Homem suspeito de estuprar filhas de 8, 12 e 14 anos é preso em Iguaí

cats

Um homem foi preso no município Iguaí, localizado a 120 quilômetros de Itabuna, sob a suspeita de ter estuprado as filhas de 8, 12 e 14 anos. O homem foi detido pela polícia na tarde de terça-feira (3).

O suspeito permanece preso na unidade aguardando decisão da Justiça sobre possível transferência para uma das unidades penais do Estado.

Segundo informações, as vítimas ainda serão ouvidas na unidade. Entretanto, não há data prevista para os depoimentos.

“Cabeludo” é encontrado morto após estupro e morte de mulher

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Camacan – No final da manhã desta sexta-feira (23), moradores encontraram o corpo de um homem no matagal do município. De acordo com informações prestadas, populares passavam pelo local quando perceberam que havia alguém caído entre os matos. Ao se aproximarem percebem que era um homem que estava sem vida.

Ainda segundo informações, a PM foi solicitada e esteve no local para confirmação da morte. Em seguida, o Departamento de Polícia Técnica (DPT), de Itabuna, foi acionado e esteve no município no início da tarde para realizar a remoção do corpo.

"Cabeludo" havia sido preso em 5 de maio deste ano.
“Cabeludo” havia sido preso em 5 de maio deste ano.

Informações ainda dão conta que, quando os peritos chegaram no local foi constatado que se tratava de um andarilho da cidade conhecido como “cabeludo”, e que o mesmo estava sendo acusado de estuprar e matar um mulher na cidade. (relembre o caso clicando aqui) – [foto abaixo]

A Polícia acredita que a morte do “cabeludo” foi uma retaliação dos crimes cometidos contra a mulher, muito certamente praticados por ele. As causas da morte do transeunte ainda serão analisadas no Instituto Médico Legal (IML), de Itabuna, já que o corpo não apresentava nenhuma perfuração, nem marcas de estrangulamento. O que leva a hipótese de um envenenamento.

Pai estupra e mata filha de 12 anos e afirma não saber a motivação

A Polícia Civil de Porto Seguro busca uma motivação lógica que possa explicar o crime que deixou a população da cidade indignada na última sexta-feira (24). Um homem estuprou e depois matou por estrangulamento a filha de 12 anos e tentou matar um outro filho.

Márcio diz que não sabe o que o levou a estuprar e matar a filha de 12 anos e tentar assassinar o de três (Foto: Radar64)
Márcio diz que não sabe o que o levou a estuprar e matar a filha de 12 anos e tentar assassinar o de três (Foto: Radar64)

Na tarde de quinta-feira (23), poucas horas antes do homicídio, o ajudante de pedreiro Márcio Souza dos Santos, 36 anos, foi conduzido juntamente com a filha Micaela, de 12 anos, para prestar esclarecimento na delegacia de Porto Seguro, pois a mãe da criança o denunciou de ter levado a filha à força de Itagimirim.

De acordo com o delegado Élvio Brandão, coordenador da 23ª Coorpin, “a criança de 12 anos disse que estava ali por vontade própria, com seu pai, e questionamos se ela queria voltar. Ela disse que sim, mas não naquele momento”O delegado disse ainda que o pai tirou a criança da mãe, já que esta estaria se relacionando com homens em um quarto apenas com cortina e que a filha presenciava tudo. Então, que crime existe em o pai levar a criança pra sua casa, já que a guarda não é determinada? Nenhum, aos olhos da policia e da justiça. Diante dos fatos, levamos o pai e a filha novamente a casa dele, no Mirante”, acrescentou.

Depois de assassinar a jovem Micaela, no bairro Mirante, Márcio foi até a casa do filho de outro relacionamento, no município vizinho de Santa Cruz Cabrália e também tentou matá-lo. Na BR-367, orla norte, o assassino se jogou em frente de um ônibus com a criança de três anos. O motorista do veículo conseguiu desviar a tempo de evitar uma nova tragédia, mas Márcio teve várias escoriações e acabou preso pela Polícia Militar.

A delegada Viviane Amaral, da Delegacia da Mulher, declarou que Márcio foi autuado em flagrante por três crimes: Homicídio qualificado, tentativa de homicídio e estupro de vulnerável.

Micaela tinha 12 anos
Micaela tinha 12 anos

O assassino não soube explicar o motivo da brutalidade. Eu não tive motivação nenhuma. Coisa de momento. Nunca usei drogas. Não estava com ciúmes da mãe dela. Estávamos separados há muitos anos. A matei asfixiada por volta das 2h da madrugada. Mantive relação sexual com ela à noite na casa da minha irmã. Não tinha premeditado nada. Aconteceu na hora”, falou Márcio.

Informações do Radar64

Homem chega no Complexo após ser atingido por uma pedra na cabeça

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

Itabuna – No início da noite deste sábado (7), um homem ainda não identificado recebeu uma pedrada na cabeça, na invasão habitacional do bairro Jaçanã. Ferido ele pediu socorro no Complexo Policial, onde militares acionaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência [SAMU], que esteve presente para atende-lo.

Minutos depois uma mulher informou que ele teria estuprado sua neta, e por esse motivo, a sua filha teria agredido ele. No entanto, até a saída da nossa equipe nenhuma queixa havia sido formalizada no plantão de polícia.

Garoto de 12 anos estupra irmã depois de assistir a filme pornô na escola

O mundo está às avessas..

Um menino de 12 anos de idade de Newport, Reino Unido, tentou reencenar um filme adulto que assistiu na escola estuprando sua irmã mais nova. Ele viu alguns vídeos junto de um colega, antes de ir para casa realizar o ato.

Os pais souberem do caso após a menina de 10 anos confidenciar a um parente que o irmão a havia tocado. O menino foi interrogado por outro membro da família e admitiu os impulsos que, segundo ele, não podia controlar. Ele ainda contou que sabia que o que estava fazendo era errado.

O menino vai passar por um programa de reabilitação de jovens num prazo de um a três anos. Ele continuará vivendo na casa da família. A escola está sendo investigada por permissão de acesso a conteúdo adulto em seu interior.

Menino de 9 anos é estuprado por três adolescentes em Curaçá

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)
Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

Uma criança de 9 anos foi estuprada por três adolescentes na cidade de Curaçá, que fica a 587 quilômetros de Salvador. Segundo informações do delegado Reginaldo César, a violência sexual aconteceu no dia 28 de outubro, mas só foi divulgado após a conclusão do inquérito.

O menino tomava banho no rio da cidade quando foi abordado por um adolescente de 13 anos e obrigado a ir para uma região de matagal. No local estavam outros dois adolescentes, um de 12 e outro de 13. Segundo Reginaldo, o menino foi estuprado pelos três garotos e ameaçado de morte em seguida.

Quatro dias depois de sofrer a violência, o menino contou para a mãe que estava sentindo muitas dores e foi levado a um hospital. Lá, após examinar o menino, o médico desconfiou do abuso e solicitou exame de delito, que confirmou a violência.

Internado, o garoto contou a polícia que estava sendo ameaçado de morte e que, por isso, não havia revelado antes para a família. Por conta do quadro infeccioso da lesão causada pelo abuso, o menino precisou ser transferido para um hospital na cidade de Petrolina (PE). Segundo o delegado, o estado de saúde dele é estável.

Ainda segundo a polícia, um dos envolvidos no crime já tem passagem por crimes contra o patrimônio. Os familiares do menino e dos adolescentes foram ouvidos e o inquérito foi encaminhado ao Ministério Público.

Fonte: Correio

Motorista é preso em Feira de Santana acusado de abuso sexual

Na manhã deste sábado (9) a Polícia Militar de Feira de Santana prendeu um homem de 41 anos suspeito de abusar sexualmente de uma adolescente de 15 anos. De acordo com a polícia, o crime aconteceu no caminho de casa para a escola, onde a adolescente teria aula neste sábado.

Suspeito nega acusações (Foto: Imagens/TV Bahia)
Suspeito nega acusações (Foto: Imagens/TV Bahia)

As primeiras investigações apontam que o suspeito fazia transporte irregular. Em depoimento à polícia, a jovem disse que no percursso, o suspeito reduziu a velocidade do veículo e tentou acariciá-la. Segunda polícia, a jovem foi ouvida e liberada.

O suspeito negou as acusações e disse que a adolescente está sendo induzida a mentir. Ele chegou a dizer que fez um elogio a garota, mas ela achou que ele estava a paquerando.

Segundo a delegada Lícia Alves, que cuida do caso, o suspeito será encaminhado para o Complexo Penitenciário. “Houve uma acusação de uma menor de idade de que ele teria praticado atos libidinosos contra a mesma. Segundo a nova legislação com relação a crimes sexuais, configura estupro. O procedimento vai ser encaminhado para a delegacia especializada e o inquérito vai seguir normalmente. A pena para estupro é de seis a dez anos de reclusão”, disse a delegada.

Informações: G1

Homem é acusado de violentar menino de 1 ano, filho da namorada

Na noite desta terça-feira (22) Paulo Cezar Matos dos Santos, 24 anos, foi conduzido ao Complexo Policial de Itabuna após ser acusado de violentar uma criança de 1 ano e 2 meses. A vítima é o filho da namorada do acusado.

Paulo Cezar está sendo investigado (Foto: Ednaldo Pinto)
Paulo Cezar está sendo investigado (Foto: Ednaldo Pinto)

O menino foi levado ao Centro Médico Pediátrico de Itabuna (CEMEPI) e após um breve exame foi encaminhada ao Departamento de Polícia Técnica para realizar exame de corpo de delito. Segundo a mãe da criança, ela teria deixado o filho com Paulo Cezar na segunda-feira (21) e saiu para trabalhar. No dia seguinte ela foi banhar a criança que notou que o ânus estava vermelho e inchado. A mãe afirma ainda que não tem o costume de deixar o filho com o namorado.

Professora é violentada e morta quando voltava para casa em Salvador

Edileia foi morta com golpes de faca (Foto: Divulgação)
Edileia foi morta com golpes de faca (Foto: Divulgação)

Em Simões Filho, região metropolitana de Salvador, uma mulher de 31 anos foi violentada e assassinada na tarde de quinta-feira (17). Edileia de Jesus dos Santos trabalhava como professora e foi atacada quando voltava da escola em que lecionava.

A polícia informou ainda que a mulher foi morta com golpes de faca no tórax, pescoço e braço. Ela chegou a ser encaminhada para um hospital da região mas não resistiu aos ferimentos. O homem que estuprou e assassinou a professora está foragido e ainda não foi identificado, mas ainda conforme informações preliminares da polícia, ele seria alguém que a vítima conhecia.

Em protesto contra o crime, moradores de Simões Filho fecharam a avenida Paulo Soto, via que dá acesso à rodovia BA-099, no início da manhã desta sexta-feira (18). Eles queimam pneus e seguram cartazes que demonstram indignação com o assassinato da professora.

Ainda conforme a PM, a manifestação é pacífica e está sendo acompanhada pela polícia e pelo Corpo de Bombeiros da região. O crime será investigado pela 22ª Delegacia Territorial (DT/Simões Filho), mas até o momento o autor do crime ainda não foi localizado pela polícia.

Homem desiste de estupro e dá R$ 4 para vítima ir embora

Uma menina de 11 anos foi sequestrada e sofreu tentativa de estupro na manhã desta quarta-feira (16) no Distrito Federal, em Brasília. Ela foi liberada pelo agressor após ter se assustado com os gritos ela. Em depoimento à polícia, a garota relatou que pediu para não ser estuprada porque era uma criança. Em seguida, o homem a liberou e entregou R$ 4 para ela pegar o ônibus e voltar pra casa.

Menina ainda recebeu R$ 4 do agressor para voltar pra casa (Foto: R7)
Menina ainda recebeu R$ 4 do agressor para voltar pra casa (Foto: R7)

A menina foi raptada quando estava indo para a escola em Ceilândia (DF) na companhia da mãe. Segundo a mulher, um carro parou e o motorista puxou a menina para dentro do veículo. A mãe ficou desesperada e pediu socorro.

A vítima foi encontrada por policiais do Batalhão de Polícia Militar Ambiental às margens da rodovia DF-180. Ela relatou a polícia que o homem pegou um preservativo, mas não chegou a usá-lo. Ele teria passado a mão nas partes íntimas da menina e depois a liberou na estrada.

O caso está sendo registrado na 19ª Delegacia de Polícia. A Polícia Militar está em patrulhamento à procura do acusado.

Fonte: R7

Caso de mulher supostamente estuprada por jogadores do Vitória é arquivado

Foi encerrado o caso de uma mulher de 44 anos que acusa quatro jogadores do Vitória de estupro. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil do Paraná o inquérito já está concluído. A delegada responsável pelo caso, Márcia Marcondes, concederá uma entrevista coletiva às 10h30 desta quinta-feira (10) para esclarecer quais foram as informações apuradas durante a investigação e se houve de fato o crime.

Mulher acusou quatro jogadores do Vitória (Foto: Reprodução)
Mulher acusou quatro jogadores do Vitória (Foto: Reprodução)

O caso

No último dia 30 de setembro uma mulher de 44 anos acusou quatro jogadores do Vitória de estupro – três deles são o meio de campo Felipe, o zagueiro Renato Santos e o goleiro Gustavo. O suposto crimeteria ocorrido em um dos quartos do hotel onde a delegação do Vitória estava hospedada, no centro de Curitiba. O relato da mulher é que ela e uma amiga, suposta namorada de um dos jogadores, havia conhecido o grupo em uma festa. Na chegada ao hotel, a amiga teria seguido para um dos quartos, com um dos jogadores. Os outros quatro teriam, segundo o depoimento da mulher, seguido com ela para outro cômodo.

Jogadores do Vitória acusados de estupro têm nomes revelados

Na tarde desta segunda-feira (30) uma fonte do Esporte Clube Vitória vazou os nomes de três dos quatro supostos envolvidos em uma denúncia de estupro feita por uma mulher de 44 anos [relembre]. Os jogadores são o meio de campo Felipe, o zagueiro Renato Santos – recentemente contratado junto ao Flamengo –  e do goleiro Gustavo, várias vezes convocado para a Seleção Brasileira de Base.

O suposto estupro teria ocorrido em um dos quartos do hotel onde a delegação do Vitória estava hospedada, no centro de Curitiba. O relato da mulher é que ela e uma amiga, suposta namorada de um dos jogadores, havia conhecido o grupo em uma festa. Na chegada ao hotel, a amiga teria seguido para um dos quartos, com um dos jogadores. Os outros quatro teriam, segundo o depoimento da mulher, seguido com ela para outro cômodo.

A direção do hotel envolvido na confusão confirma que o local é frequentado por prostitutas e não controlam esse acesso “a pedido dos hóspedes”, e afirmou ainda que as duas, a mulher supostamente estuprada e a “amiga” pagaram 300 reais por uma pernoite no local.

A delegada que investiga o caso declarou que “a acusada não tem certeza de que houve ou não estupro”. Um exame de corpo de delito deve comprovar se houve ou não o crime.

O gestor de futebol do Vitória, Raimundo Queiroz, chegou a declarar que a mulher “quer mídia”. O quarto nome da lista de jogadores acusados não foi divulgado. A assessoria oficial do clube não se pronunciou sobre o assunto.

Vídeo mostra mulher que acusa jogadores do Vitória de estupro

A mulher que acusa quatro jogadores do Vitória de estupro foi encaminhada para fazer exame de corpo de delito em Curitiba depois de prestar depoimento. Uma equipe de reportagem de um programa policial em uma emissora de televisão tentou conversar com a suposta vítima.

Situação teria ocorrido apor triunfo do time contra o Atlético Paranaense.

Professor de reforço escolar é suspeito de abusar aluna de 8 anos

Professor teria estuprado a menina durante aula de reforço escolar / Imagem ilustrativa
Professor teria estuprado a menina durante aula de reforço escolar / Imagem ilustrativa

Um professor de reforço escolar foi preso nesta quinta-feira (26) suspeito de estuprar uma aluna de apenas 8 anos em Pau Brasil, segundo a delegacia local. Mailson da Silva Santos, 19 anos, negou as acusações em depoimento mas foi indiciado pelo crime.

De acordo com a polícia, o fato aconteceu na quarta-feira (25). O professor aluga uma casa com uma colega para dar o reforço escolar a um grupo de crianças. Quando a professora saiu com alguns alunos, ele ficou sozinho com três crianças – duas delas saíram para beber água e ao se ver sozinho com a menina, Mailson teria cometido o abuso sexual.

A mãe da menina estranhou o comportamento da filha e acabou questionando a criança e descobrindo o que aconteceu. Ela denunciou o caso ao Conselho Tutelar, que levou a situação à polícia. A criança fez exames no Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna.

Mailson negou que tenha estuprado a criança. Ele segue preso na delegacia da cidade.

Fonte: Correio

Audiência do caso New Hit é retomada nesta terça-feira

A audiência do caso New Hit será retomada desta terça (17) até quinta-feira (19), no Fórum de Ruy Barbosa, cidade a 300 Km de Salvador. O julgamento dos nove músicos teve início no dia 3 de setembro, mas foi suspenso porque os advogados alegaram insegurança. Eles são suspeitos de estuprar duas adolescentes durante uma apresentação do grupo na cidade.

Na primeira audiência realizada, os exames de DNA apresentados pela Promotoria indicaram presença de sêmen de 6 dos 10 integrantes da banda de pagode New Hit nas roupas das vítimas. “Segundo o DPT [Departamento de Polícia Técnica], foi confirmado o DNA de seis deles nas vestes delas. São peças diversas. Isso prova que foi mais de uma pessoa, corrobora com as versões das vítimas para o caso, de que elas foram violentadas por vários”, diz a promotora Marisa Jansen. Segundo ela, o fato do sêmen de seis dos suspeitos terem sido encontrados nas peças de roupas não exclui a participação dos outros quatro na ação contra as adolescentes.