Jogaram um copo de cerveja no Governador

O governador do Estado da Bahia, Jaques Wagner (PT), foi atingido na cabeça por um copo de cerveja enquanto desfilava pelas ruas do bairro do Santo Antônio Além do Carmo, no Centro Histórico de Salvador, durante o desfile em comemoração ao 2 de Julho, data alusiva à Independência do Brasil na Bahia.

O objeto foi arremessado pela professora Michele Perrone, de 34 anos, que foi duramente reprimida pelos seguranças do governador após o ato e recebeu voz de prisão de um Capitão do Batalhão de Choque da PM, como pode se ver no vídeo abaixo.

O registro foi feito com exclusividade pela reportagem deste Política Livre, que, por questões de segurança, não acompanhou a condução da mulher à delegacia.

No momento do ataque, o governador Wagner era vaiado pela população, que o chamava de “cara de pau” e “traíra”, gesto que se repetiu durante boa parte do cortejo.

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=IIXQceDWrnk

Informações Política Livre

Entrega de apartamentos do Minha Casa, Minha Vida antecipada para os dias 08 e 09 de julho

Na próxima segunda-feira (8) acontece a partir das 08h às 17h no Grapiúna Tênis Clube a cerimônia de assinatura de contrato com participação do prefeito Claudevane Leite. Já no dia seguinte (9), será a posse dos imóveis com a entrega das chaves feita pelo governador Jacques Wagner. De acordo com a comissão Unidos Somos Fortes, composta por Sérgio Fontes, Robson Costa e equipe (chapa 1), o grupo recebeu a informação sobre a antecipação na entrega dos apartamentos do Minha Casa, Minha Vida se deu por conta da agenda do governador Jacques Wagner.

Quanto as cerâmicas, devem ser colocadas pela Caixa no prazo de dois meses. Já o crédito para compras dos móveis e eletrodomésticos será liberado após a assinatura do contrato. Sérgio Fontes e Robson Costa informam que para conquistar esses direitos, eles tiveram que recorrer a Lei 11.888 de Assistência Social aos beneficiados. O secretário, com apoio do superintendente da Caixa Econômica, garante recursos no PAC 2, para a construção de uma creche escola, posto de saúde e guarnição policial para a população circunvizinha de até mil habitantes.