Amigos marcam presença no sepultamento de Eudes Santos

Fotógrafo: Ednaldo Pinto
Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Familiares e amigos acompanharam o velório e sepultamento de Eudes Santos Souza, 39 anos, ex-roupeiro do Itabuna Esporte Clube que foi morto a tiros no final da tarde desta segunda-feira (12) no bairro Pedro Jerônimo. Ele foi assassinado após tentar separar uma briga entre cunhados. O enterro aconteceu no cemitério Jardim da Saudade na tarde desta terça-feira (13) com saída do SAF no Centro Comercial.

Eudes participaria neste domingo (18) de uma partida do interbairros representando o bairro do Zizo.

Homicídio na madrugada desta quarta-feira

Fotógrafo: Ednaldo Pinto
Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Na madrugada desta quarta-feira (14) um homem foi morto nas mediações do bairro São Loureço, ao lado da BR-101, próximo a Daniella Transportes. Identificado como Antonni Michel Almeida Lima, de 31 anos, foi assassinado com nove tiros de revólver calibre 40. Na mão da vítima havia um celular. Moradores informam que ouviram disparos na noite de terça-feira (13). [Fotos chocantes] Leia mais…

Roupeiro do Itabuna é assassinado quando apartava uma confusão em família

Fotógrafo: Ednaldo Pinto
Fotógrafo: Ednaldo Pinto

O roupeiro do time do Itabuna, Eudes Santos Souza, 39 anos, foi morto a tiros no final da tarde desta segunda-feira (12), em uma viela que da acesso a rua de Fátima situada no bairro Pedro Jerônimo, quando tentava separar uma briga entre cunhados.

De acordo com informações colhidas no local, os irmãos da esposa de Eudes identificados como Alcimar e Girlane Alexandrino da Silva estavam discutindo quando Alcimar tirou um revólver da sua bolsa e deflagrou dois tiros que atingiram o braço e ombro esquerdo de Girlane. Após Eudes tomar conhecimento do que estava acontecendo ele foi até a casa e deparou-se com Alcimar tentanto ir embora, logo mais discussão foi inciada, que resultou em um disparo efetuado por Alcimar que atingiu o seu peito.

O SAMU esteve no local para prestar socorro as vítimas, entretanto, Eudes não resistiu ao ferimento e veio falecer, a Girlane foi encaminhada para o Hospital de Base em Itabuna e foi medicada e está sob observação médica. A Polícia Militar foi acionada e conseguiu deter o assassino que estava com uma bolsa contendo um revólver calibre 32, alguns documentos e aproximadamente R$ 900,00, após a prisão ele foi conduzido para o Complexo Policial de Itabuna.

No Complexo, Alcimar relatou que constantemente brigava com sua irmã, pois a mesma o irritava muito. Eudes foi vítima de toda situação, com isso, os moradores ficaram indignados e afirmaram que a confusão havia iniciado no início da tarde e alguns vizinhos já haviam informado os militares do módulo policial do bairro, no entanto, eles demoraram e não conseguiram coibir a situação.

Eudes participaria neste domingo (18) de uma partida do interbairros representando o bairro do Zizo.

Alcimar, acusado de efetuar os disparos.

Eudes (vítima)

Denúncia: Os perigos de Itabuna a noite

Através de denúncia, um leitor do Blog do Tom relatou sobre a falta de segurança na cidade. De acordo com o leitor, na última sexta-feira (9) às 21:00 horas, ele presenciou um assalto ao lado da Igreja Universal, localizada no Jardim do Ó. No assalto, um meliante roubou celulares de alguns jovens e, ao ir embora, populares começaram a gritar “pega ladrão!”. De imediato, o rapaz sacou um revólver calibre .38 e saiu correndo com a arma em punho pela avenida do Cinquentenário.

O leitor conta ainda que estava de carro e resolveu seguir o sujeito a uma distância segura e ao mesmo tempo foi relatando instantaneamente para a atendente do 190, Polícia Militar. O absurdo é pelo fato dessa “perseguição” ter durado mais de 30 minutos e nenhuma viatura chegou a tempo. Segundo o leitor, o bandido parou próximo ao Axé da Sorte, na Cinquentenário, e subiu à Quintino Bocaiuva. Depois foi para a rua Nações Unidas, voltou para a Duque de Caxias e sentou no banco da praça que fica em frente a Catedral de São José, com a arma na cintura. Por fim, se levantou calmamente e foi até a praça Camacan (Otávio Mangabeira).

A todo o momento a testemunha acompanhou os passos do meliante e informou à Polícia Militar, mas nenhuma viatura compareceu. O leitor alerta pela falta de segurança na cidade a noite. A culpa não é necessariamente da polícia, mas a ação rápida poderia ter prendido o meliante, que provavelmente está solto pelas ruas de Itabuna, pondo em risco a segurança dos populares.

Manifestação promete paralisar obras de barragem do Rio Colônia

A Associação cobra a indenização das terras para os produtores que tiveram imóveis e benfeitorias desapropriadas pelo governo.

Na próxima quinta-feira (15) a Associação dos Usuários do Rio Colônia realizará uma paralisação para assegurar o abastecimento de água para Itabuna e Itapé. Mais de 30 fazendeiros com apoio de  trabalhadores rurais estão sendo mobilizados no município de Itapé para interditar com tratores e caminhões o acesso ao canteiro de obras da Construtora Queiroz Galvão, que executa obras da barragem de regularização do Rio Colônia.

Dos 3,6 mil hectares desapropriados pelo governo, apenas cerca de 13 produtores, com uma área inferior a 800 hectares, tiveram terras indenizadas. Os demais agricultores continuam na expectativa de liberação dos recursos por parte do governo.

Segundo o empresário rural Eustáquio Coelho Lima, “Quincas”, que teve 500 hectares desapropriados, o Estado oferece um pagamento médio de R$ 3,5 mil por unidade de área, o que não cobre os custos de aquisição de uma nova área com o mesmo tipo de adequação para a pecuária.

“Aqui, nós enfrentamos um problema em comum, porque ninguém até agora recebeu nenhum centavo de indenização e estamos sendo onerados por isso, porque parte da produção das nossas fazendas foi desmobilizada”, pontuou Quincas.

Um ponto em comum nas declarações de empresários rurais afetados pela barragem é a falta de diálogo com representantes do estado, que não respondem nem mesmo às correspondências enviadas com registro pelo Correio. “Vale salientar que nada temos contra o governo, nem contra a realização de uma obra importante para os itabunenses e para a nossa região, o que queremos é o respeito aos nossos direitos. Também não queremos ficar no prejuízo”, disse Rogério Macedo, pecuarista.

Uma outra preocupação são as obras, que mesmo iniciadas, não constam da relação dos projetos em execução pelo governo federal, que está repassando mais de R$ 70 milhões através do PAC. Outro temor é que também em função dos atrasos do pagamento, a construtora seja obrigada a paralisar o andamento do projeto executivo, o que aumentaria os prejuízos não só para os produtores, como também para a população itabunense, que enfrenta problemas de abastecimento todos os anos com a chegada do verão.

Fonte: Agora

Prefeitura rejeita acordo e prédio da FTC poderá ser tomado

A Prefeitura de Itabuna descartou a proposta de acordo proposto pela direção da FTC Itabuna. Preferiu dar sequência à ação que exige a devolução do imóvel situado no centro e onde está abrigado o campus da faculdade. A FTC, nos cálculos apresentados pelo governo, deve mais de R$ 8,5 milhões em aluguéis e impostos ao município.

De acordo com o Blog Pimenta, fontes do Governo informaram que a proposta da instituição de ensino foi considerada “inconsistente”, até mesmo na proposição de encontro de contas que envolveria terreno de 50 mil metros quadrados nas proximidades do Aeroporto Tertuliano Guedes de Pinho. Para a faculdade, a área cedida valeria R$ 10 milhões.

Mais drogas são encontradas no presídio de Itabuna

Foto: Ed Pinto

Durante revista no Conjunto Penal de Itabuna na tarde deste sábado (10), os agentes penitenciários encontraram uma quantidade de maconha no bolso de um detento. Segundo os agentes, o detento não identificado foi feito de “laranja” pelos “donos da maconha”, pois os mesmos estavam com receio de serem pegos e o forçaram a segurar toda a droga. Apesar da sua situação que foi exposto, o detento não entregou os autores, e como sempre a lei do silêncio imperou, certamente por medo dos mais “velhos” da cadeia.

Após ser conduzido até o Complexo Policial de Itabuna, a ocorrência foi registrada e o detento retornou para o presídio onde permanece encarcerado.

Constantemente drogas estão sendo apreendidas na Colônia Penal da cidade, há poucos dias a nossa redação divulgou uma torta recheada de maconha (relembre aqui).

Ilhéus pode perder 100 milhões de investimento na construção civil

O setor da construção civil em Ilhéus devia movimentar, somente este ano, cerca de 300 milhões de reais na economia do município, o dobro do valor registrado em 2012. Mas o problema de tramite de documentação, “burocracia” é um problema que faz Ilhéus perder grandes investimentos.

No mês passado, o Jornal Bahia Online trouxe com exclusividade a desistência do empresário Carlos Mendonça de construir um hotel para executivos na Avenida Soares Lopes, em Ilhéus. Segundo o jornal, o empresário já tinha investido 200 mil reais em procedimentos para legalização da obra.

Durante a semana, o Blog Agravo recebeu a informação de dentro do Palácio Paranaguá de que uma grande construtora também está com problemas para liberação de dois grandes projetos.

O secretário Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo de Ilhéus, Antônio Vieira, em resposta à matéria do Jornal Bahia Online, afirmou que o tramite é rápido e a liberação da Licença Simplificada não demora.

Mas a nossa fonte afirma que a demora chega há mais de 120 dias, e que vários empreendedores estão na bronca com o governo.

Um dos maiores construtores de Ilhéus já estuda tirar seus investimentos da cidade. Seria um grande baque na economia local, já que o setor vive um momento histórico e hoje mantém, em plena atividade, 15 construtoras. Segundo dados do Cadastro Geral dos Empregados (Caged), do Ministério do Trabalho, este é o segmento privado que mais emprega na cidade.

Bandidos armados com revólver e faca assaltam açougue em Itabuna

Fotógrafo: Ed Pinto
Fotógrafo: Ed Pinto

Dois homens chamados Gleidson Oliveira Solto, Herlon Alves dos Santos e uma mulher identificada como Merivalda Alves dos Santos foram presos na tarde deste sábado (10) após assaltarem a mão armada um açougue situado na Av. Bionor Rebouças no bairro Santa Inês.

Relatou os policiais militares da base do Monte Cristo, que foram informados de um roubo a um açougue do bairro Santa Inês, com a participação de três indivíduos, sendo um armado com revólver e os outros dois com facas, logo a guarnição empreendeu diligência na tentativa de encontrar os envolvidos, que segundo denúncia estavam em uma casa situada atrás do açougue. Na chegada ao local indicado a Srª Merivalda e a sua filha menor de idade xingaram os militares e tentaram impedi-los de entrar na casa, tentando dar fuga aos criminosos, ao terem acesso aos cômodos os pms encontraram dois indivíduos e com eles uma arma calibre 32, com numeração aparentemente adulterada, cinco cartuchos deflagrados, uma quantia de R$ 157,20, um aparelho de telefone celular, dois cartões Riachuelo, dois cartões Ibicred, uma faca com cabo de alumínio e uma lamina de faca. Os policiais ainda informaram que o Gleidson estava com parte do dinheiro e com a arma, Merivalda estava com a outra parte do dinheiro e Herlon estava com uma das facas.

Todos foram conduzidos ao Complexo Policial de Itabuna, e ao serem apresentados na 6ª Coorpin os dois bandidos ameaçaram de morte os policiais, a vítima do roubo e a imprensa. Um boletim de ocorrências foi feito, a menor foi ouvida e posteriormente liberada, e o trio foi autuado por crime de roubo, conforme o  art. 157 e crime de ameaça art. 147, ambos do Código Penal Brasileiro.

Policial envolve-se em acidente automobilístico em Itabuna

Fotos: Ednaldo Pinto
Fotos: Ednaldo Pinto

O policial militar Mateus Santos Pereira foi vítima de um acidente por volta das 11:00h da manhã deste sábado (10) na Av. Princesa Isabel, próximo ao Codornas bar e restaurante.

De acordo com informações colhidas no local, o policial estava conduzindo o seu veículo tipo Siena – Fiat quando um motoqueiro realizou uma manobra bruta em sua frente e repentinamente fez com que perdesse a direção do automóvel que logo colidiu em um poste.

As fotos não deixam dúvidas do enorme prejuízo deixado, felizmente o Mateus não sofreu ferimentos graves, porém, foi encaminhado para o Hospital de Base em Itabuna. A ocorrência foi registrada pelos agentes da SETRAN e o motoqueiro fugiu sem prestar socorro.

   

Cantor gospel sofre acidente de carro na BR-101

Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Iata Anderson, compositor e cantor gospel sofreu um acidente por volta das 13:45h deste sábado (10) na curva do óleo situada na BR-101, trecho próximo a cidade de Itajuípe.

De acordo com informações do próprio cantor, ele pretendia chegar em Itabuna onde terá uma apresentação, entretanto, durante o percurso inevitavelmente o condutor do veículo perdeu o controle da direção e o carro acabou capotando por três vezes, só parou quando atingiu uma pedra. Iata ainda ratificou que todos sofreram leves escoriações e graças a Deus estão bem.

A trupe reside em Jequié-BA e iniciaram o trajeto lá.

Leia mais…

Vítima fatal de acidente morreu por traumatismo craniano

De acordo com o laudo realizado pelo Dr. Luiz Melo, médico do Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Itabuna, a enfermeira do Hospital Calixto Midlej Filho, Thayzane Ferreira, 22 anos, morreu de traumatismo craniano após a batida envolvendo um ônibus e um carro na manhã desta sexta-feira (9).

Antes da perícia, a hipótese levantada foi de que a mulher teria se assustado com a colisão e sofrido um infarto.

Fotógrafo: Ednaldo Pinto

O acidente ocorreu na avenida Cinquentenário, em frente a praça Camacan. O marido de Thayzane, Thiago Sacerdote, conduzia um carro Fiesta, quando, ultrapassou o sinal vermelho e o ônibus que descia a rua num cruzamento não conseguiu evitar o impacto. A vítima fatal estava no banco de trás do veículo, e após o laudo divulgado, é provável que ela tenha batido a cabeça. Thiago teve ferimentos leves, e um terceiro passageiro não se feriu.

FTC não paga aluguel e prefeitura pede prédio de volta

A Prefeitura de Itabuna informou hoje (9) que está pedindo de volta o prédio onde funciona há mais de 10 anos a Faculdade de Tecnologia e Ciências (FTC), na Praça José Bastos. O município acionou a FTC na Justiça para cobrar dívida de R$ 8,5 milhões em aluguéis e impostos. Ela também quer o imóvel de volta.

A FTC deveria pagar R$ 12 mil mensais ao município, conforme nota emitida neste início de noite pela Prefeitura de Itabuna. A instituição de ensino superior deixou de pagar R$ 213.189,68 de aluguel e outros R$ 8,3 milhões em impostos.

Na ação judicial, o município alega que, pelas dimensões e localização do imóvel, o aluguel deveria ser superior a, pelo menos, R$ 130 mil por mês. O prédio tem seis andares e está localizado no centro da cidade. No processo, é citado que:

“Além de não cumprir regularmente com as suas obrigações contratuais de pagamento mensais ajustados, não honra as exigências tributárias, de modo que atualmente responde a processos de execução fiscal”.

A nota da prefeitura esclarece que o contrato de concessão do prédio à FTC está vencido e, por não quitar impostos nem pagar aluguel, a faculdade ocupa o imóvel ilegalmente. Os procuradores, citando outra faculdade instalada no município, a Unime-Itabuna, afirmam que as condições da FTC, hoje, significam ferir a livre concorrência. E explicam:

” Diferentemente, recolhe em dia seus tributos, possui sede própria, gera receita de aproximadamente R$ 80 mil mensais de ISS, de modo que, permitir o funcionamento de uma instituição privada em prédio público, sem pagamento dos aluguéis e dos impostos, e, ao mesmo tempo cobrar tributos de outra que não possui qualquer benesse”.

Jornalista Davdson Samuel

Adolescente é executado a tiros de .40 no São Roque

Fotos: Ednaldo Pinto
Fotos: Ednaldo Pinto

Um adolescente identificado como Jandson de aproximadamente 16 anos, foi morto a tiros por volta das 19:30h desta sexta-feira (9) em um beco que da acesso a rua Landolfo Alves situada próximo a ponte do bairro São Roque em Itabuna.

De acordo com informações colhidas no local, o Jandson estava passando pelo beco que fica próximo há um ponto de venda de drogas do bairro, quando foi surpreendido por um homem que deflagrou vários tiros, sendo que cerca de 5 disparos atingiram o seu abdômen e 1 disparo atingiu a parede de uma casa.

Uma garota que não quis se identificar, afirmou que:

“Ele era conhecido como “Popó” morava no Salobrinho – distrito de Ilhéus e na tarde desta sexta foi até um Centro de Recuperação para viciados chamado Shammah aqui em Itabuna, pois gostaria de retornar ao seu tratamento, porém, não encontrou vaga porque o seu irmão havia ocupado ela. Durante essa visita ele pediu dinheiro para o Pastor e disse que voltaria em breve, logo ele pegou uma moto táxi até aqui o bairro São Roque, até pagou uma dose de conhaque para mim, minutos depois eu só ouvir os disparos.

O “popó” era viciado em drogas e buscava largar o vício para desvencilha-se deste mal estava trabalhando em uma loja de materiais para construção do bairro. Certamente a motivação do crime foi uma dívida de R$ 50,00 a traficantes da localidade.


Filho espanca própria mãe e vizinho idoso

Fotógrafo: Ednaldo Pinto
Fotógrafo: Ednaldo Pinto

Nesta quarta-feira (7) a senhora Elza Malheiro, de 54 anos, foi espancada pelo próprio filho, Jackson Malheiro, 25 anos, em Jussari. Segundo Elza, seu filho é portador de deficiência mental e começou a usar drogas.

Ela explica que o filho chegou em casa agredindo com chutes e socos e estava a  procura da sobrinha recém-nascida. Elza foi ameaçada de morte caso não ele achasse a criança, então ela acabou mentindo para o filho, dizendo que o neném estava em um dos cômodos, quando aproveitou para fugir do local. Na rua, Jackson agrediu o vizinho Aurelino Ribeiro da Rocha, 70 anos, que estava sentado em uma calçada. Aurelino levou uma pedrada na cabeça. Jackson foi internado.

Com informações do Radar Notícias.