Reúne Ilhéus faz indicação oficial para auditoria de coletivos

Documento carimbado pela Prefeitura
Documento carimbado pela Prefeitura

Na última terça-feira (3) o prefeito Jabes Ribeiro anunciou que a Fundação Instituto de Pesquisa Econômica (Fipe) foi contratada para realizar a auditoria do transporte coletivo ilheense. Mas nesta quinta-feira (5) o movimento Reúne Ilhéus enviou um documento oficial à Prefeitura informando sua própria indicação de auditor independente para compor os trabalhos de avaliação contábil. O movimento social será representado pelo Sindicato de Contabilistas de Ilhéus.

Segue abaixo a transcrição do documento emitido pelo Reúne Ilhéus.

“O movimento Reúne Ilhéus, seguindo o acordado entre a Prefeitura Municipal de Ilhéus e representações do grupo, realiza, por meio deste ofício, sua indicação de auditor independente, reconhecendo que essas indicações estão subordinadas à Lei de Regência da profissão contábil – Decreto Lei 9.295/46 e à regulamentação do exercício da atividade profissional emanada do Conselho Federal de Contabilidade e à orientação técnica emanada do Instituto Brasileiro de Contadores. É indicação do movimento o Sindicato de Contabilistas de Ilhéus, fundado em 27 de maio de 1994, CNPJ: 40.740.342/0001-62 de endereço Almirante Barroso, número 137, sala 501, Edf. Paranaguá. Centro, CEP: 45653-135, Ilhéus, Bahia.

Entendemos que o andamento da Auditoria sobre o transporte coletivo, debatida entre o Poder Público e o movimento social, representa uma vitória da democracia e governabilidade. O Reúne Ilhéus espera, naturalmente, a transparência dos trabalhos e ampla comunicação entre a administração pública e a população acerca do processo.”

Informações: Blog do Gusmão

Prefeitura faz auditoria no transporte público

Por determinação do prefeito Claudevane Leite, a Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (Settran) vai realizar uma auditoria no transporte público em Itabuna, principalmente no que se refere a horários e os itinerários, dois dos principais motivos de queixa dos usuários. O secretário Clodovil Soares informou também que será realizado um estudo técnico por uma empresa contratada pela Prefeitura para saber os valores das tarifas cobrados atualmente. A auditoria começará ainda neste trimestre.

O secretário adiantou que a questão será discutida por uma comissão independente que já está sendo formada com representantes da sociedade civil, pessoas que segundo ele conhecem de perto o problema. “A comissão terá poder de fiscalização da quantificação de tarifas, bilhetagem, o número de pessoas que usam o transporte urbano diariamente, para que tenhamos umas noção exata do valor da tarifa e como a administração municipal pode subsidiar para que tenhamos uma tarifa menor”.

A comissão terá inclusive a participação de dois integrantes do Comando Popular Itabuna. Clodovil diz que aguarda apenas os nomes que devem definidos pelo grupo para a formação da comissão.

Após a auditoria e a consultoria técnica, a Prefeitura promoverá uma audiência pública para que a população conheça os resultados e possam contribuir com as mudanças. Por meio da audiência pública será possível saber, por exemplo, se os usuários querem novas linhas de ônibus ou novos horários de circulação que atendam a todos os bairros.

O secretário de Transporte e Trânsito lembra que a busca da melhoria dos serviços do transporte público em Itabuna é um compromisso do prefeito Claudevane Leite assumido não só com os estudantes, mas também com toda a sociedade.