Defensoria Pública da Bahia abre 95 vagas

Defensoria Pública (Foto: Reprodução / TV Bahia)

Começa na sexta-feira (30) as inscrições para o processo seletivo de contratação temporária de 95 vagas em Regime Especial de Direito Administrativo – REDA na Defensoria Pública da Bahia (DPU). As ofertas são para analista técnico, com 52 vagas, e 43 para agente administrativo. O prazo se encerra no dia 8 de junho.

Para concorrer, o candidato deve ser das áreas de Administração, Arquivologia, Arquitetura, Biblioteconomia, Ciências Contábeis, Ciência da Computação, Direito, Estatística, Jornalismo, Pedagogia, Psicologia, Secretariado Executivo e Serviço Social. Além disso, há funções para o Ensino Médio. As provas vão ser realizadas no dia 15 de junho, em Salvador.

A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais com remuneração que varia de R$ 1.239,41, para agentes administrativos de nível médio, a R$ 2.413,59 para analistas de nível superior. O contrato vale pelo período de dois anos, que pode ser prorrogado uma vez por igual período.

As vagas são destinadas a Salvador e região metropolitana, além de cidades como Feira de Santana, Ilhéus, Itabuna, Juazeiro, Santo Antônio de Jesus, Vitória da Conquista, Alagoinhas, Esplanada, Guanambi, Itapetinga, Jacobina, Jequié, Paulo Afonso, Porto Seguro, Santo Amaro, Serrinha, Teixeira de Freitas e Valença.

A taxa de inscrição é de 55 para analista técnico e R$ 45 para agente administrativo.

Definidas as 12 finalistas ao posto de rainha do carnaval de Salvador

As 12 finalistas ao posto de rainha do carnaval de Salvador já estão definidas. Elas foram escolhidas em evento no sábado (1º). Trinta e sete candidatas foram avaliadas. Clique aqui e veja fotos de cada um das mulheres.

A rainha vai receber R$ 10 mil em dinheiro, a primeira princesa R$ 6 mil e a segunda princesa, R$ 4 mil. A final será realizada no dia 14 de fevereiro. A votação será feita pela internet no site www.rainhadocarnavalsalvador.com.br.

UESC divulga edital para concurso de professores

Nesta semana a Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) divulgou o edital de concurso para professor auxiliar, assistente e adjunto com oferta de 26 vagas nas áreas como Engenharias Civil, Mecânica e Elétrica [clique aqui para ver edial].

As inscrições começam no dia 28 de janeiro, somente pela internet. O salário inicial varia de R$ 4.358,77 – para professor graduado e jornada de 40h – a R$ 8,797,54 – para professor adjunto com doutorado e regime de dedicação exclusiva. De acordo com o edital, existem vagas para professores com graduação, mestrado ou doutorado.

São 12 vagas para professor adjunto, 10 para assistente e 4 para auxiliar.

O prazo de inscrição no concurso encerra-se no dia 27 de fevereiro. A taxa é de R$ 150,00.

A universidade ainda não divulgou a data de realização da prova.

Primeiro concurso para professor indígena é realizado em Ilhéus

Concurso foi realizado em Ilhéus (Imagem: Reprodução)
Concurso foi realizado em Ilhéus (Imagem: Reprodução)

Neste domingo (12) 368 candidatos das etnias Tupinambá e Pataxó Hã Hã Hã realizaram um concurso em Ilhéus em busca de uma das 390 vagas oferecidas pela Secretaria de Educação do Estado (SEE). De acordo com a SEE, esse é o primeiro concurso para professor indígena no país.

Em novembro de 2013, um grupo de professores indígenas ocupou a sede da Secretaria Estadual da Educação em protestos. Na ocasião, eles reivindicavam a realização de concursos públicos para os profissionais que atuam nas tribos. O prédio foi desocupado dias depois.

O edital do concurso foi aberto no dia 3 de dezembro de 2013. O salário para os aprovados é de R$ 900. Dentre as exigências para se candidatar, é preciso ser indígena e pertencer à etnia da aldeia onde deverá trabalhar, possuir nível médio com formação em Magistério Indígena e ter conhecimento dos processos econômicos e de produção da comunidade.

Os professores aprovados vão ensinar em 19 escolas em aldeias de Ilhéus, Buerarema, Pau Brasil, Santa Cruz Cabrália, Prado, Podelas, Abaré, Glória, Banzaê, Euclides da Cunha, Ibotirama e Muquém do São Francisco. O resultado oficial deve ser divulgado em 30 dias. Já a convocação dos professores está prevista para o mês de março.

Concurso do Banco do Brasil tem inscrições prorrogadas

Agência do BB
Agência do BB

O Banco do Brasil prorrogou as inscrições do concurso para o cargo de escriturário. As inscrições devem ser feitas até as 23h59 desta quinta-feira (9) pelo site da Fundação Cesgranrio [clique aqui].

São oferecidas mais de 8 mil vagas para formação de cadastro de reserva para a Bahia, Alagoas, Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, São Paulo e Tocantins, com salários de R$ 2.732,04, sendo R$ 1.892,00 de vencimentos iniciais, R$ 472,12 de auxílio-refeição e R$ 367,92 de cesta-alimentação, para carga de 30 horas semanais.

A taxa é de R$40. As provas objetivas e a Redação estão marcadas para 9 de fevereiro.

Baiana fica em terceira colocação no Miss Brasil 2013

A mato-grossense Jakelyne Oliveira, de 20 anos, conquistou o Miss Brasil 2013 na noite deste sábado (28), em Belo Horizonte. Nos próximos meses, ela enfrenta uma maratona de preparação para representar o Brasil no Miss Universo, que vai acontecer em novembro deste ano, em Moscou, na Rússia, e tentar quebrar o jejum de 44 anos. A baiana Priscila Cidreira, 22 anos, foi uma das finalistas e ficou em terceiro lugar. Sede do evento, Minas Gerais teve a segunda colocada, Janaína Barcelos, 25 anos.

Miss Brasil 2013 é do Mato Grosso / Foto: Divulgação
Miss Brasil 2013 é do Mato Grosso / Foto: Divulgação

A segunda e a terceira colocadas ganharão uma viagem com tudo pago, para Riviera Nayarit, no México, enquanto a vencedora do Miss Brasil 2013 levará uma coroa confeccionada por Pedro Muraro (e avaliada em R$ 12 mil), o vestido de gala que usou durante o desfile e um carro utilitário esportivo, o Chery Tiggo 2013. A Miss Espírito Santo, Deisiane Volpini, de 23 anos, foi eleita pelas demais candidatas como a Miss Simpatia do evento. A representante de Goiás ganhou o melhor traje típico.

Participaram do júri artístico a apresentadora Sabrina Sato; Talytha Pugliesi, top model; Rita Batista, jornalista; Matheus Massafera, stylist e apresentador; Vitor Dzenk, estilista; Tancredo Augusto Tolentino Neves, presidente da Prominas; Paulo Borges, diretor criativo da São Paulo Fashion Week e da Fashion Rio; Paulo César Oliveira, colunista social; e Jacqueline Meirelles, empresária e Miss Brasil 1987.

Bahia: Nenhum candidato passa em concurso para juiz do trabalho

Nenhum dos inscritos no concurso para juiz do trabalho na Bahia conseguiu a pontuação mínima para ser aprovado. O resultado da terceira fase foi divulgado na segunda-feira (2) e mostrou o fracasso dos cerca de 2.600 inscritos. Ao todo, o concurso tem cinco etapas. Quinze candidatos já pediram revisão da prova.

O concurso é para preencher 9 vagas e tem vencimento base para os aprovados de R$ 14 mil. Cada um dos candidatos pagou R$ 217 para fazer a seleção. A primeira prova foi em dezembro do ano passado e 300 pessoas seguiram para a segunda etapa. Na terceira etapa, somente 61 concorriam. A prova era de redação de uma sentença com nota mínima exigida de 6 para seguir na disputa pela vaga. No entanto, nenhum candidato ultrapassou a nota 5 de acordo com o Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região.

Danilo Gaspar, um dos candidatos que fez a prova, comentou o concurso. “A prova de sentença é uma prova muito grande, muito complexa e que só pode ser feita a mão, em um prazo de quatro horas. Dentro desse contexto, espera-se também que a correção leve em consideração todos esses fatores”, acredita.

A presidente da Associação dos Juízes do Trabalho, Andrea Presa, considerou natural o resultado do concurso e falou sobre como é possível encontrar soluções para a falta de juízes na Bahia. “Se esse resultado se confirmar, então o Tribunal poderá abrir edital de remoção para que outros magistrados de outras regiões venham suprir essas vagas e abrir um outro concurso”, explicou.

Recursos
A presidente da comissão de concursos da Ordem dos Advogados do Brasil na Bahia (OAB-BA), Taíse Bandeira, explicou à TV Bahia que os candidatos podem buscar reverter o resultado na Justiça. Segundo ela, muitos enviaram documento para a OAB reclamando da dificuldade da prova.

“A reclamação era dizendo que o espelho da prova não era condizente com uma pessoa que estava pleiteando o cargo de juiz, que aquilo era uma avaliação inicial”, diz. A OAB acredita que a prova estava compatível com o nível dos candidatos, disse ainda Bandeira, explicando que o órgão teve um representante que acompanhou a correção das provas.

Fonte: G1

Porto Seguro realiza processo seletivo e quatro meses depois ainda não tem resultado

Mesmo após resultado, prefeitura de Porto Seguro não convoca selecionados.
Mesmo após resultado, prefeitura de Porto Seguro não convoca selecionados.

Em Porto Seguro já faz quatro meses que a Prefeitura realizou um processo seletivo para a Secretaria de Saúde mas até o momento o resultado oficial não foi divulgado. As inscrições foram iniciadas no final do mês de abril em caráter emergencial com previsão de divulgação dos resultados para o dia 10 de junho. Uma lista com os selecionados foi apresentada pelo portal da prefeitura, mas nenhum dos candidatos foram convocados para começarem a trabalhar. Os moradores do município estão sem saber o que fazer, pois sabem que passaram no processo seletivo e mesmo assim não está surgindo uma oportunidade para ingressarem em seus empregos e não estão sendo atendidos pela Prefeitura.

Prefeitura abre processo seletivo para Restaurante Popular

Nos dias 29 e 31 de julho e 1º e 2 de agosto estarão abertas as inscrições para o processo seletivo simplificado para contratação temporária de profissionais para atuar na Secretaria da Assistência Social, dentro do Restaurante Popular, diante inexistência de concursados. As inscrições presenciais poderão ser feitas na União dos Servidores Municipais de Itabuna (Usemi), situada da avenida Manoel Chaves, São Caetano.

O processo seletivo simplificado prevê 57 vagas no total, sendo três para pessoas com deficiência. Está sendo exigido ensino fundamental completo para maioria dos candidatos, que terão carga horária de 40 horas semanais. São nove vagas para cozinheiro prático, com vencimentos de R$ 976,91; seis vagas para cozinheiro iniciante, salário de R$ 888,10; 21 vagas para auxiliar de cozinha, sendo uma para pessoa deficiente, salário de R$ 762,62; 20 vagas para auxiliar de serviços gerais, sendo duas para pessoas deficientes, salário de R$ 741,03.

No ato da inscrição, o candidato deverá informar dados pessoas e fornecer fotocópias da Carteira de Identidade (RG); Cartão do CPF; Titulo de eleitor, com comprovante da ultima eleição; certificado de reservista, para candidatos do sexo masculino até 45 anos de idade; Curriculum vitae de forma detalhada – identificação dos títulos e especialmente carga horária de aperfeiçoamento, seminários e a experiência profissional; escolaridade em conformidade com a habilitação exigida; Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS.

O processo seletivo constará de duas etapas. A primeira, análise curricular, com a divulgação do resultado no dia 5 de agosto. A outra, será a entrevista por profissionais habilitados designados pela Secretaria da Assistência Social, que serão realizadas nos dias 8 e 9 de agosto na Usemi, entre 8 e 12 e 14 e 18 horas.