Sisutec abre nesta segunda inscrição para vagas em cursos técnicos

Sisutec-2013-Cursos-técnicos-gratuitos-01

O Ministério da Educação inicia, nesta segunda-feira (17), as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). A segunda edição do Sisutece oferecerá 291.338 vagas em cursos de ensino técnico para estudantes brasileiros. As inscrições iniciarão nesta segunda-feira (17) e terminam às 23h59 do dia 21 de março. Os estudantes devem ser inscrever pelo sithttp://sisutec.mec.gov.br.

A divulgação da primeira chamada ocorre no dia 25 de março, e da segunda no dia 1º de abril. O período previsto para matrícula dos convocados na primeira chamada é de 26 a 28 de março, e da segunda entre 2 e 4 de abril.

O sistema reúne vagas para cursos de ensino técnico tanto na rede pública quanto na privada. No caso da rede particular, se contemplado, o aluno terá bolsa de estudo. A seleção é feita a partir do desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013. Para concorrer, o aluno não pode ter tirado zero na redação.

Nana Fest em Ilhéus pode ser cancelado por determinação da Justiça

A insistência dos produtores do Nana Fest em Ilhéus pode resultar no cancelamento do show que está programado para este sábado (28) com Aviões do Forro e Chiclete.

O caso é: a produção do evento disponibilizou poucos ingressos para serem vendidos no sistema de meia entrada estudantil. A lei, no entanto, não estipula número mínimo de bilhetes para essa modalidade. A estratégia dos organizadores fez com que os ingressos acabassem logo, o que motivou um grupo de estudantes a procurar a justiça.

Numa primeira liminar, o juiz Cléber Roriz determinou o retorno das vendas da meia, mas foi ignorado pelos organizadores do evento mesmo sob pena de multa diária de dez mil reais.

Na tarde desta sexta (27), o magistrado deu nova sentença a favor dos estudantes. Dessa vez, elevou o valor da multa para 50 mil e, em caso de novo descumprimento, o show poderá sequer acontecer.

Os estudantes aguardam a reabertura das vendas para esta noite e durante o sábado. Caso contrário, a despedida de Bel Marques do Chiclete nem vai rolar.

Informações: Ilhéus24h

Corpo de estudante baiano desaparecido é encontrado no Rio de Janeiro

Henrique estava desaparecido há 18 dias (Foto: Reprodução)
Henrique estava desaparecido há 18 dias (Foto: Reprodução)

Nesta terça-feira (3) o Corpo de Bombeiros do 4º Grupamento Marítimo de Itaipu, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, encontrou o corpo do baiano Henrique Amaral Roza, de 23 anos, estudante de cinema da Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), em Cachoeira.

Henrique desapareceu no dia 15 de novembro durante um mergulho na praia de Itacoatiara. Ele estava em Niterói para receber um prêmio conquistado pelo seu filme “Curta casa” [relembre aqui].

O estudante Henrique também iria apresentar o filme na 7ª Semana Universitária de Audiovisual da Universidade Federal Fluminense (UFF). De acordo com o jornal O Globo, o corpo dele foi encontrado na praia de Ponta Negra, em Maricá, onde os bombeiros também localizaram nesta manhã o corpo de um adolescente desaparecido na praia de Piratininga.

Briga em escola resulta com um estudante morto e outro ferido

Na noite de terça-feira (12) um adolescente morreu e um jovem ficou ferido dentro de uma escola estadual em Macarani, a 620 quilômetros de Salvador. De acordo com a polícia, o suspeito Wallas Silva Fernandes Lima, 20 anos, é aluno da Escola Normal São Pedro.

Colégio onde aconteceu o crime (Foto: Divulgação)
Colégio onde aconteceu o crime (Foto: Divulgação)

Há cerca de dez dias, Wallas teria brigado com um adolescente de 15 anos, amigo das vítimas. Na noite desta terça, o garoto agredido foi à escola junto com outros dois amigos – Honorio Sá Ribeiro, 15, e Max Willian Alves Batista Santos, 19 – e um homem ainda não identificado para tirar satisfações com Wallas.

O grupo aproveitou-se de uma feira cultural aberta ao público, para entrar na escola. Quando percebeu a movimentação, Wallas pegou uma faca e, em seguida, golpeou os dois amigos, matando Honório e deixando Max Willian ferido na perna. O suspeito fugiu logo depois.

Segundo a Polícia Civil, Wallas apresentou-se, espontaneamente, nesta quarta-feira (13) na delegacia territorial da cidade, acompanhado de familiares.

Professores, alunos e familiares dos envolvidos no episódio já foram ouvidos pelo delegado Irineu Andrade, titular da DT/Macarani e coordenador em exercício na 21ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Itaptinga), que conduz às investigações.

Sem passagens pela polícia, Wallas foi ouvido e, antes de ser liberado, indiciado por homicídio e tentativa de homicídio. A polícia apura se a faca utilizada nos crimes foi levada para o colégio por um dos agressores ou por ele.

Se ficar provado que o grupo portava a arma, Max e o outro adolescente podem responder por ameaça e tentativa de homicídio.

Fonte: Correio

Exclusivo: Motoqueiro atropela estudante na porta de colégio em Itabuna

Fotos: Ednaldo Pinto – O fotógrafo que não perde uma.

Uma mulher de prenome Ednéia, de 27 anos, foi atropelada em frente ao Colégio Sesquicentenário/CISO que fica localizado na rua Francisco Ferreira da Silva, bairro de Fátima. Segundo testemunhas, a jovem foi atingida por um homem que estava em alta velocidade fazendo manobras perigosas em uma moto. Ao chocar-se com a estudante ambos caíram, no entanto, o motoqueiro sem conversa levantou, pegou a motocicleta e fugiu sem prestar socorro.

Ednéia estava sentindo fortes dores, por isso, aguardou a chegada de uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência [SAMU] durante aproximadamente 1 hora. Em contato com a Central de Atendimento, foi informado que somente uma ambulância estaria funcionando, e que a mesma estava deixando uma pessoa no Hospital de Base da Cidade.

Após a chegada do SAMU no local do acidente, os paramédicos realizaram os primeiros procedimentos e encaminharam-na até o Pronto Socorro do HBLEM [Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães].

NOTA

Caro leitor(a), imagine se acontecesse um episódio maior, necessitando de várias ambulâncias. O que seria feito? Será que o município se responsabilizaria por negligência médica?

Recentemente, quatro ambulâncias foram compradas pelo município. Elas geralmente ficam paradas no pátio da Prefeitura. Será que elas só serão utilizadas em grandes acidentes? Será que elas não poderiam ser utilizadas também nos episódios de menores proporções, como este? Perguntar não ofende!

Estudante da UESC perde pendrive com monografias

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

A redação do Blog do Tom recebeu a ligação de uma estudante que encontrou um pedrive contendo monografias. De acordo com ela, os arquivos mostram que o pendrive é de um aluno da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) chamado Marcelo e cursa Direito. O objeto foi encontrado no Shopping Jequitibá. Quem tiver informações sobre o dono pode ligar para Brenda, que achou o pendrive: (73) 8811-8160, ou para o Blog: (73) 3215-3324.

Brenda entende que monografias são muito importantes para os estudantes e crê que a falta desses arquivos podem prejudicar o aluno.

Calouro da UESC entra em coma alcoólico após trote

Um jovem de 18 anos entrou em coma alcoólico após ser obrigado a ingerir uma grande quantidade de cachaça durante trote na Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). O estudante é calouro no curso de Engenharia de Produção.

Segundo o site Bahia online, a vítima precisou ser  levada para um hospital de Ilhéus, onde recebeu atendimento e depois foi liberada.

O jovem revelou que na última sexta-feira (9) teria sido cercado por outros jovens veteranos da universidade e obrigado a ingerir a cachaça, popularmente conhecida como “corote”. O estudante que, segundo parente, nunca havia bebido, não resistiu e desmaiou.

A mãe da vítima irá oficializar uma queixa junto à reitoria da universidade.

Estudantes de medicina terão que trabalhar por 2 anos no SUS para obter diploma

Os estudantes de medicina que começarem o curso em 2015 terão que trabalhar por dois anos no Sistema Único de Saúde (SUS) como requisito necessário para ter o diploma. A medida valerá para todas as escolas de medicina públicas e privadas do país, mas ainda vai demorar a ter resultados.

Os estudantes vão começar esse segundo ciclo da formação apenas em 2021, quando tiverem passado pelos seis anos do primeiro ciclo de formação. A norma faz parte da medida provisória (MP) editada nesta segunda-feira (8) pela presidente Dilma Rousseff com ações voltadas para a saúde pública. Entre elas estão as regras para o programa “Mais Médicos”. O programa prevê o preenchimento das vagas na atenção básica à saúde nas regiões onde há carência desses profissionais.

Será dada prioridade aos médicos com registro no Brasil, que deverão começar suas atividades em 2 de setembro. As vagas que sobrarem vão primeiramente para os brasileiros formado no exterior e, por fim, para os médicos estrangeiros. Estes devem começar a trabalhar em 18 de setembro. O número de vagas ainda não foi fechado e vai depender da demanda.

Atualmente, o curso de medicina prevê quatro anos de formação teórica e dois de estágio obrigatório em regime de internato, totalizando seis anos. A partir de 2015, os alunos de medicina continuarão a fazer um curso de seis anos, mas depois disso passarão um ano no serviço de atenção básica do SUS, e depois mais um ano nos serviços de urgência e emergência, como por exemplo o Samu. O Conselho Nacional de Educação (CNE) terá um período 180 dias para regulamentar esse segundo ciclo do curso.

EXCLUSIVO: Entrevista com líder do manifesto itabunense

O estudante de Ciências Sociais, Davidson Luis Santos, de 20 anos, concedeu uma entrevista exclusiva ao Blog do Tom.

No dia 7 de junho aconteceu o primeiro manifesto em Itabuna, feito pelo Grêmio Estudantil do Colégio Modelo, protestando contra o aumento da passagem de ônibus em Itabuna. Após esse ato, a Assembleia Nacional dos Estudantes Livres (Anel) tomou a frente do movimento e apoiou o grupo de estudantes, onde no dia 14 do mesmo mês realizaram um novo manifesto, recebendo apoio de diversas entidades da região e chegaram a reunir cerca de 300 pessoas em uma passeata pela avenida Cinquentenário.

Na tarde desta quarta-feira (19) os líderes dos manifestos se reuniram na Câmara de Vereadores de Itabuna para discutirem sobre a situação do transporte público. Nesta plenária, as entidades ligadas ao movimento estudantil tiveram a oportunidade de expor todas as reivindicações.

Embora o prefeito Claudevane tenha anunciado ontem que não irá aumentar o preço da tarifa por enquanto, as manifestação não irão parar.

 “A manifestação vai muito além disso. A gente quer a redução da tarifa do preço de ônibus de Itabuna, a gente quer aumento das frotas, 100% de ruas acessíveis aos deficientes, maior número de acentos prioritários dentro dos ônibus, queremos que tampem os buracos nas ruas, aumento de ciclovias” diz Davidson Luis, afirmando que as temáticas dos protestos vão além do preço da passagem. Há ainda outras reivindicações que o grupo apóia, como o “10% do PIB Já!”.

Até o momento, cerca de 5.454 pessoas confirmaram presença no evento feito no Facebook, mas para o organizador Davidson, seria uma pretensão achar que todo esse número estará no movimento.

“Acho que vai ser um número menor, mas tenho convicção que vamos fazer a maior manifestação pública já realizada em Itabuna e no Sul da Bahia. Vamos colocar no mínimo 2 mil pessoas na rua. Eu fiz uma pesquisa na região e não há registros de um manifesto com tamanhas proporções”, afirma o líder do movimento. “A Anel pensa muito na logística do manifesto, como trajetos e carros de som. Porque é importante que exista esta referência, senão vira bagunça”completa. Pelo grande número de pessoas que são esperadas para o manifesto, o Comando de Policiamento Regional (CPR/Sul) enviou ao local 300 homens para acompanhar todos e garantir a segurança.

                O Movimento Itabuna Unificado se concentrou na Praça do São Caetano e seguiu para a prefeitura, a fim de deixar um documento no gabinete do prefeito Vane. De lá, quem quiser, pode continuar uma passeata até a Praça Adami, centro de Itabuna. E Davidson convida os leitores do Blog do Tom à participarem:

“Venha construir esse movimento junto com a gente, venha participar. Essa não é uma luta da Anel, é uma luta nossa, e junto a gente é muito mais forte”, convidou.