Acidente de moto deixa quatro feridos; filho do prefeito estava envolvido

Hospital de Base de Itabuna (Foto: Ednaldo Pinto)
Hospital de Base de Itabuna (Foto: Ednaldo Pinto)

Na noite de sábado (4) quatro pessoas ficaram feridas em um acidente envolvendo três motos na Av. Princesa Isabel, logo em frente à Prefeitura de Itabuna. As motos seguiam São Caetano sentido Centro.

De acordo com o mototaxista Adailton, uma vítimas, Bruno Leite – filho do prefeito Claudevane Leite – tentou entrar na travessia de pedestres, o que é proibido, na tentativa de dar uma “roubadinha”, quando os outros dois motociclistas não conseguiram frear e ocasionaram a colisão.

Bruno levava uma mulher na garupa, que ele não soube dizer o nome, já Adailton levava uma cliente. Na terceira moto seguia um homem identificado pelo apelido “Mineiro” que estava levando um amigo para a rodoviária.

A Settran esteve no local para controlar a situação, quatro ambulâncias do SAMU foram acionadas e as vítimas foram encaminhadas para o Hospital de Base sem risco de vida.

Informações: Radar Notícias

Pai nega sequestro e diz que está com filho em São Paulo

Pai é suspeito de ter sequestrado o filho (Imagem: Divulgação)
Pai é suspeito de ter sequestrado o filho (Imagem: Divulgação)

O advogado José Naécio de Matos negou nesta quinta-feira (26) que tenha sequestrado o filho Guilherme, de 5 anos. Naécio diz que tem a guarda da criança e que foi sozinho até Riachão do Jacuípe para pegar o menino. Ele nega a versão dada pela família da mãe [relembre aqui].

“Eu arrumei um carro, que é meu, comprei uma Saveiro preta, com vidro fumê, coloquei óculos escuros, boné e fiquei lá embaixo de uma árvore fingindo que estava vendo uma revista. Quando o Juarez (tio) saiu com o Guilherme, eu encostei. O Guilherme percebeu, falou “papai, papai” e correu. O Juarez tentou segurar um pouco, mas eu disse que se ele não soltasse iria preso por sequestro”, conta.

Segundo Naécio, mandados para reaver a criança nunca eram cumpridos porque oficiais de Justiça alegavam não encontrar o menino. Por isso, ele diz que foi pessoalmente várias vezes à cidade tentando fotografar o filho e provar que estava vivendo ali. Ao encontrar Guilherme com o tio, resolveu levá-lo. “Não tem lógica, mesmo que eu não tivesse guarda, deixar meu filho com uma terceira pessoa”, diz. “Ela (a mãe do garoto) simplesmente não devolveu o Guilherme. Estava vivendo em São Paulo, abandonou o emprego, a pós-graduação, largou tudo e levou a criança”, diz Naécio.

O advogado diz que o filho vive com ele em São Paulo desde 2012 e está na capital paulista neste momento. Ele acusa a advogada Patrícia Almeida, 31, de por várias vezes ter deixado a criança com ele quando não queria criá-lo, de raptar o menino uma vez em 2011, em Salvador, e diz que pretende processá-la pelas acusações que vem fazendo contra ele. “Eu não vou deixar correr à revelia (a investigação policial). Quero esclarecer tudo. Eu vou meter outros processos nela, eu quero que ela prove o que está dizendo. E comunicar coisas falsas (à polícia) é crime”, acrescenta.

Já a advogada Patrícia Almeida rebate o ex-marido e reafirma a denúncia de que três homens armados retiraram o filho Guilherme de dentro de casa. Ela prestou depoimento na delegacia na manhã desta quinta-feira (26).

“Ele diz que tem mandado para pegar a criança, mas é mentira. A gente estava brigando pela guarda do Guilherme, ele entrou com processo na Justiça de São Paulo quando já existia um processo correndo aqui. A Justiça não sabendo que eu já tinha a guarda aqui concedeu, mas eu recorri e eles acabaram remetendo o processo todo para cá. É tudo mentira dele”, garante a advogada. “Ele é louco”.

Informações: Correio24h

Pai é suspeito de sequestrar menino de cinco anos na véspera de Natal

Pai é suspeito de ter sequestrado o filho (Imagem: Divulgação)
Pai é suspeito de ter sequestrado o filho (Imagem: Divulgação)

Em Riachão do Jacuípe, 186 km de Salvador, um menino de 5 anos foi sequestrado em casa na véspera de Natal (24). Três homens armados invadiram o local e levaram o garoto Guilherme, que ainda não foi localizado. O principal suspeito de ordenar a ação é o próprio pai do menino, que é separado da mãe e mora em Salvador.

O caso foi por volta das 17h da terça-feira (24) quando os homens chegaram em um carro vermelho e se aproximaram da casa perguntando por Patrícia Almeida, 31 anos, mãe de Guilherme, e logo depois pela criança. O menino estava brincando no jardim em frente à casa e um dos homens o pegou. O primo de Patrícia ainda tentou puxar a criança e nesse momento foi colocado sob a mira de uma arma. Os homens levaram o menino até o carro e fugiram. Um tio de Patrícia ainda tentou seguir o veículo, sem sucesso. “Foi tudo muito rápido”, lembra a mãe.

Ela disse que começou a desconfiar do envolvimento do ex-marido porque alguns vizinhos contaram que o viram rondando pela rua e pelo fato dos dois brigarem na Justiça pela guarda da criança. Em outras ocasiões, o pai já chegou a demorar para devolver Guilherme à mãe.  Segundo ela, um dos homens que levou o filho falou que estava levando a criança para ver o pai.

Até o momento, a família não recebeu nenhum contato sobre o garoto.

Informações: Correio24h

Projeto autoriza mães a registrarem sozinhas o filho

O projeto de lei da Câmara dos Deputados (PLC 16/2013) que dá garantia para que mães e pais possam ter o mesmo direito para registrar o nascimento de um filho foi aprovado nesta quarta-feira (16) por unanimidade pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. Se não houver apresentação de recurso para análise no plenário da Casa, a proposta segue direto para sanção presidencial.
O projeto autoria que mães possam registrar o filho independentemente dos pais (Foto: Divulgação)
O projeto autoria que mães possam registrar o filho independentemente dos pais (Foto: Divulgação)
Atualmente, é o pai que tem prioridade na hora de fazer o registro da criança. Na falta dele, a mãe é a segunda opção. O projeto, porém, prevê que a mãe poderá declarar sozinha quem é o pai, independentemente de comprovação por teste de DNA. “Obviamente que qualquer contestação à declaração, que seja feita pelo pai ou pela mãe, com toda certeza será objeto de avaliação judicial”, explicou o relator da proposta na CCJ, senador Humberto Costa (PT-PE). Ainda segundo o parlamentar, a proposta “procura promover a cidadania do recém-nascido e eliminar a discriminação contra a figura da mulher, da mãe, especificamente”.

Pai é morto a facadas após filho de 10 anos ser acusado de abuso sexual

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Um homem foi morto na manhã desta quinta-feira (3) a facadas no bairro de Fazenda Grande do Retiro, em Salvador. Segundo a Central de Polícia (Centel), o autor do crime acusou o filho da vítima, que tem 10 anos, de abusar sexualmente do seu filho.

O caso aconteceu por volta de 11h30, na travessa dos Libertadores. O acusado pelo crime, Orlando Sacramento Figueiredo, ainda não foi encontrado pela polícia.

Fábio Santos Souza, 31 anos, morreu no local do crime, após ser atingido por facadas na cabeça, nas costas e na mão. A Centel não tem informações sobre a idade do filho de Orlando, que teria sido abusado sexualmente pelo menino de 10 anos.

Salvador: Mãe envenena filho e em seguida se suicida

Polícia Técnica remove os dois corpos da residência / Imagem: Reprodução TV Record Bahia

Na madrugada desta sexta-feira (20) dois corpos foram encontrados dentro de uma casa no bairro do Uruguai, em Salvador. A mulher Marli de Almeida Lima, 33 anos, e seu filho Pedro Henrique de Jesus Lima, de 9 anos, portador de necessidades especiais, estão passando por perícia. Uma vizinha teria encontrado os dois corpos e acionou o SAMU para prestação de socorro.  Leia mais…

Filho espanca própria mãe e vizinho idoso

Fotógrafo: Ednaldo Pinto
Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Nesta quarta-feira (7) a senhora Elza Malheiro, de 54 anos, foi espancada pelo próprio filho, Jackson Malheiro, 25 anos, em Jussari. Segundo Elza, seu filho é portador de deficiência mental e começou a usar drogas.

Ela explica que o filho chegou em casa agredindo com chutes e socos e estava a  procura da sobrinha recém-nascida. Elza foi ameaçada de morte caso não ele achasse a criança, então ela acabou mentindo para o filho, dizendo que o neném estava em um dos cômodos, quando aproveitou para fugir do local. Na rua, Jackson agrediu o vizinho Aurelino Ribeiro da Rocha, 70 anos, que estava sentado em uma calçada. Aurelino levou uma pedrada na cabeça. Jackson foi internado.

Com informações do Radar Notícias.

Mãe entrega filho como garantia de pagamento para traficantes

Em Itabuna uma mulher, supostamente usuária de drogas, entregou o próprio filho de cerca de 1 ano e meio a um traficante como garantia de pagamento de uma dívida referente a 50 pedras de crack. O caso foi descoberto depois que outra mulher, possivelmente a encarregada pelos traficantes para cuidar da criança, abandonou o garoto perto do terminal rodoviário da cidade nesta segunda-feira (8) para entregar o caso.

A Polícia Militar entregou a criança ao Conselho Tutelar, que trajava apenas uma camiseta e aparentava estar um pouco febril, mas sem sinais de violência. O garoto foi levado de lá para o abrigo SOS Canto da Criança de Itabuna. De acordo com a Justiça, se nenhum responsável legal pela criança comparecer ao Conselho, o juiz de Itabuna poderá decidir se entrega o menino para adoção.

Nesta terça-feira (9), uma mulher se apresentou como sendo a mãe da criança, sem portar nenhum documento que comprovasse. Ela alegou ainda que saiu para trabalhar e deixou o filho com uma pessoa conhecida, e quando retornou, a criança havia desaparecido. A polícia investiga o caso.

Homem é preso após agredir filho com golpes de faca

Nesta sexta-feira (14) um homem foi preso após ferir o filho adolescente com uma faca. Valdemir Souza da Silva, 38 anos, morador do bairro do Zizo, foi preso ferido, pois o filho, de 17 anos, reagiu e o agrediu dando uma paulada na cabeça. Segundo informações da polícia, as agressões aconteceram depois de uma briga entre pai, que estaria embriagado, e o filho. Com uma faca de cozinha, Valdemir partiu para cima do adolescente, mas não o atingiu em cheio. O rapaz teve ferimentos leves no abdômen. Valdemir foi socorrido para o Hospital de Base e de lá foi levado para a delegacia, onde ficou preso. O adolescente passa bem.