Dificuldades para marcação de exame pelo SUS

As pessoas que necessitam dos serviços prestados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) em Itabuna vem enfrentando diversas dificuldades, tendo em vista que faltam materiais, médicos, medicamentos e até mesmo equipamentos básicos. Segundo a população que utiliza os serviços do SUS, os problemas continuam mesmo após as mudanças ocorridas nos setores da administração pública municipal, proposta pelo prefeito Claudevane Leite.

Várias pessoas reclamam pela demora de marcação de exames, que chegam a esperar por meses para uma marcação ser feita. Pessoas também, muitas vezes idosos e de outras cidades, dormem de madrugada na fila para poder garantir a senha de atendimento, que não rende para todos.

Há uma desorganização muito grande por parte da Secretaria de Saúde, que um dia já foi melhor. É preciso regularizar toda a situação do município e priorizar as necessidades das pessoas que dependem do SUS. Pacientes esperam por horas em recepção de hospitais aguardando atendimento no pronto-socorro. Desse jeito não tem como a cidade desenvolver.

Atualização:

Moradores informam que os postos dos bairros Vilas das Dores e João Soares, entre outros, estão sem médicos. Famílias carentes estão sem atendimentos por falta de médicos em postos de saúde.