Itabuna recebe tomógrafo de última geração

Com o objetivo de instalar em Itabuna mais um serviço de diagnóstico, a Clínica de Assistência Médica e Imagem (Cami), localizada na rua Quintino Bocaiuva – Centro, inaugurou na noite desta sexta-feira (2), o terceiro Tomógrafo Computadorizado da cidade. O coquetel de apresentação contou com a presença do Dr. Ricardo Rosas, Dr. Matheus Rosas, João Rafael Carneiro, Rodrigo Gomes, e demais convidados da sociedade grapiunense.

Rodrigo Gomes, Dr. Matheus Rosas, Dr. Ricardo Rosas, e João Rafael Carneiro.
Rodrigo Gomes, Dr. Matheus Rosas, Dr. Ricardo Rosas, e João Rafael Carneiro.

O Dr. Matheus Rosas falou sobre a importância e expectativas em ter um aparelho como este em Itabuna. “A cidade estava carente deste aparelho. Acredito que irá ajudar a população, pois os médicos terão mais uma opção, ao invés de esperar a realização de exames pelo SUS, aguardando até três meses. Sendo assim, quanto mais rápido for, logo a medicina poderá atuar de maneira célere para detectar a doença e curar o paciente“, finalizou.

Dr. Ricardo Rosas ao lado da sua filha.
Dr. Ricardo Rosas ao lado da sua filha.

Com um investimento de aproximadamente R$ 1,1 milhão, feito com recursos próprios, o investidor Rodrigo Gomes, têm convicção que o novo serviço irá beneficiar os mais de 200 mil Itabunenses, já que o município conta com apenas dois aparelhos de tomografia, sendo que um deles está quebrado. O tomógrafo de última geração da Toshiba tem a capacidade de realizar inúmeros exames ao mês, e fornecerá imagens de alta definição, contribuindo para um diagnóstico preciso e eficiente.

Obras da passarela do Pedro Fontes I estão paralisadas

Clique na foto para amplia-la.

Após reivindicações de moradores do Condomínio Pedro Fontes I [relembre aqui], a Prefeitura de Itabuna iniciou a construção de uma passarela que dá acesso ao condomínio passando por um córrego. Porém, a obra não foi concluída e até o momento as pessoas que tentam passar pelas barras que foram colocadas acabam acidentando-se.

Parabenizamos a iniciativa da (SEDUR) Secretária de Desenvolvimento Urbano, e não gostaríamos de apresentar um posicionamento critico, no entanto, a questão é de saúde e segurança pública, pois existe um grande risco de alguém se machucar ou acabar morrendo afogado no córrego. A água é suja devido o grande número de esgotos que ali são despejados.

Estima-se que cerca de 50 mil reais foram gastos nesta ‘mini-obra’.

Após a inauguração, o condomínio foi esquecido pela BIO SANEAR – empresa responsável pela coleta de lixo na cidade. Lixos e esgoto a céu aberto cercam a entrada e causa revolta aos moradores.

Fotos: Ednaldo Pinto.

Governador Jaques Wagner garante R$ 41 milhões para cultura em 2014

Governador garante investimento na cultura para o ano (Foto: Divulgação)
Governador garante investimento na cultura para o ano (Foto: Divulgação)

O governador Jacques Wagner garantiu o orçamento de R$ 41 milhões previstos para o Fundo Estadual de Cultura da Bahia em 2014. O anúncio foi feito neste domingo (13) em Camaçari durante o primeiro dia da V Conferência Estadual de Cultura da Bahia, quando também disse que vai se reunir com representantes da classe artística para discutir o pagamento de projetos em aberto financiados pelo Fundo de Cultura da Bahia (FCBA).

Na ocasião, Wagner recebeu uma carta com reivindicações da classe artística, que reclama da redução da verba destinada à cultura para R$ 32 milhões. “Eu concordo que cultura é alimento, é saúde, é identidade de um povo e, portanto, a gente tem que promover e patrocinar mais a cultura. E, por isso, estou assumindo o compromisso de honrar a previsão inicial dos recursos para o Fundo de Cultura”, disse.

Governo e empresa estão na Justiça por barragem em Itapé

A construtora Andrade Galvão foi à Justiça contra o Governo da Bahia exigindo uma revisão de valor de obras que faz para a gestão. O grupo é responsável por levantar a Barragem do Rio Colônia, no município sul-baiano de Itapé, mas pensa que o dinheiro gasto por lá é insuficiente e exige mais verbas.

O orçamento original das intervenções foi de R$ 18 milhões, mas depois de vencer a licitação e iniciar os trabalhos, a empresa alegou que o valor era pouco. Recentemente, praticamente paralisou as obras na barragem após tirar do trabalho todas as terceirizada envolvidas e deixar apenas suas próprias máquinas e funcionários.

Por ter pouca gente atuando, a barragem está com os trabalhos praticamente paralisados, com cerca de 300 trabalhadores a menos. Em Itabuna na manhã desta segunda-feira (23), o governador disse que negocia atualmente com a Andrade Galvão para tentar barrar a necessidade do processo.

Nós estamos tratando de fazer com ele [a empresa] um distrato amigável para que as coisas sejam mais rápidas, disse Jaques Wagner ao Pimenta. O governador disse ainda que o problema não impede que a obra seja abandonada, uma vez que R$ 9 milhões somente em desapropriações já foram gastos e não serão desperdiçados. Além disse, admitiu a revisão de contratos e também deixou aberta a possibilidade de haver nova licitação.

Itabuna recebe autorização para aplicar R$ 1,5 milhão no PAA

Foto: Pedro Augusto
Foto: Pedro Augusto

A Prefeitura de Itabuna recebeu autorização do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) para aplicar R$1,5 milhão na agricultura familiar do município, através do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), a partir deste mês. A liberação da verba foi comemorada pelo secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Lanns Almeida Filho.

Segundo ele, a liberação só foi possível porque a Prefeitura atendeu as exigências que incluíram desde o envio de documentos e projetos, até o pagamento de uma dívida de mais de R$ 78 mil deixada pela a administração anterior. Segundo Lanns, o prefeito Claudevane Leite autorizou o pagamento da dívida desde o inicio do ano e pediu agilização no cumprimento de todas as etapas do processo exigidas pelo MDA para o credenciamento de Itabuna no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

“A prefeitura fez o seu papel e hoje o município comemora essa conquista que vai beneficiar não apenas os pequenos produtores que integram o programa, m as promove o acesso a alimentos da população em situação de insegurança alimentar, e gera inclusão social e econômica no campo, além da própria região que terá à disposição alimentos de qualidade, graças aos investimentos que a prefeitura está fazendo no setor”, afirma o prefeito Vane.

O secretário de Agricultura lembra que o Programa de Aquisição de Alimentos é uma ação do Governo Federal para colaborar com o enfrentamento da fome e da pobreza n o Brasil e, ao mesmo tempo, fortalecer a agricultura familiar. O programa executado em Itabuna atende dezenas de famílias carentes, representadas pelas associações de pequenos produtores rurais.

“Os agricultores familiares recebem além de orientação dos técnicos da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, os insumos agrícolas necessários para a produção”, informou o secretário.

Lanns explicou ainda que parte dos alimentos é adquirida pela prefeitura diretamente dos agricultores familiares e distribuída entre as entidades assistenciais cadastradas no município. O excedente é comercializado na tradicional Feira do Produtor toda sexta-feira próximo à Faculdade de Tecnologia e Ciência.

Os alimentos do PAA também servirão para abastecer os três novos restaurantes populares, um deles com reinaugurado no final deste mês e os demais até o final do ano conforme prevê o cronograma de obras da Secretaria de Desenvolvimento Urbano.

O secretário informou que a Secretaria da Agricultura também está concluindo o cadastramento de todos os pequenos produtores da agricultura familiar para garantir que nenhum deles fique fora das políticas públicas que estão sendo desenvolvidas pelo governo municipal. O processo conta com a participação da secretaria municipal da Assistência social e da Ceplac consideradas pelo secretário como importantes parcerias para a execução e sucesso dos programas agrícolas no município.