Vigilância Sanitária interdita posto de saúde no Santa Inês

Cozinha do posto totalmente irregular para uso (Imagem: Reprodução/Rede Bahia)
Cozinha do posto totalmente irregular para uso (Imagem: Reprodução/Rede Bahia)

Nesta quinta-feira (21) a Vigilância Sanitária de Itabuna interditou a unidade de saúde Corbiniano Freire no bairro Santa Inês. Os agentes que fiscalizaram o local encontraram infiltrações no teto da unidade, falta de água e banheiros sem condições de uso.

O risco de contaminação é grande devido a quantidade de insetos que caem do teto. O ar-condicionado da sala de vacinação está queimado. Além disso, na sala onde funciona a recepção, parte do forro está despencando e na unidade os dois extintores de incêndio que existem estão vencidos – um deles venceu em 2007.

Moradores da cidade cobraram melhorias na unidade e acionaram a Vigilância Sanitária, que foi ao local. A Secretaria Municipal de Saúde foi procurada, mas ninguém foi encontrado para comentar o caso.

Índios protestam e bloqueiam trecho da BR-101

Uma manifestação feita por indígenas bloqueia um trecho da BR-101, na manhã desta quarta-feira (2), segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF). A mobilização impede o tráfego de veículos nos dois sentidos. Cerca de 900 pessoas participam do ato.

De acordo com a polícia, a mobilização começou por volta das 6h, no km-794 da rodovia federal, próximo à cidade de Itamaraju. O posto da PRF local ressalta que a manifestação acontece de maneira pacífica e que os indígenas respeitam o trânsito de ambulâncias e equipes policiais que tentam uma negociação, com apoio da PM. Os manifestantes ocuparam as faixas da rodovia e colocaram pedaços de madeira, mas não atearam fogo em objetos.

A questão principal dos índios é lutar contra a PEC 205, que altera as regras para demarcações de terras indígenas. Pelo texto da proposta de emenda à Constituição, as demarcações deveriam ser aprovadas pelo Legislativo. Hoje, ficam a cargo exclusivamente do poder Executivo.

Foto: Carlos Figueredo.
Foto: Carlos Figueredo.

Na manifestação feita na BR-101, os índios pedem também melhores condições de saúde, segurança e educação. Eles fazem parte de seis comunidades indígenas do extremo sul da Bahia, pertencentes a etnias Pataxó e Tupinambá.

Manifestantes fecham rodovia Ilhéus-Itabuna

Sindicalistas interditam rodovia por uma hora (Foto Luiz Carlos Jr.) / Do Pimenta
Sindicalistas interditam rodovia por uma hora (Foto Luiz Carlos Jr.) / Do Pimenta

A rodovia Ilhéus-Itabuna (BR-415) foi interditada na manhã desta sexta-feira por sindicalistas ligados à Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB). Segundo eles, a interdição da rodovia é parte das atividades do dia nacional de paralisações (30 de agosto). Eles protestam contra projeto de lei da terceirização (PL 4330) e solicitam redução da jornada de trabalho para 40 horas semanais. A promessa é de que a pista seja liberada às 11 horas.

Os manifestantes estão no km 24, próximo ao Makro, onde fecharam as duas pistas e atearam fogo em pneus e madeiras.

Em Itabuna está programada para às 14 horas uma passeata com os movimentos populares da cidade na avenida do Cinquentenário. Dentre as bandeiras, a principal reivindicação é a redução da tarifa de ônibus no município sul-baiano.

Fonte: Pimenta

Buerarema: Moradores e fazendeiros interditam a BR-101

Créditos: Marcos Paulo

Conforme antecipado aqui pelo Blog do Tom os moradores e fazendeiros de Buerarema-BA e redondezas iriam realizar um manifesto nesta sexta-feira (16). Por volta das 09:00h o protesto foi iniciado na Praça Domingos Cabral – principal da cidade e logo deslocaram-se para BR-101 onde a mesma foi interditada.

As fotos deixam claro o pedido dos manifestantes, que ratificam-se nas necessidades efetivas para solução por parte do Governo Federal em relação as tribos indígenas que povoam toda área. O estopim para este feito deu-se na invasão de bandidos em fazendas da Serra do Padeiro – cerca de 20km de Buerarema, durante o ato os criminosos espancaram 3 pessoas, roubaram 3 mil reais, e destruíram cerca de 10 mil em mercadorias. Clique aqui e reveja.

Segundo informações da nossa reportagem, os manifestantes já atearam fogo em 5 veículos do estado, sendo que três deles são: S10, Gol e Ranger. Além disto, a EBAL – Empresa Baiana de Alimentos, foi invadida. (Confira nas fotos).

BR-101
BR-101

Momento da invasão a EBAL - Empresa Baina de Alimentos.
Momento da invasão a EBAL – Empresa Baina de Alimentos.

Prefeitura interdita casa noturna irregular que funcionava no São Caetano

Casa de Shows situada no terraço deste prédio. Kennedy – São Caetano.

Uma ação fiscalizadora realizada na manhã desta quinta-feira pela Secretaria de Indústria e Comércio de Itabuna resultou na interdição da casa noturna “Espaço Fest Eventos”, localizada na Avenida Manoel Chaves, no bairro São Caetano (em cima do Lula’s Bar). De acordo com o diretor da Divisão de Indústria e Comércio, Rosivaldo Pinheiro, o estabelecimento é reincidente e funcionava sem documentos necessários que garantissem o mínimo de segurança ao público freqüentador, a exemplo de alvarás de funcionamento e da Vigilância Sanitária e de inspeção emitido pelo Corpo de Bombeiros.

Outra infração apontada pelo diretor é que o prédio onde funciona a casa de show não possui saída de emergência, imprescindível em locais que abrigam um grande número de pessoas. Rosivaldo informou ainda que o proprietário do estabelecimento já havia sido notificado em setembro do ano passado, em função de denúncias de moradores na vizinhança do local.

Embora tenha sido fechada algum tempo, a casa voltou a funcionar sem a documentação, o que caracteriza a irregularidade. Foram os próprios moradores que entraram com uma queixa-crime na Delegacia de Polícia contra o abuso e logo depois comunicaram o fato à fiscalização municipal. A Prefeitura notificou e encaminhou o problema à Procuradoria Geral do Município que deu parecer favorável à interdição.

“A ação da Prefeitura não é punitiva, mas sim visa preservar e garantir a segurança tanto do público quanto do proprietário, para evitar que ele responda por crimes que poderiam ser evitados se houvesse bom senso” justificou o diretor Divisão de Indústria e Comércio, Rosivaldo Pinheiro.

O diretor disse ainda que a fiscalização estará atenta para coibir situações desse tipo, mas também pede a colaboração da comunidade, para que denuncie possíveis infratores. As denúncias podem ser feitas pelo telefone 3214-6331, de segunda a sexta-feira, das 9 da manhã às 13 horas.

Moradores param dois ônibus no Manoel Leão

Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Revoltados com a antiga situação do bairro, moradores do Manoel Leão em Itabuna, interditaram a rua principal na tarde desta sexta-feira (19).

Após muitas promessas políticas feitas em relação a melhoria da infraestrutura do bairro, a população local resolveu chamar atenção da Prefeitura colocando barricadas para veículos não transitarem na rua Manoel Leão (principal). Dois ônibus que fazem linha no bairro ficaram impossibilitados de passar e certamente passarão a noite no mesmo lugar.

Um representante da empresa de ônibus esteve no local para uma negociação, porém, nenhum acordo foi aceito. Uma equipe da SEDUR – Secretaria de Desenvolvimento Urbano, foi até o lugar e despejou cascalho para solucionar as reivindicações, no entanto, os moradores continuaram na bronca, afirmando que:

“Temos direitos, pagamos impostos! A prefeitura pode fazer muito mais do que só jogar cascalho, uma pavimentação decente, saneamento básico, posto de saúde de qualidade e outras obras, mas, nada é feito, e ficamos aqui com esses problemas que nos incomodam todo santo dia”, afirmou uma moradora.

Com toda essa situação, resta-se aguardar o posicionamento da SEDUR, pois a interdição continua e não tem dia nem hora para acabar.