Um detento é encontrado morto e outro espancado no Presídio de Itabuna

André Nascimento Pereira, encontrado morto no presídio. (Foto: Arquivo)
André Nascimento Pereira, encontrado morto no presídio. (Foto: Arquivo)

O interno do Conjunto Penal de Itabuna, André Nascimento Pereira, morador do bairro Fonseca, foi encontrado morto na tarde de segunda-feira (27) no pavilhão 1 do Conjunto Penal de Itabuna. Na mesma ação Alexander Moreira Rocha, o Alex, 44 anos, morador da Rua Macário dos Reis, bairro Santo Antônio, foi espancado e se encontra internado no Hospital de Base.

André que já teria cumprido pena por homicídio e no dia 13 de outubro de 2014 foi preso por furto, estava com sinais de espancamento. O Departamento de Polícia Técnica – DPT se deslocou até o presídio e realizou a remoção do cadáver, após a perícia será divulgado as causas da morte.

Alexander Moreira Rocha espancado no Conjunto Penal de Itabuna. (Foto: Arquivo).
Alexander Moreira Rocha espancado no Conjunto Penal de Itabuna. (Foto: Arquivo).

O Alex foi preso no dia 16 de Abril, após ser flagrado com R$ 152, trinta e duas pedras de crack e cinco celulares.  O mesmo já ficou famoso na cidade ao se destacar em rede nacional no Programa do Ratinho, no quadro DNA, onde descobriu que é pai dos três filhos da própria irmã. De acordo com informações, Alexander foi espancando por outros detentos e sofreu afundamento no crânio devido à violência.

Itabuna registra dois homicídios neste final de semana

IMG_8667

Final de semana violento em Itabuna, após uma semana sem registrar homicídios. A primeira vítima foi um jovem de prenome Saymon, executado a tiros na Travessa Carolina, no bairro Pedro Jerônimo, na noite de domingo (12). Já na madrugada desta segunda (13) uma mulher ainda não identificada foi morta a tiros, em frente a estação da Coelba, no final de linha do bairro São Caetano.

Na ação do bairro Pedro Jerônimo, um homem de prenome Fabio, conhecido como Huck Magrelo, também foi baleado. O SAMU prestou os primeiros socorros e encaminhou a vítima para o Pronto Socorro do Hospital de Base. Ainda não há informações sobre a motivação e autoria do crime.

De acordo com informações, a mulher assassinada no final de linha do bairro São Caetano, estava fugindo dos atiradores do Morro dos Macacos (bairro Fonseca), quando foi alcançado na Rua Senhor do Bonfim.

Imagens Fortes!

Itabunense é assassinado no Centro de Eunápolis

 

Eunápolis – No final da tarde de segunda-feira (06), uma perseguição policial envolvendo as policiais Civil e Militar, terminou na morte de um homem identificado por Maílson Souza Lira, mais conhecido como “Kico”, 28 anos, natural da cidade de Itabuna.

De acordo com os policiais, através de um mandado de prisão, iniciou uma diligencia a procura de Maílson que segundo informações, estaria em um apartamento na Avenida Conselheiro Luiz Viana no Centro da cidade.

Na ação quando Maílson avistou a polícia, iniciou uma fuga adentrando no apartamento vestindo outra roupa, no intuído de despistar os policiais e adentrou em um veículo na mesma avenida, minutos depois o acusado apareceu assassinado na Rua Floriano Peixoto, no Centro de Eunápolis. A polícia suspeita de quem deu fuga ao marginal assassinou o mesmo.

Maílson já tinha passagem pela polícia, por tráfico de drogas no ano de 2009 na cidade de Porto Seguro, também já tinha sofrido uma tentativa de homicídio no ano de 2003, na cidade de Itabuna.

Maílson foi atingido por vários tiros e morreu no local. O corpo foi removido e conduzido para o IML local.

Corpo em estado de decomposição é encontrado no bairro Nova Itabuna

Na manhã desta quarta-feira (18) um cadáver em estado de decomposição foi encontrado por populares, no bairro Nova Itabuna, próximo a uma madeireira.

A Polícia militar foi acionada para preservar a cena do crime, posteriormente o Departamento de Polícia Técnica se deslocou para local para realizar a remoção do corpo.

Após a realização da perícia, foram encontrados na pochete do homem, documentos como identidade, título de eleitor e crachá, no nome de Claudinei Santos Ramos, de 27 anos, natural de Ilhéus. Na bolsa, também havia uma passagem que indica que ele viajou de Valença para Itabuna no dia 4 de março.

 

“Tiquinho” e parceiro morrem em confronto com a polícia

unnamed (33)

Rodrigo Paiva Santos, o “Tiquinho”, de 23 anos, morador do bairro Santo Inês e Paulinho, membros da facção Raio A, morreram em confronto com polícias civil e militar na noite de quarta-feira (25) na cidade de Ilhéus a 32 km de Itabuna.

unnamed (30)

“Tiquinho” vinha sendo procurado desde 20 de abril de 2014 quando fugiu do Conjunto Penal de Itabuna, onde os internos do presídio cavaram um túnel utilizando pás de ventiladores e uma espécie de gambiarra com fio e diversas lâmpadas. Na fuga cerca de 30 detentos fugiram do presídio através do túnel.

Em 6 de fevereiro, sete pessoas suspeitas de envolvimento do bando de “Tiquinho” foram presos em uma operação das polícias civil, militar e rodoviária federal no bairro Nova Ferradas. Na ação, foram apreendidas 22 munições, 60 pinos de cocaína, 10 tabletes de maconha, 37 buchas de maconhas, papelotes contendo mais drogas, uma moto com restrição de roubo, uma quantia de R$ 395,00 em dinheiro, uma pistola, uma espingarda e uma revólver calibre 38. E dois bandidos morreram em confronto com a polícia. Já o “Tiquinho” que estava escondido no bairro, conseguiu fugir do cerco da polícia.

Entre os crimes que ele é acusado,  está o homicídio de Renilda Lima da Hora, mais conhecida como Reni do Acarajé, 40 anos, que morreu após ser baleada no bairro Antique em junho de 2014. Veja vídeo onde presos confessam quem cometeu o homicídio.

O segundo criminoso, identificado como Paulinho, também era considerado um bandido de alta periculosidade, acusado de diversos crimes. Aparece em fotos em redes sociais com uma grande quantidade de droga. 

unnamed (29)

Com a dupla, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e uma pistola. A suspeita é de que a pistola seja a mesma que Tiquinho usava em fotos postadas nas redes sociais.

unnamed (31)

Jovem baleado no bairro São Lourenço morre no Hospital

10259972_1534086380178713_8976671569570817430_n

Jonatas Nascimento Cruz, 22 anos, foi baleado com cerca de seis tiros, dois deles acertaram a cabeça da vítima, na Rua São Pedro, bairro São Lourenço, próximo ao Posto de Saúde.

A vítima foi socorrida é encaminhada para o Pronto Socorro do Hospital de Base na noite de domingo (1°), porém ele não resistiu aos ferimentos e veio a óbito, registrando assim o primeiro homicídio de Fevereiro em Itabuna.

Final de semana violento em Itabuna, registrando 4 homicídio

A violência continua crescendo em Itabuna, cidade do Sul da Bahia. O número de homicídio na cidade já está em 8 apenas neste mês de janeiro. Só no sábado (17) foram registrados na cidade, quatro mortes e várias tentativas de homicídio.

Ismaile Santos de Jesus, 30 anos, executado na tarde de sábado, no bairro Antique, foi a quarta vítima do dia. De acordo com informações a vítima é ex-presidiário, viciado em drogas e já teria sofrido outras tentativas de homicídio.

Gilmarcos da Silva Araújo, de 21 anos, foi a terceira vítima do sábado, executado em um matagal de difícil acesso, próximo ao bairro Jardim Grapiúna, local conhecido como Favela do Bode. Isso aconteceu menos de 12 horas depois do duplo assassinato, que teve como palco um bar no bairro Nova Ferradas.

As vítimas assassinados em Ferradas, foram Sérgio Alves dos Santos, de 35 anos, morador da Roça do Povo, e José Lacerda Bonfim, de 40, seriam usuários de drogas. Eles estavam bebendo na madrugada de sábado, quando foram surpreendidos pelos atiradores. Quatro vítimas, quatro crimes, quatro corpos e uma única certeza: o final de mais um enredo escrito pelo “dedo” do tráfico.

Homem é assassinado com requintes de crueldade em Itabuna

Foto: Xilindró Notícias.
Foto: Xilindró Notícias.

A violência em Itabuna, cidade do Sul da Bahia, vem se alastrado a cada ano que se passa, em 2014 foram registrados 154 assassinatos e em apenas doze dias do ano de 2015 a cidade registra o 3º homicídio. A vítima desta vez foi o motociclista Nerisvaldo Souza, 29 anos, assassinado com requinte de crueldade na estrada de Mutuns, distrito de Itabuna, na manhã desta segunda feira (12). Após o crime o corpo da vítima e a moto foram queimados.

De acordo informações colhidas no local, Nerisvaldo saiu para trabalhar e foi surpreendido na estrada por homem ainda não identificado, que provavelmente incendiou a vítima vivo com a própria gasolina da motocicleta.

A Polícia Militar já se encontra no local, aguarda o Departamento de Polícia Técnica de Itabuna, para realizar a remoção do corpo.

Itabuna registra o primeiro homicídio de 2015

unnamed (32)
Foto: Via WathsApp.

Em Itabuna, cidade do Sul da Bahia, foi registrada o primeiro homicídio do ano de 2015. A vítima Wellington Silva Santos, o “bola”, 18 anos, morador do “Beco da Baiuca”, na Rua Floresta, bairro São Caetano foi executado a tiros na madrugada desta sexta-feira (09).

De acordo com informações de populares, Wellington foi perseguido por desconhecidos, mas acabou sendo alcançado e morto na Feira livre do bairro.

O SAMU 192 esteve no local mais a vítima já se encontrava em óbito. O Departamento de Polícia Técnica de Itabuna chegou ao local e realizou a remoção do corpo.

Tentativa de homicídio contra irmão da vítima

Após alguns minutos que Wellington teria sido assassinado, o seu irmão Washington Moura da Silva, 22 anos, sofreu uma tentativa de homicídio na Travessa Floresta, próximo da residência onde mora. Segundo informações, dois elementos que já foram identificados pegaram o rapaz e desferiram diversos golpes de facão.

De acordo com a polícia, o homicídio foi interferido, após um policial de folga presenciar a cena e perseguir os elementos, que conseguiu fugir.

Washington foi socorrido e encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital de Base.

Final de semana violento no bairro Nova Califórnia, homem é executado a tiros

Ednaldo Pinto Fotos
Ednaldo Pinto Fotos

Itabuna, cidade do Sul da Bahia registrou neste domingo (23) o 7° homicídio do mês de novembro e o 126° de 2014, mancando assim a violência que se alastra em todo o Brasil. Desta vez a vítima foi Juliano Silva Santos, 25 anos, o “Tapú”, ex-presidiário, acusado de diversos delitos na cidade. O crime ocorreu na Rua principal do bairro Nova Califórnia.

De acordo com informações de moradores, a vítima estava bebendo cerveja com amigos, no momento que foi executado por bandidos desconhecidos. Ainda de acordo com moradores, os amigos da vítima saíram dando tiros no bairro e falando que iria se vingar da morte do “Tapú”.

A Polícia Militar chegou ao local e tranquilizou a população. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) também esteve na localidade, porém o jovem já estava sem os sinais vitais. O Departamento de Policia Técnica de Itabuna removeu o corpo para realizar necropsia e depois ser liberado para sepultamento.

Sobrinho que assassinou a tia continua foragido

Ednaldo Pinto Fotos
Acusado do homicídio (Ednaldo Pinto Fotos)

Itabuna – Na madrugada de domingo (23) Elizailde de Jesus Sousa, 32 anos, mãe de três filhos, que morava no Condomínio Pedro Fontes II, foi assassinada a golpe de faca por seu próprio sobrinho, identificado como Thiago Sousa Vieira, o “Dêda”, de 25 anos, morador do Jorge Amado, que se encontra foragido. O crime aconteceu na Rua São Geraldo, no bairro Novo Lomanto. 

Thiago é ex- presidiário que foi liberado do Conjunto Penal de Itabuna na ultima quinta-feira (20). De acordo com informações colhidas no local, o acusado chegou à residência da família querendo dinheiro para alimentar o vício das drogas, porém Elizailde e sua mãe Elizete Santos de Jesus, 52 anos, tentou expulsar o “Dêda”, que transtornado golpeou a faca a tia que não resistiu aos ferimentos e foi a óbito e a sua avó que foi encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital de Base.

IMG_5690
Avó do acusado que também foi esfaqueada.

Dona Elizete já foi liberada do Hospital. A Polícia de Itabuna esteve no local, e continua procurando o acusado. Com esse crime Itabuna registra o 6° homicídio na cidade apenas neste mês de Novembro e o 125º de 2014.

Acusados de homicídio são presos em Itabuna

Fotos Ednaldo Pinto
Fotos Ednaldo Pinto

Na tarde de terça-feira (7) a Polícia Civil de Itabuna agiu rápido, após o assassinato de Alexandre Souza de Oliveira, 20 anos, nas casinhas do bairro Mangabinha. Dois jovens identificados como Alex e Rafael Zumbi, foram presos como os principais suspeitos de cometerem o homicídio. Relembre o caso.

unnamed (1)
Identidade encontra na residência

Na residência de um terceiro suspeito, que fugiu com a chegada da polícia, foram aprendidos uma grande quantidade de maconha, um revólver calibre 32, a bicicleta da vítima, faca e uma identidade com o nome de Railaniel Cardoso dos Santos.

unnamed (3) unnamed (2)

Segundo informações policias, o crime teria ocorrido após os bandidos confundirem o Alexandre como um suposto rival.

Final de semana sangrento: Itabuna registra o terceiro homicídio

O final de semana em Itabuna iniciou-se de forma violenta e terminou com mais um crime contra vida. No início da noite deste domingo (10), um homem conhecido como “índio do pantanal”, foi assassinado a tiros. O delito aconteceu no Parque Boa Vista.

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

De acordo com testemunhas que presenciaram o ocorrido, índio estava de bicicleta, quando foi surpreendido por um homem que atirou diversas vezes contra ele. Alvejado por todo corpo, a vítima caiu ao chão onde foi a óbito segundos depois.

A Polícia Militar foi solicitada e isolou o local do crime até a chegada dos peritos do Departamento de Polícia Técnica. A motivação para o crime, segundo a polícia, pode ter sido o envolvimento do “índio” com o Gilmar cara de lata morto na noite de sábado (9).

“Delegado” é executado a tiros no São Caetano

Itabuna – Um jovem identificado como Leandro Marques, de 20 anos, conhecido como “Delegado“, foi morto a tiros no final da tarde deste sábado (9). O homicídio ocorreu na rua Juarez Távora, situada no bairro São Caetano.

Fotos: Ednaldo Pinto.

Segundo testemunhas oculares, Delegado caminhava pela rua Corbiniano Freire, quando foi surpreendido a tiros deflagrados por dois homens que estavam em uma moto. Ainda de acordo com as informações, mesmo alvejado conseguiu correr até um pequeno supermercado localizado na rua Juarez Távora, entretanto, foi rendido e sem esboçar reação foi executado a sangue frio com tiros de misericórdia. Cerca de sete disparos foram ouvidos.

Curiosos aglomeraram-se até a chegada da Polícia Militar que preservou a cena do crime para que os agentes do Departamento de Polícia Técnica (DPT), realizasse o levantamento cadavérico.

A última prisão aconteceu em 27 de março deste ano.
A última prisão aconteceu em 27 de março deste ano.

Leandro já conta com passagens pela polícia, sob acusação de tráfico de drogas. Na última prisão ele chegou a gravar um rap que ganhou popularidade nas redes sociais. [relembre aqui]