Alunos da UNIME reclamam do estacionamento precário e superlotado

Itabuna – Os estudantes da União Metropolitana de Educação e Cultura (UNIME), Campus II, localizado na Avenida JS. Pinheiro, estão revoltados com a situação precária do estacionamento.

De acordo com informações prestadas por alunos, há anos o estacionamento não sofre uma reforma em sua infraestrutura, acarretando no aparecimentos de buracos e poços de lama em épocas de chuva. Além disso, a faculdade aderiu a novos cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Produção e o PRONATEC, ou seja, o numero de estudantes aumentou, e o estacionamento superlotou. Conforme relatos, dias de segunda e terça é impossível encontrar uma vaga, e quando se encontra é dentro da lama (brejo), com direito a fundo musical de sapos e rãs.

A Direção da instituição de ensino poderia atenta-se ao problema. Uma camada asfáltica e a ampliação do local já seria digno ao valor pago mensalmente pelos acadêmicos.

Universitários reclamam da falta de segurança na Av. JS. Pinheiro

Foto Reprodução/Google Maps.
Foto Reprodução/Google Maps.

Itabuna – A redação do Blog do Tom Ribeiro foi informada sobre um assalto que ocorreu na noite desta quinta-feira (20), na Avenida JS. Pinheiro.

Segundo relatos, um grupo de estudantes deslocavam-se de um Campus para outro quando foram surpreendidos por vários adolescentes que anunciaram o assalto. Ainda de acordo com as informações, os ladrões que aparentavam estarem armados, foram hostis e exclamaram – “perdeu, passa o celular vagabunda!” Os universitários ficaram bastante assustados com a situação, sendo que alguns entraram em estado de choque.

Indignada, uma estudante desabafou “Que cidade é essa?? Poxa velho! Eu dou o meu suor, trabalho, estudo, corro pra ter as minhas coisas e ouço que perdi aquilo que lutei, e trabalhei pra conseguir!

A segurança na localidade é precária. Poucas viaturas da Polícia Militar são vistas durante o horário citado. Seria agradável e seguro que rondas noturnas fossem feitas para coibir a violência.