Usuários itabunenses do SUS mostram insatisfação com a saúde

Nesta manhã de quinta-feira (10) um senhor chamado Carlos César de Oliveira Santos, morador de Pedro Jerônimo, veio ao Blog do Tom mostrar sua indignação com a saúde pública de Itabuna. Segundo ele a unidade de saúde do bairro São Pedro não está atendendo pacientes. “Depois do canal não atende, não tem médico”, diz Carlos. Ele se queixa que tem exames marcados há mais de dois meses e até agora não conseguiu ser atendido.

Pessoas de Itabuna e outras cidades dormem em filas para conseguir cota em marcação de exame (Foto: Divulgação)
Pessoas de Itabuna e outras cidades dormem em filas para conseguir cota em marcação de exame (Foto: Divulgação)

Uma outra acusação séria é de uma mulher que não quis se identificar. De acordo com ela, sua tia de 68 anos foi diagnosticada com um nódulo no seio. O problema é que, em pleno Outubro Rosa, mês de campanha em prevenção ao Câncer de Mama, a Santa Casa só disponibilizará os primeiros procedimentos para usuários do SUS no final de janeiro de 2014. O mesmo acontece para fazer uma ultrassonografia no estômago. Outros exames são difíceis e demorados para serem marcados. Segundo a denunciante, a tia dela tem evitado sair de casa, pois cada “não” ouvido nas unidades é um susto para ela

Carlos César fez questão de dizer: “Eu tô lembrado do dia em que Tom perguntou ao prefeito no antigo Alerta Total qual seria o primeiro projeto na gestão de Vane. O prefeito respondeu que o primeiro projeto seria na saúde e agora a saúde está pior!”.

A lista da insatisfação com os Secretários de Itabuna

Pelo menos seis secretários municipais estão na “Lista da Insatisfação” do prefeito Vane do Renascer (PRB), de Itabuna. Homem de temperamento sóbrio, Vane só mantém alguns devido à indicação de partidos políticos. Na Lista da Insatisfação, os campeões são os secretários José Carlos Trindade (Assistência Social) e José Humberto Martins (Indústria, Comércio e Turismo).

O prefeito esperava mais do secretário, indicado pelo deputado federal Bispo Marinho (PRB), mas Trindade não conseguiu unir a equipe e pouco faz para levantar o governo, além de desconhecer dos temas ligados à Pasta. E a área social é a de maior apelo para Vane.

A avaliação interna de membros do PRB e do governo é de que Marinho deveria buscar alguém da cidade para o cargo, que conhecesse as pessoas e a cidade. Ajudaria mais o projeto político do deputado e o governo. Trindade vive em Itabuna de segunda a sexta-feira. É cliente VIP da Águia Branca na ponte rodoviária Salvador-Itabuna-Salvador. O secretário, no entanto, conta com boa rede de apoios na Câmara para compensar a ineficiência.

Já o secretário da Indústria e Comércio, José Humberto Martins, é classificado como “só pose”. Avalia-se que Martins não conseguiu aproximar o empresariado do governo e transformou Itabuna num grande camelódromo.

Vane desejaria que Jabes Ribeiro, prefeito de Ilhéus, responsável pela indicação do advogado pela cota do PP, permita a Vane a escolha de um nome em maior sintonia com o empresariado e conhecedor de políticas de desenvolvimento econômico. A chiadeira do empresariado é geral. Apenas a operação de limpeza visual da cidade foi um ponto a favor.

Leia mais…