Homem mata o próprio irmão com golpe de machado

Itapé – Nesta quinta-feira (12), Egeneval Batista dos Santos, de 39 anos, foi detido sob acusação de ter assassinado o seu irmão. O crime teria ocorrido na noite de quarta-feira (11).

De acordo com informações prestadas pelo próprio acusado, a motivação para o crime, foi uma briga por cachaça. Egeneval e o seu irmão conhecido como “Coquinho“, de 27 anos, teriam desentendido-se, e o acusado deu um golpe machado na altura da nuca.

Ele disse pra eu deixar a cachaça e eu disse que não. Aí ele me disse que nem cachaça e nem eu porque ele ia me matar. Peguei o machado e fui na nuca dele“, relatou o suspeito. Egeneval ainda disse não ter arrependimento porque o irmão teria tentado matar ele outras vezes.

Homem é assassinado em Itapé

Foto: Ednaldo Pinto
Foto: Ednaldo Pinto

Wellington Marques dos Santos, 26 anos, foi assassinado com quatro tiros dentro de um bar, no bairro Luís Viana, em Itapé, na noite desta sexta-feira (11).

Segundo informações, dois elementos chegaram em duas motos, uma Bros 150 e uma Fan no “Bar do Chupão”, onde a vítima bebia, e deflagraram vários tiros, em seguida fugiram em sentido a estrada de Itapé ao Bairro de Ferradas.

A motivação e autoria do crime ainda são desconhecidas, pois moradores disseram que Wellington não tinha envolvimento com drogas e era um rapaz trabalhador e tranquilo. O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna esteve no local e fez o levantamento cadavérico.

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

Homem incendeia casa de ex-mulher em Itapé

DSCF3549

Na noite desta quarta-feira (19), um homem identificado como “Thicin” colocou fogo na residência de sua ex-mulher, Maria Nilma, localizado na Rua Bela Vista, 167, Bairro Luís Viana, em Itapé, segundo informações o mesmo não aceita a separação.

Familiares da vitima informam que o acusado é violento e ultimamente vinha se envolvendo com drogas, motivo pelo qual levou a vítima a se separar do elemento que constantemente vinha lhe ameaçando de morte. Em porte de uma faca, após não encontrar a ex-mulher decidiu agir ateando fogo na residência que ficou totalmente destruída.

DSCF3551

Morados ao ver a casa sendo destruindo pelo fogo, denunciaram a Polícia Militar que acionou os serviços do Corpo de Bombeiro de Itabuna sob o comando do Sargento Nascimento. O suspeito está sendo procurado pela Polícia para presta esclarecimento.

 

 

Moradores da zona rural de Itapé pedem providencias a prefeitura

Os moradores da zona rural de Itapé, na região do Barro Branco, reclamam do descaso da prefeitura municipal. A população alega que a estrada que liga o município à localidade foi abandonada pelo gestão municipal.

A estrada possui notória relevância socioeconômica para a população local, sendo utilizada tanto para o escoamento da produção agrícola como pecuária, tendo ainda importância fundamental para o desenvolvimento educacional dos moradores que dependem do transporte escolar diário que transita obrigatoriamente por aquela via para condução dos estudantes às aulas na cidade de Itapé durante o ano letivo.

Conforme relatos de alguns pais de alunos, em dias chuvosos, devido às condições da estrada aliadas às climáticas, chegam a perder aula devido ao transporte não conseguir chegar ao destino.

Além dos transtornos já elencados, por alguns vilarejos da região ficarem distantes da cidade, os moradores se vêm impossibilitados de deslocarem em veículos de pequeno porte pois alguns pontos da estrada estão intrafegáveis, obrigando os moradores a se deslocar a pé por longas distância que chegam a 8 KM em alguns casos.

Acusado de matar garota a pauladas confessa o crime e é morto após sair da Delegacia

Fotos: Ednaldo Pinto.

O crime bárbaro que chocou a pequena população de Itapé, onde uma garota de apenas 14 anos havia sido morta a pauladas, estava sendo elucidado [confira aqui]. Um jovem chamado Pedro Paulo Cruz Batista, havia sido preso no final da tarde desta sexta-feira (14), na BR-415 e conduzido até a Delegacia de Itapé, onde confessou o crime.

Em riqueza detalhes, Pedro, afirmou que um grupo foi até às margens do rio cahoeira na cidade afim de usarem drogas e por motivos fúteis, acabou estrangulano a garota e deu pauladas nela até a morte.

Imagens Fortes!

Ao deixar a Delegacia, foi surpreendido a tiros e morreu no local. O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna removeu o corpo até as dependências do Instituto Médico Legal.

PM conduz três pessoas suspeitas de participarem da morte da garota em Itapé

Cerca de duas horas depois do assassinato contra Rebeca, de 14 anos, (confira aqui), a Polícia Militar local juntamente com uma unidade do 15º BPM de Itabuna, realizaram buscas nas ruas de Itapé, sob o comando do Cap. Mascarenhas para prender os suspeitos.

Bruno e Roque, acusados de terem participado do homicídio. Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Três pessoas foram presas, um menor que é morador do bairro da Paz em Salvador, e mais dois homens identificados como Bruno Barbosa Pereira, 24 anos, de Itapé, e Roque Fernandes Pessoa, 21 anos, morador do bairro Santo Antônio em Itabuna, todos três negaram ter participação na morte da garota.

Menor que foi apreendido, suspeito de ter matado a garota.
Menor que foi apreendido, suspeito de ter matado a garota.

Em entrevista, Bruno afirmou que haviam muitas pessoas no local, e geralmente o grupo toma banho no rio durante a noite.

Bruno.
Bruno.

Os dois jovens negam ter visto ou participado da morte da garota. A Polícia acredita que mais dois jovens identificados como Pedro Paulo e Caic, tenham participado do crime.

Crueldade: Garota de apenas 14 anos é morta a pauladas em Itapé

Itapé – Uma adolescente identificada pelo prenome de Rebeca, de 14 anos, foi morta após receber diversas pauladas na região da cabeça. O crime aconteceu na noite desta segunda-feira (10), e o corpo da garota foi encontrado em um matagal próximo à margem do Rio Cachoeira.

Segundo informações, a motivação do crime pode ter sido uma discussão entre 6 pessoas que estariam usando drogas no local, quando desentenderam-se e agrediram Rebeca com tanta violência que tirou a sua vida.

O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna realizou a remoção do corpo para o Instituto Médico Legal (IML).

Mulheres pegam carona com caminhoneiro que perde o controle e cai em ribanceira

O caminhão era baú e ficou bastante destruído. Fotos: Ednaldo Pinto.

Mais um acidente foi registrado na curva do boi (BR-415) em menos de duas semanas. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, o caminhoneiro, Ronaldo Alves dos Santos, de 37 anos, perdeu o controle sobre o veículo e desceu a famosa ribanceira da “curva do boi“, situada próximo ao município de Itapé. O episódio deixou três pessoas feridas, na manhã desta segunda-feira (10).

O motorista saiu de Vitória da Conquista com destino a Buerarema.

Ainda de acordo com informações prestadas pela PRF, além do motorista, Jandira Jesus Vieira, de 52 anos, e Darvisa Souza Oliveira, de 66, estavam na cabine do caminhão báu. Elas haviam pegado uma carona horas antes de acontecer o acidente.

Duas unidades do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), de Itabuna, prestaram atendimento às vitimas e fizeram o encaminhamento até o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM).

O último incidente foi registrado no dia 27 de Janeiro, quando o motorista ficou preso às ferragens e por pouco não morreu afogado. [relembre aqui]

Rinha de galo é fechada em Itapé

Nesta semana uma rinha de galos foi fechada por policiais civis e militares em Itapé. Na operação, cinco galos de brigas machucados foram apreendidos e José Márcio Almir Matos Mendes, de 26 anos, foi preso, acusado de maus tratos aos animais.

Foto: Ednaldo Pinto
Foto: Ednaldo Pinto

O acusado foi flagrado colocando os bichos para brigarem. Segundo ele, quando seu galo saía vencedor, recebia em média R$ 150,00 e em casos onde o animal morre, a aposta dobra de valor.

Enquanto a delegada Ana Paula Gomes colhia o depoimento do acusado, foi informada da existência de uma outra rinha em uma fazenda da cidade, que pertence a um homem identificado apenas como Dagmar. No local foram encontrados mais 24 galos.

Caminhão que carregava trator cai em rio ao passar por ponte

Foto: Ednaldo Pinto.
Foto: Ednaldo Pinto.

Um caminhão que carregava um trator caiu em uma ponte na manhã desta quarta-feira (22) em Itapé. De acordo com informações da polícia, o motorista do veículo perdeu o controle ao passar pela ponte conhecida como Rio Cachoeira.

Segundo o motorista do veículo, Márcio Santos Menezes, o caminhão derrapou e ele não conseguiu frear. Ninguém se feriu. Por causa do barulho, o acidente atraiu muitos curiosos.

Assaltantes roubam moto em Itapé

Na noite desta terça-feira (26) uma moto foi tomada de assalto em Itapé. Os suspeitos – um homem e uma menor de idade – estavam em uma outra moto, modelo Twister, quando abordaram um morador no momento em que ele chegava em casa.

Menor foi apreendida após assalto (Foto: Ednaldo Pinto)
Menor foi apreendida após assalto (Foto: Ednaldo Pinto)
Segundo a vítima Valdez Sampaio a garota desceu da garupa da Twister, apontou a arma, anunciou o assalto e foi embora pilotando a moto Fan dele, enquanto o comparsa fugia na outra motocicleta.
Comparsa da menor foi preso no mesmo dia (Foto: Ednaldo Pinto)
Comparsa da menor foi preso no mesmo dia (Foto: Ednaldo Pinto)
A vítima correu para casa e acionou a Polícia Militar, que encontrou os acusados ainda em Itapé. O rapaz abandonou a moto e fugiu entrando em um matagal e mais tarde foi localizado. A adolescente foi apreendida. Ela é moradora de Itabuna, no bairro Urbis IV.

Governo e empresa estão na Justiça por barragem em Itapé

A construtora Andrade Galvão foi à Justiça contra o Governo da Bahia exigindo uma revisão de valor de obras que faz para a gestão. O grupo é responsável por levantar a Barragem do Rio Colônia, no município sul-baiano de Itapé, mas pensa que o dinheiro gasto por lá é insuficiente e exige mais verbas.

O orçamento original das intervenções foi de R$ 18 milhões, mas depois de vencer a licitação e iniciar os trabalhos, a empresa alegou que o valor era pouco. Recentemente, praticamente paralisou as obras na barragem após tirar do trabalho todas as terceirizada envolvidas e deixar apenas suas próprias máquinas e funcionários.

Por ter pouca gente atuando, a barragem está com os trabalhos praticamente paralisados, com cerca de 300 trabalhadores a menos. Em Itabuna na manhã desta segunda-feira (23), o governador disse que negocia atualmente com a Andrade Galvão para tentar barrar a necessidade do processo.

Nós estamos tratando de fazer com ele [a empresa] um distrato amigável para que as coisas sejam mais rápidas, disse Jaques Wagner ao Pimenta. O governador disse ainda que o problema não impede que a obra seja abandonada, uma vez que R$ 9 milhões somente em desapropriações já foram gastos e não serão desperdiçados. Além disse, admitiu a revisão de contratos e também deixou aberta a possibilidade de haver nova licitação.

Obras da Barragem do Rio Colônia em Itapé estão parcialmente paradas

Canteiro de obras vazio / Imagem: Blog Políticos do Sul da Bahia
Canteiro de obras vazio / Imagem: Blog Políticos do Sul da Bahia

A construtora Andrade Galvão, responsável pela a obra da Barragem do Rio Colônia, em Itapé, já demitiu 70 funcionários, restando no momento apenas 30 para darem continuidade ao serviço. Porém, por falta de recursos do Governo do Estado, a obra está parcialmente paralisada e existe a possibilidade da interrupção total enquanto o Governo não realizar o repasse.

As empresas terceirizadas contratadas pela a Andrade Galvão já abandonaram a obra, alegando falta de recursos. Somente as máquinas da construtora estão no local, quantidade pequena para a demanda da obra. Para completar, o Governo do Estado também não pagou os fazendeiros, indenizações pelas terras desapropriadas para a construção da Barragem. Menos de 20% dos fazendeiros receberam as indenizações.

Informações: Políticos do Sul da Bahia

Manifestação promete paralisar obras de barragem do Rio Colônia

A Associação cobra a indenização das terras para os produtores que tiveram imóveis e benfeitorias desapropriadas pelo governo.

Na próxima quinta-feira (15) a Associação dos Usuários do Rio Colônia realizará uma paralisação para assegurar o abastecimento de água para Itabuna e Itapé. Mais de 30 fazendeiros com apoio de  trabalhadores rurais estão sendo mobilizados no município de Itapé para interditar com tratores e caminhões o acesso ao canteiro de obras da Construtora Queiroz Galvão, que executa obras da barragem de regularização do Rio Colônia.

Dos 3,6 mil hectares desapropriados pelo governo, apenas cerca de 13 produtores, com uma área inferior a 800 hectares, tiveram terras indenizadas. Os demais agricultores continuam na expectativa de liberação dos recursos por parte do governo.

Segundo o empresário rural Eustáquio Coelho Lima, “Quincas”, que teve 500 hectares desapropriados, o Estado oferece um pagamento médio de R$ 3,5 mil por unidade de área, o que não cobre os custos de aquisição de uma nova área com o mesmo tipo de adequação para a pecuária.

“Aqui, nós enfrentamos um problema em comum, porque ninguém até agora recebeu nenhum centavo de indenização e estamos sendo onerados por isso, porque parte da produção das nossas fazendas foi desmobilizada”, pontuou Quincas.

Um ponto em comum nas declarações de empresários rurais afetados pela barragem é a falta de diálogo com representantes do estado, que não respondem nem mesmo às correspondências enviadas com registro pelo Correio. “Vale salientar que nada temos contra o governo, nem contra a realização de uma obra importante para os itabunenses e para a nossa região, o que queremos é o respeito aos nossos direitos. Também não queremos ficar no prejuízo”, disse Rogério Macedo, pecuarista.

Uma outra preocupação são as obras, que mesmo iniciadas, não constam da relação dos projetos em execução pelo governo federal, que está repassando mais de R$ 70 milhões através do PAC. Outro temor é que também em função dos atrasos do pagamento, a construtora seja obrigada a paralisar o andamento do projeto executivo, o que aumentaria os prejuízos não só para os produtores, como também para a população itabunense, que enfrenta problemas de abastecimento todos os anos com a chegada do verão.

Fonte: Agora

Itapé: Protesto deixa prefeito da cidade irritado

Estudantes da rede municipal de ensino da cidade de Itapé bloquearam nesta sexta-feira (26), a entrada da cidade, no distrito do Entroncamento.

Após queimarem pneus a passagem de carros e pessoas foi bloqueada. A manifestação foi iniciada devido a falta de transporte escolar e as condições precárias dos ônibus que circulam para os estudantes do distrito e de algumas parte da zona rural. A liberação da pista só teve fim por volta das 9h30 da manhã quando o prefeito do município Pedro Jackson Brandão de Almeida o ‘Pedrão’ chegou ao local, por sinal muito nervoso e chateado com a manifestação dos alunos, que gritavam o gigante acordou!

Com isso, ficou firmado entre as partes que os ônibus em situação precária seriam retirados de circulação e que nesta segunda-feira (29) ônibus em boas condições iriam circular.

Informações/ Robério Menezes.