Protesto termina com confusão na Praça Adami

As centrais dos trabalhadores e trabalhadoras realizaram manifestações e paralisações em todo Brasil neste ’11 de Julho’. Em Itabuna, sindicalistas, trabalhadores e estudantes se concentraram no Jardim do Ó, para dar início ao protesto.

Aproximadamente duas mil pessoas percorreram a Av. Cinquentenário, e durante o percurso algumas figuras políticas apareceram e causaram tumulto, pois segundo os coordenadores do protesto, a manifestação era apartidária, ou seja, não tinha partidos políticos. Indignados alguns manifestantes pediram que essas “figuras” se retirassem, porém, o pedido não foi ouvido e brigas, arranhões e discussões iniciaram-se na Praça Adami. Vários policias militares chegaram no local para acalmar os ânimos, (confira nas fotos).

O objetivo do manifesto foi gritar à gestão pública que os trabalhadores necessitam de melhores condições de trabalho, com total assistência da Previdência Social e redução na alta jornada de trabalho que é imposta aos trabalhadores de todo o País.

Av Cinquentenário passa por limpeza de bueiros

Foto: Wilson Oliveira

A Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Itabuna (Sedur) realizou esta semana alguns serviços de limpeza em bueiros e bocas de lobo da avenida Cinquentenário. A iniciativa foi tomada pela prefeitura por conta dos alagamentos na avenida que ocorrem em períodos chuvosos, consequência dos bueiros entupidos.

De acordo com o Departamento de Limpeza Pública da Sedur, 90% da rede está entupida, o que torna o serviço mais complexo e demorado. Em algumas operações, o setor já encontrou pedaços de madeira, cascas de coco, sacos plásticos, panos e inúmeras garrafas Pet de todos os tamanhos.  O Secretário de Desenvolvimento Urbano, engenheiro Marcos Monteiro, diz que é fundamental o contato direto com a população. “A proposta da atual gestão é conscientizar a população sobre a importância de manter a cidade sempre livre de todo o tipo de poluição e doenças”, ressalta.