Criminoso em garupa de moto executa jovem no bairro de Fátima

Itabuna – Alexandre Rocha Melo, conhecido como “big zói“, foi assassinato a tiros à queima roupa, por volta das 20h30min desta quarta-feira (28). O homicídio aconteceu na rua Francisco Ferreira, próximo ao Colégio Sesquicentenário/CISO, situado no bairro de Fátima.

Segundo informações prestadas por testemunhas que presenciaram o crime, Alexandre foi rendido por dois homens que estavam em uma moto, sendo que o carona sacou uma arma e deflagrou vários tiros contra ele. Sem chances de defesa, a vítima caiu no chão, onde agonizou por alguns minutos e, em seguida, foi a óbito.

Fotógrafo: Ednaldo Pinto.
Fotógrafo: Ednaldo Pinto.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi acionado, entretanto, o jovem já estava sem vida. Policiais Militares e Civis estiveram no local. Ainda não há informações sobre a autoria do crime.

Imagens Fortes!

Alunos fazem manifestação em frente ao colégio CISO

Nesta manhã de quinta-feira (19) os alunos do colégio CISO, em Itabuna, estão fazendo uma manifestação reivindicando horários para fazerem as provas finais. Segundo eles, a diretora não determinou um horário fixo, o que faz com que os alunos cheguem cedo demais e ficam expostos nas ruas, correndo risco, sendo que a localidade é famosa por sofrer constantes assaltos.

Alunos fecharam rua do CISO (Foto: Ednaldo Pinto)
Alunos fecharam rua do CISO (Foto: Ednaldo Pinto)

O colégio encontra-se fechado e os estudantes estão parando a rua. A Polícia Militar está no local para garantir a segurança e disseram que os estudantes estão em seus direitos.


Aluno discute com vice-diretor e caso vai parar na Delegacia de Itabuna

Foto: Ednaldo Pinto.
Foto: Ednaldo Pinto.

Por volta das 10h:15min desta terça-feira (17) uma discussão foi crivada no interior do Colégio Sesquicentenário (CISO), localizado no bairro de Fátima. Segundo informações um estudante estava promovendo baderna em meio à um evento da instituição. Fato que deixou o vice-diretor, Eugênio, bastante irritado. Apesar de inúmeros pedidos terem sido feitos para que o jovem parasse com o mal comportamento, o estudante fez pouco caso.

O jeito foi acionar a Polícia Militar que esteve presente e apreendeu o menor conduzindo-o até o Complexo Policial da cidade. Lá, o estudante foi ouvido e após a chegada da sua mãe ele foi liberado.

Estudante do CISO é agredida e tem celular roubado

Itabuna – Uma aluna do Colégio Sesquicentenário [CISO] foi vítima de assalto na manhã desta segunda-feira (2). Minutos depois a Polícia Militar foi acionada e fez uma ronda pelas ruas do bairro do Fátima, onde apreenderam um menor com os itens do roubo.

Foto: Ednaldo Pinto.
Foto: Ednaldo Pinto.

A garota esteve no Complexo Policial e reconheceu o suspeito como autor da infração. Ele ainda estava com uma blusa do uniforme do Colégio Médici, entretanto, a direção do Colégio afirmou que ele não era aluno da instituição de ensino.

Exclusivo: Motoqueiro atropela estudante na porta de colégio em Itabuna

Fotos: Ednaldo Pinto – O fotógrafo que não perde uma.

Uma mulher de prenome Ednéia, de 27 anos, foi atropelada em frente ao Colégio Sesquicentenário/CISO que fica localizado na rua Francisco Ferreira da Silva, bairro de Fátima. Segundo testemunhas, a jovem foi atingida por um homem que estava em alta velocidade fazendo manobras perigosas em uma moto. Ao chocar-se com a estudante ambos caíram, no entanto, o motoqueiro sem conversa levantou, pegou a motocicleta e fugiu sem prestar socorro.

Ednéia estava sentindo fortes dores, por isso, aguardou a chegada de uma unidade do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência [SAMU] durante aproximadamente 1 hora. Em contato com a Central de Atendimento, foi informado que somente uma ambulância estaria funcionando, e que a mesma estava deixando uma pessoa no Hospital de Base da Cidade.

Após a chegada do SAMU no local do acidente, os paramédicos realizaram os primeiros procedimentos e encaminharam-na até o Pronto Socorro do HBLEM [Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães].

NOTA

Caro leitor(a), imagine se acontecesse um episódio maior, necessitando de várias ambulâncias. O que seria feito? Será que o município se responsabilizaria por negligência médica?

Recentemente, quatro ambulâncias foram compradas pelo município. Elas geralmente ficam paradas no pátio da Prefeitura. Será que elas só serão utilizadas em grandes acidentes? Será que elas não poderiam ser utilizadas também nos episódios de menores proporções, como este? Perguntar não ofende!

Estudantes reclamam de constantes assaltos próximo ao colégio CISO

Estudantes denunciam a falta de segurança em torno do Centro de Integração Social, colégio CISO, no Bairro de Fátima. Segundo denúncias, na tarde de ontem houve duas tentativas de roubo e um assalto. Ao que parece, dois menores de idade estão circulando de bicicleta pela rua do colégio roubando celulares dos alunos que passam por ali. Uma ronda escolar deveria estar passando pelo lugar, mas nada é visto.

Além do CISO, outra localidade com muitos assaltos é nas mediações do colégio CIOMF, bairro Santo Antônio. Por ficar em uma rua pouco movimentada, os bandidos aproveitam para realizar roubos nessa localidade.