Detento é encaminhado até o Pronto Socorro após ser ferido no presídio

Foto enviada por leitor.
Foto enviada por leitor.

Um interno do Conjunto Penal de Itabuna sofreu alguns ferimentos na cabeça e necessitou ser levado até o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM). Ele deu entrada no Pronto Socorro na noite desta quarta-feira (11).

O detento identificado como Adson de Jesus Souza, de 37 anos, interno do raio A, estava com a região da cabeça machucada, certamente, causada por outros presidiários. Por isso, foi necessário conduzido-lo até o Hospital para que pudesse ser atendido.

Após ser atendido e medicado Adson reconduzido por agentes penitenciários até o presídio da cidade.

Mulher é presa após tentar entrar com droga e celulares no presídio

Foto exclusiva: Ednaldo Pinto.
Foto exclusiva: Ednaldo Pinto.

Itabuna  Ana Carolina Bonfim dos Santos, foi presa na tarde desta quarta-feira (6), após tentar entrar no Conjunto Penal da cidade com cerca de 40g de maconha, dois celulares, duas baterias, além de dois chips. O material foi encontrado dentro da bolsa em que ela carregava.

Material apreendido.
Material apreendido.

Segundo a polícia, minutos antes da prisão de Ana, a sogra dela (mãe do detento), levou um colchão para que fosse entregue ao seu filho. Quando os agentes penitenciários realizaram uma segunda revista no colchão foi encontrado cerca de 100g de maconha dentro dele. A mãe não foi detida pois já havia deixado o presídio. Todavia, quando Ana tentou entrar foi submetida a revista e todo material que seria entregue ao preso foi apreendido.

Ana foi detida e conduzida até a 6ª Coorpin – Delegacia da Cidade. O delegado plantonista, Jackson Silva, informou que seria lavrado um alto de prisão em flagrante por tráfico de drogas previsto no art. 33 da Lei. 11.343, além do crime de tentar levar o celular para o detento. A priori a mãe dele ainda não havia sido presa, mas seria detida e conduzida para prestar depoimento.

NOTA

O crime de ingresso de aparelho celular em estabelecimento prisional passou a ser previsto no artigo 349-A, introduzido pela Lei 12.012, de 6 de agosto de 2009: “Ingressar, promover, intermediar, auxiliar ou facilitar a entrada de aparelho telefônico, de comunicação móvel, de rádio ou similar, sem autorização legal, em estabelecimento prisional. Pena — detenção, de 3 (três) meses a 1 (um) ano.” Tratando-se de um novo tipo penal, é uma novatio legis incriminadora.

Jequié: Homem é assassinado por detento que teve saída temporária

Na tarde deste sábado (12) foi morto a tiros Hélio José dos Santos, 39 anos, quando trafegava em uma moto na rua Felicíssimo J. Silva, bairro de Jequiezinho, de Jequié. De acordo com informações, o suspeito de efetuar os disparos é um detento do Conjunto Penal de Jequié identificado como Jamilson Passos Figueiredo, 22 anos, apelidado de “Mami”. O suspeito havia deixado o presídio juntamente com outros 116 presos em saía temporário para o Dia das Crianças.

Hélio foi morto enquanto pilotava moto (Foto: Divulgação)
Hélio foi morto enquanto pilotava moto (Foto: Divulgação)

Jamilson foi preso pouco tempo depois do crime e cumpre pena por assalto a mão armada contra uma casa lotérica na região. Ele confessou em depoimento que recebeu a encomenda de matar Hélio por um presidiário. O motivo da morte estaria relacionado com o fato da vítima estar comandando “bocas de tráfico de drogas” em área de influência do traficante que está preso.

No mesmo dia em que foi liberado do presídio, “Mami” já teria tentado cumprir a missão fazendo dois disparos contra Hélio José – segundo a família dele, que veio do estado de Minas Gerais para reconhecer o corpo – atingindo-o no braço e na perna.

A saída temporária do “Dia das Crianças” possibilitou que 117 presos do Conjunto Penal de Jequié fossem liberados às 7 horas da manhã de quinta feira (10) com determinação de retorno até as 18 horas de quarta-feira (16).

De acordo com as leis brasileiras, a saída temporária é permitida a presos com boa conduta que cumprem pena em regime semi-aberto e que até a data da liberação tenha cumprido um sexto da pena total se for primário, ou um quarto se for reincidente. Caso, o preso não retorne à unidade prisional até a data determinada no alvará, ele é considerado foragido, e quando capturado, cumprirá sua pena em regime fechado.

Informações: Jequié Repórter

Detento cria chave artesanal e 17 fogem da cadeia

Dezessete presos fugiram da cadeia de Bom Jesus da Lapa, no oeste da Bahia, na tarde desta sexta-feira (27). De acordo com o delegado José Ribeiro, o grupo escapou após produzir uma chave artesanal, abrir as celas e sair pela porta da frente da unidade.

“Aconteceu na hora do almoço. Um dos internos é ladrão, especialista em furto de carro, e internamente fabricou uma chave. Só tinha um carcereiro no momento. Eles o dominaram com uma pedaço de ferro. Depois eles fugiram calmamente pela porta frente, andando pelas ruas”, descreve o delegado.

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Segundo Ribeiro, entre os fugitivos está um suspeito de participar de três homicídios. “Um deles se destaca. Conhecido como “Coca”, ele é homicida perigosíssimo. Ele tentou resgatar o irmão que estava preso em Caetité e matou um policial civil. Ele tem comprovadamente participação em três homicídios. Um dos juris dele estava marcado para acontecer no dia 3 de outubro”.

O delegado conta que a cadeia está localizada no centro de Bom Jesus da Lapa e que a unidade tem capacidade para abrigar 12 detentos, mas tinha cerca de 80 no momento da fuga.

“É complicado. É um prédio antigo, que não oferece condições de segurança para a população e para os servidores. Nós não temos agentes penitenciários, quem faz a segurança são policiais civis e servidores da prefeitura. Na semana passada houve um princípio de rebelião”, afirma José Ribeiro.

Um dos fugitivos se apresentou acompanhado de um advogado à delegacia ainda na sexta-feira. Segundo o delegado, os outros dezesseis permanecem sendo procurados.

Uruçuca: Homens invadem delegacia e fazem resgate de detento

Um homem que estava preso na carceragem de Uruçuca, foi resgatado por outros dois armados na madrugada desta sexta-feira (20). A informação é da delegacia de polícia local, que informa também que o detento teria se recusado a deixar a unidade, mas foi forçado a sair do prédio.

Delegacia de Uruçuca.
Delegacia de Uruçuca.

“Ele foi preso ontem [quinta-feira] por tráfico de drogas. Hoje, por volta das 2h, chegaram dois homens armados no prédio. Eles renderam e trancaram o carcereiro. Foram até a cela dele [detento], que se recusou a sair, mas pegaram ele a força e saíram com ele”, informou um investigador de polícia, que prefere não se identificar. 

A polícia trabalha com a possibilidade de tentativa de execução. De acordo com a delegacia, cinco pessoas estavam presas no momento em que o homem foi resgatado. Ele foi o único detento retirado da unidade pelos bandidos. “Ele [preso] deve a muita gente”, acrescenta o investigador. Até por volta das 14h desta sexta-feira (20) o homem não havia sido localizado. Os suspeitos do resgate também não foram identificados.

DENÚNCIA: Detento tira foto e posta no Facebook

A redação do Blog do Tom recebeu uma denúncia peculiar na tarde desta sexta-feira (12). No corpo da mensagem um internauta descreveu uma situação de extrema audácia feita segundo ele por um detento do presídio Nilton Gonçalves em Vitória da Conquista.

As imagens não deixam dúvidas do uso do aparelho celular, além de uma fotografia onde o mesmo mostra uma grande quantidade de dinheiro. Ainda segundo o leitor, o detento é envolvido com o tráfico de drogas no presídio, e o fato já foi comunicado ao Diretor do Conjunto Penal, além de outras autoridades.

Esposa de detento é presa ao tentar entrar com munições no presídio

Fotógrafo: Ed Pinto
Fotógrafo: Ed Pinto

Alexandra Rocha Santos foi detida na Colônia Penal de Itabuna, no início da noite desta sexta-feira (16), após tentar levar para o marido que está encarcerado 3 munições calibre 32 dentro de um saco com sabão em pó.

As munições foram descobertas devido uma revista de praxe aos itens que entram no presídio. Alexandra foi conduzida até a Delegacia de Itabuna onde o fato foi registrado e ela encontra-se à disposição da Justiça.

 

Presídio: Maconha é encontrada dentro de um vaso com creme

Fotos/Ed. Pinto

Durante revista no Conjunto Penal de Itabuna na tarde desta sexta-feira (2), os agentes penitenciários encontraram uma certa quantidade de droga na cela de um dos detentos.

Segundo os agentes, ao revistarem a cela onde Lindomar Santos Silva Borges estava, foi encontrado dois pedaços de maconha embaladas em preservativos dentro de um vaso com creme para cabelo.

Apesar da astúcia para esconder o entorpecente Lindomar não terá a mesma para se livrar de mais um processo. Sendo autuado em flagrante por mais um crime, o seu período de detenção poderá aumentar.

Retornando para o Conjunto Penal de Itabuna.
Retornando para o Conjunto Penal de Itabuna.

Em menos de 5 dias, três detentos são achados mortos dentro de celas

Imagem ilustrativa
Imagem ilustrativa

Em menos de cinco dias, três detentos foram encontrados mortos em celas de penitenciárias na Bahia. Na capital, um homem foi encontrado na noite da última segunda-feira (15) pendurado na janela do banheiro de uma das celas do módulo 5 na Penitenciária Lemos Brito com uma corda no pescoço. Já em Ireçê, a cerca de 478 km da capital baiana, um preso custodiado na 14ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil foi encontrado morto em uma das celas da unidade enforcado com uma mangueira na madrugada desta quinta-feira (18). E em Caculé, centro-sul baiano, o preso foi encontrado morto dentro da unidade policial também na quinta-feira (18). Condenado por estupro, o detento seria transferido para cumprir pena em uma das unidade do Complexo Penitenciário em Salvador.  A suspeita é de que o homem tenha cometido suicídio. O corpo dele foi removido e levado para o Departamento de Polícita Técnica (DPT) de Guanambi.

A Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) informou que a Penitenciária Lemos Brito abriga 1.332 presos. A capacidade é para 1.030.

Informações: Varela Notícias

Ex-detento é assassinado

Imagem: Radar Notícias

Um ex-presidiário identificado como Genalvo Lima Carvalho (Gel), 27 anos, foi morto a tiros na tarde desta segunda-feira (24) no bairro Nova Itabuna. De acordo com informações, Genalvo estava bebendo com um grupo de pessoas em um bar do bairro conhecido como Baixa Fria quando começou uma discussão com um homem conhecido como Corcunda. Segundo testemunhas, Genalvo estaria armado e baleou Corcunda, que revidou com uma arma e executou Gel.

A arma da vítima não foi encontrada. Segundo a mãe de Gel, ele deixou o presídio há pouco tempo. Corcunda está foragido, e mesmo estando ferido, não deu entrada em qualquer hospital de Itabuna. A polícia conta com denúncia anônima pelo 190.

No último domingo (23), outro ex-presidiário foi morto. Ricardo Silva de Araújo (Batoré), 30 anos, foi executado a tiros.

Esta já é 68º homicídio na cidade, o 12º do mês de junho.