Vinicius e Antônio Almeida e o governador Jaques Wagner.

De acordo com a comissão Unidos Somos Fortes, composta por Sérgio Fontes, Robson Costa e equipe (chapa 1), o grupo recebeu a informação que a antecipação na entrega dos apartamentos do Minha Casa, Minha Vida se deu por conta da agenda do governador Jacques Wagner.

Entrega de apartamentos do Minha Casa, Minha Vida antecipada para os dias 08 e 09 de julho

Na próxima segunda-feira (8) acontece a partir das 08h às 17h no Grapiúna Tênis Clube a cerimônia de assinatura de contrato com participação do prefeito Claudevane Leite. Já no dia seguinte (9), será a posse dos imóveis com a entrega das chaves feita pelo governador Jacques Wagner. De acordo com a comissão Unidos Somos Fortes, composta por Sérgio Fontes, Robson Costa e equipe (chapa 1), o grupo recebeu a informação sobre a antecipação na entrega dos apartamentos do Minha Casa, Minha Vida se deu por conta da agenda do governador Jacques Wagner.

Quanto as cerâmicas, devem ser colocadas pela Caixa no prazo de dois meses. Já o crédito para compras dos móveis e eletrodomésticos será liberado após a assinatura do contrato. Sérgio Fontes e Robson Costa informam que para conquistar esses direitos, eles tiveram que recorrer a Lei 11.888 de Assistência Social aos beneficiados. O secretário, com apoio do superintendente da Caixa Econômica, garante recursos no PAC 2, para a construção de uma creche escola, posto de saúde e guarnição policial para a população circunvizinha de até mil habitantes.