Casa de shows e loja são interditadas em Itabuna

Garantir plenas condições de qualidade e segurança na realização de shows e eventos em Itabuna é o objetivo da operação de vigilância integrada, que envolveu diversos setores da Prefeitura de Itabuna, na manhã desta sexta-feira (7). Foram interditadas, por descumprirem notificação enviada anteriormente, a Casa do Pagode, situada na Avenida do Contorno – bairro São Judas, e uma loja que vendia artigos para eventos, situada na Rua Nilo Peçanha, no Centro.

Na casa de shows foram encontradas bebidas armazenadas de forma irregular e com data de vencimento bem próxima. Também foram identificados problemas em um imóvel utilizado para apoio aos eventos, a exemplo de rachaduras nas paredes, forro do telhado danificado e fiação elétrica exposta, o que oferecia risco aos mais de 700 participantes dos eventos.

A orientação dos fiscais é de que todos os problemas apontados sejam resolvidos para que o funcionamento da casa de shows e da loja seja liberado.

Os fiscais da Divisão de Vigilância Sanitária recomendaram a limpeza geral no espaço e melhor acondicionamento do lixo. Já os ficais da Sedur orientaram a regularização do local com laudos técnicos das secretarias de Desenvolvimento Urbano e da Agricultura e Meio Ambiente, bem como do Corpo de Bombeiros.

OUTRO LADO

O proprietário Gutemberg Pinnck explicou que já estava tomando todas as providências para regularização do estabelecimento. “Dei entrada no pedido dos documentos e as obras para adequação da estrutura começam no domingo, inclusive com a criação de mais uma saída de emergência“, garantiu. Já na loja de artigos para eventos, o processo para regularização está em andamento desde o ano de 2012 e, apesar de haver uma notificação feita em novembro do ano passado, os problemas apontados não foram resolvidos.

A estrutura da loja foi danificada, em 2008, quando houve um incêndio num imóvel vizinho que deixou rachaduras e fissuras nas paredes visíveis. Além da estrutura física condenada pelos fiscais, também foram apreendidos materiais vencidos. Foi estipulado prazo para que a proprietária retire as mercadorias do interior da loja.

Músico morre após levar choque em casa de shows

Músico tomou choque ao trocar lâmpada (Foto: Reprodução/Rede Bahia)
Músico tomou choque ao trocar lâmpada (Foto: Reprodução/Rede Bahia)

Na noite de quinta-feira (14) um músico de 25 anos morreu após receber uma descarga elétrica em uma casa de shows localizada em Santo Estevão, na região de Feira de Santana. De acordo com Alison Gonçalves, tio do rapaz, ele estava trocando uma lâmpada quando tomou um choque e caiu.

O tio do jovem conta que ele trabalhava como percussionista e ia se apresentar no local. Segundo a Delegacia de Santo Estevão, o rapaz chegou ser levado para o hospital da cidade, mas não resistiu e morreu.

O corpo do rapaz foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica de Feira de Santana. Segundo a polícia, ainda não se sabe se o músico morreu por conta da descarga elétrica ou com o impacto da queda. O sepultamento do jovem irá ocorrer na tarde desta sexta-feira (15), em Santo Estevão.

Fonte: G1

Moradores fazem abaixo-assinado contra casa de shows no São Caetano

Alguns moradores fizeram um abaixo-assinado contra a casa de shows Espaço Fest, situada na avenida Presidente Kennedy, bairro São Caetano, em Itabuna. O grupo que confeccionou o documento reclama que a casa é alugada constantemente para eventos noturnos, o que causa transtornos aos moradores circunvizinhos ao local, perturbando a paz e sossego de todos. Segundo os denunciantes, a área não é propícia para este tipo de evento, e quando ocorre alguma festa, a dona da casa se retira e vai para uma fazenda particular, enquanto os moradores se constrangem com a situação e são obrigados a procurarem a polícia.

O grupo de moradores foi orientado a procurar a promotoria pública e a prefeitura da cidade para que façam uma fiscalização rígida no local, proibindo assim tais acontecimentos. O abaixo-assinado foi encaminhado em março de 2012 para Carlos Leahy, Secretário de Indústria, Comércio e Turismo de Itabuna, mas até agora nada foi resolvido, fazendo com que moradores viessem fazer um apelo no Blog do Tom. Abaixo, uma imagem do abaixo-assinado: