“Sou do raio A”, sem mais conversa homem é executado dentro de carro

Itabuna – No início da madrugada desta segunda-feira (26), Tiago Reis dos Santos, de 23 anos, foi executado a tiros, na praça do bairro Pontalzinho.

De acordo com informações policiais, Thiago estava sentado no banco do motorista de um automóvel Fiat – Palio, (JFU-8743), que estava estacionado próximo à praça. Quando foi surpreendido por um homem que fez duas perguntas e posteriormente disparou cerca de cinco tiros, sendo que apenas dois o atingiram.

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Segundo testemunhas que presenciaram o crime, o atirador estava a pé e se aproximou do veículo onde a vítima estava. Logo, o suspeito perguntou onde Thiago morava. Após ele informar que residia no bairro Fonseca, e que pertencia ao Raio A, o criminoso sacou uma arma, e deflagrou vários tiros, sem dar chances de defesa à vítima.

Alvejado, Thiago não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no local. O Centro Integrado de Comunicação da Polícia (CICOM), foi informado do que havia ocorrido. De imediato, o Delegado Marlus Mâcedo esteve no local para levantar maiores informações. Viaturas da Polícia Militar e Civil também estiveram presentes.

Imagens Fortes!

O Departamento de Polícia Técnica (DPT), foi acionado e realizou a remoção do corpo até as dependências do Complexo Policial.

Polícia Militar e Civil fazem operação em busca de criminosos

Imagem ilustrativa (Foto: Ednaldo Pinto)
Imagem ilustrativa (Foto: Ednaldo Pinto)

Na manhã desta quarta-feira (8) a Polícia Militar e Civil de Itabuna cercaram os bairros Fonseca, Pedro Jerônimo e Gegéu Rocha em uma operação para prender tres criminosos conhecidos como “Tacinho”, “Zói Grande” e “Lukinha”.

A delegada Katiana Amorim afirma que os procurados são parte do grupo do traficante “Bardo”, morto em uma troca de tiros no dia 13 de dezembro [relembre aqui].

Homem é morto com mais de 13 tiros no bairro Fonseca

Ed foi morto com mais de 13 tiros (Foto: Ednaldo Pinto)
Ed foi morto com mais de 13 tiros (Foto: Ednaldo Pinto)

Na madrugada de sábado (4) para domingo (5) Ed Carlos Gomes Batista, de 31 anos, conhecido como “Chacal”, foi morto a tiros no bairro Fonseca, em Itabuna. A vítima era moradora do bairro São Caetano e foi atingido por mais de 13 disparos de arma de fogo.

Chacal tinha passagens pela polícia e, segundo informações, seria irmão de criação de um sargento.

O rapaz foi morto nas proximidades de onde o jovem Esmeraldo foi morto em confronto com a polícia.

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

Homem morto no Gegéu sofreu tentativa de homicídio há 16 dias

Exatos 14 dias após sofrer uma grave tentativa de homicídio na rua José Bonifácio, localizada no bairro São Caetano [relembre aqui], Antônio Marcos dos Santos, de 30 anos, foi assassinado a tiros quando caminhava no bairro Fonseca [relembre aqui novamente], por volta das 11h:00min deste domingo (10).

Primeiro episódio - foto exclusiva do local.
Primeiro episódio, feira livre do São Caetano – Foto exclusiva do local. 26/10/13.

Informações que chegam a redação do Tom relatam que Antônio era envolvido com o tráfico de drogas, e após o primeiro atentado foi convidado para visitar a Igreja Universal do Reino de Deus, situada na Av. Princesa Isabel do bairro São Caetano. Aceitando o convite ele participou de um culto ministrado na manhã de domingo (10) , e após deixar o templo evangélico foi executado a tiros. Ainda segundo o relato, ele não entregou a sua vida a Jesus (conforme a tradição do Cristianismo) no momento em que lhe foi oportuno.

Segundo episódio - Loteamento Gegéu Rocha. (10/11/13)
Segundo episódio – Loteamento Gegéu Rocha. (10/11/13)

Após domingo violento PC prende dupla armada no Fonseca

Itabuna – Durante uma diligência feita por policiais civis na tarde desta segunda-feira (11) no bairro Fonseca, os agentes abordaram Danilo Xavier dos Santos, de 25 anos, e Carlos Júnior Bispo, de 20. Ao serem revistados foi encontrado um revólver calibre 38 com a numeração raspada.

Ambos foram conduzidos até o Complexo Policial da cidade, onde foi lavrado um auto de prisão em flagrante por porte ilegal de arma, crime expressamente previsto no art. 14 da Lei. nº 10.826/03. Em depoimento, Danilo confessou que o revólver era seu, portanto, ele será encaminhado para o Conjunto Penal, e após ser processado poderá ficar preso de 2 a 4 anos, além de pagar uma multa, se for condenado.

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Moradores do bairro Fonseca pedem reivindicações

Nesta manhã de quarta-feira (16) os moradores do bairro Fonseca em Itabuna fizeram uma manifestação e prendeu dois ônibus no bairro. Os manifestantes reivindicam uma melhoria na infraestrutura do lugar, pois está um abandono total de acordo com eles. Ruas estão sem asfalto e os moradores acabam ficando constantemente doentes por causa da poeira. Além disso, as ruas estão cheias de buracos e com esgotos a céu aberto. O manifesto aconteceu na rua Eduardo Fonseca, onde há um esgoto estourado há 3 anos.

Homem é executado a tiros dentro de um bar em Itabuna

Márcio Menezes Macedo, de 31 anos, foi morto com cerca de 15 tiros na rua Eduardo Fonseca, localizada no bairro Fonseca, por volta das 21:45h desde sábado (28). Segundo informações, Márcio estava bebendo quando dois homens chegaram de moto e começaram à atirar, ele ainda chegou correr para dentro do estabelecimento, mas os criminosos o cercaram e o executaram.

A vítima morava no bairro vizinho (Loteamento Gegéu) – Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

O SAMU esteve no local, porém, encontrou a vítima já sem vida. Policias Militares fizeram o isolamento da cena do crime onde foi encontrado capsulas de munições desferidas por uma pistola 380. A motivação do crime pode está ligado com o tráfico de drogas.

Imagens Fortes!

A galeria dessa matéria foi escondida por conter cenas muito fortes.Você pode ver as fotos clicando no botão abaixo somente dentro do post.

 

Peritos do DPT realizaram o levantamento cadavérico e encaminharam o corpo até as dependências do Complexo Policial da cidade.

Jovem é assassinado no sofá de casa

Foto: Ednaldo Pinto
Foto: Ednaldo Pinto

Cleiton Júnior Matos Costa, de 19 anos, foi morto por volta das 18:00h da noite desta segunda-feira (19), na rua Antônio Fonseca, nas proximidades da escadaria do Bairro Fonseca, em Itabuna.

De acordo com informações de pessoas que presenciaram o crime, dois homem chegaram de moto, o garupa desceu e foi até a casa onde o Cleiton estava, sem conversa, efetuou quatro disparos sendo que três atingiram a sua cabeça.
O SAMU foi solicitado e chegou até a casa, no entanto, o jovem não resistiu e morreu. Logo, o DPT – Departamento de Polícia Técnica esteve no local para remoção do corpo.

Em oito meses, 84 homicídios foram registrados em Itabuna.

 

 

Aguarde a galeria de fotos em instantes.

Presidente da Associação do Gegéu é executado a tiros

Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Aconteceu mais um homicídio em Itabuna na noite desta segunda-feira (1º) por volta das 18h:30min, Evandro Silva dos Santos, apelidado como Bô, 38 anos, foi baleado com dois tiros no loteamente Gegéu Rocha, bairro Fonseca.

Informações de populares dão conta que o Evandro estava em seu bar no Gegéu, quando dois homens chegaram de moto, o garupa desceu e aproximou-se da vítima que estava com um amigo, e percebendo o que iria acontecer este amigo disse: “Me mata, mas não mata ele” e o assassino respondeu: “Não quero você, quero ele!” e assim o fez deflagrando dois tiros que atingiram tórax e braço de “Bô”, o criminoso subiu na garupa da moto e rapidamente saiu do local. Logo após, amigos que não pensaram duas vezes colocaram a vítima em um carro particular e o levaram até o Hospital de Base, onde não resistiu e veio a falecer por volta das 21:00hrs desta noite.

O “Bô” era presidente da associação de moradores do bairro e era considerado por muitos como uma pessoa de bem e trabalhadora, não tinha envolvimento com tráfico de drogas. Acredita-se que a motivação do crime foi uma recente discussão ocorrida na última sexta-feira em seu bar, local do crime.