Prefeitura dá calote em ambulância e é acionada pela Justiça

Ambulância alugada (Foto: Divulgação)
Ambulância alugada (Foto: Divulgação)

No inicio de janeiro de 2013 a Prefeitura de Itabuna fez o contrato de um ano de locação de uma ambulância. Porém, nenhum mês do aluguel foi pago. Segundo informações, a ambulância está a disposição do Hospital de Base.

A proprietária do veiculo acionou a Justiça. O Juiz da 1ª Vara da Fazenda Pública deferiu uma liminar de busca e apreensão. O valor da ação é de R$ 85 mil.

Processo do caso (Imagem: Reprodução)
Processo do caso (Imagem: Reprodução)

Informações do Políticos do Sul da Bahia

Presidente do Sindicato Rural nega que houve calote no Expoita 2013

Wallace Setenta nega que houve calote (Foto: Divulgação)
Wallace Setenta nega que houve calote (Foto: Divulgação)

O presidente do Sindicato Rural de Itabuna Wallace Setenta negou que a empresa Bahiagás tenha dado “calote” no Expoita 2013 [relembre]. Segundo ele, o que houve foi expectativa maior no valor de patrocínio, mas não ficou acertado o valor exato.

“A Bahiagás e o seu diretor Davidson Magalhães sempre estiveram ao nosso lado na realização deste evento de tanta tradição regional. E sobre essa polêmica, eu sou presidente do Sindicato e tenho legitimidade de realizar essas relações institucionais. Já Tito Fonseca tem a legitimidade da parte administrativa, como organizador do evento”, declarou.

Informações: Políticos do Sul da Bahia

Presidente da Bahiagas dá calote no Expoita 2013

O organizador da Exposição Agropecuária de Itabuna (Expoita),Tito Fonseca teria se decepcionado com a postura do presidente da Bahiagas, Davidson Magalhães.
No projeto inicial da Expoita a Bahiagas ficou com a cota de patrocínio no valor de R$ 200 mil. Mas uma semana antes do inicio do evento a diretoria financeira da empresa manteve contato com Tito informando que estaria enviado apenas R$ 20 mil. Tito Fonseca teria recusado o valor, informando que não aceitaria “esmola”.

Davidson Magalhães (Foto: Divulgação)
Davidson Magalhães (Foto: Divulgação)

O presidente do Sindicato Rural de Itabuna, Wallace Setenta, foi procurado para receber os R$ 20 mil da Bahiagas, mas também se recusou a receber a quantia.
Em função disso, Davidson Magalhães não participou da abertura oficial da Expoita no último domingo (13).

A partir desta quinta-feira (17) a marca da “Bahiagas” será substituída nas peças de divulgação do evento.

Terceirizada da Bahiagás dá “calote” em empresários

Até o momento a direção da Bahiagás não se posicionou sobre o possível golpe cometido pela PETC, empresa terceirizada. A Bahiagás está realizando uma obra de implantação da rede de gás natural em Itabuna, mas a PETC, que contratou o hotel Destak e a locadora de veículos e máquinas Marapia, não tem pagado os empresários das respectivas empresas, chegando em uma dívida de aproximadamente R$ 30 mil reais.

Segundo o empresário Cleuder Gally, proprietário do hotel Destak, a terceirizada da Bahiagás deu “calote” em três empresários da cidade. “A Bahiagás deveria antes de contratar uma empresa terceirizada, consultar sobre as atividades da mesma. Essa empresa que está realizando a obra em Itabuna está dando calote na cidade. Eu e mais dois empresários fomos vítima”, conta Cleuder.