Notinhas: Trabalhadores sofrem com atraso no salário

Hospital São Judas Tadeu

Funcionários do Hospital São Judas de Itabuna estão com atrasos no pagamento salarial há mais de 30 dias. Além disso, eles reclamam da falta de medicação e organização. No final, quem se prejudica são os trabalhadores e até os pacientes.

Direc 7

Terceirizados do estado pela Direc 7 e pela empresa Assemp estão sem receber o salário do mês de dezembro e o vale alimentação de janeiro. Ninguém sabe informar quando os pagamentos serão feitos. Aliás, as terceirizadas em Itabuna adoram atrasar salário…

Deputado Augusto Castro critica demora na implantação do Porto Sul

Em discurso no plenário da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (7) o deputado Augusto Castro, presidente da Comissão Especial do Porto Sul, criticou o atraso na implantação do Porto em Ilhéus. “Como já foram realizadas no final do ano passado as duas últimas audiências públicas exigidas, esperamos que o Ibama agilize a concessão da licença de implantação permitindo que as obras possam ser tocadas logo no início do segundo semestre deste ano”, defendeu Augusto Castro. Em sua opinião, se a implantação for adiada até dezembro, conforme possibilidade apontada pelo governo do Estado, a Bahia perderá muitos investimentos.

Deputado Augusto Castro (Foto: Divulgação)
Deputado Augusto Castro (Foto: Divulgação)

Segundo Augusto Castro, a região Sul aguarda com ansiedade o Porto Sul, tão prometido e anunciado em propagandas do governo. O deputado lembrou que quando assumiu o mandato há três anos, a previsão era que as obras seriam concluídas em 2012. “Estávamos todos esperançosos que seria iniciada no 2º semestre deste ano e agora o governo diz a previsão é até dezembro?”, questionou, cobrando mais agilidade para que o projeto Porto Sul seja concretizado.

“Depois o governo quer que a Assembleia Legislativa lhe dê um cheque em branco para negociar ilegalmente os recursos dos royalties. Como, se não foi capaz de executar nenhuma obra estruturante na Bahia até agora, a exemplo do Porto Sul ?”, criticou o deputado, acrescentando que falta ao governo capacidade de investir em obras que contribuam para a retomada do desenvolvimento econômico da região Sul. “Chega de propaganda ”, finalizou Augusto Castro.

Violência em Itabuna

Larissa foi morta a tiros no colo do pai (Imagem: Reprodução/Plantão Itabuna)
Larissa foi morta a tiros no colo do pai (Imagem: Reprodução/Plantão Itabuna)

Indignado com o duplo assassinato da menina de 5 anos e do pai Cristiano Silva Oliveira, em Itabuna [relembre aqui], o deputado Augusto Castro cobrou providências do governo do Estado para apurar o crime e punir o responsável. Em discurso na Assembleia Legislativa desta terça-feira (7), o deputado mais uma vez criticou o clima de insegurança que assusta as famílias do Sul da Bahia, em especial de Itabuna.

Em sua opinião, é um absurdo que um crime como esse, de grande comoção social, tenha acontecido justamente no bairro Monte Cristo, onde está a Base Comunitária de Segurança em Itabuna. Instalada com sede provisória em setembro de 2012, a Base Comunitária ganhou sede definitiva no último dia 12 de dezembro, com 80 policiais.

O deputado ressaltou que só no primeiro final de semana de 2014 foram registrados quatro homicídios em Itabuna. “Se uma Base Comunitária não é suficiente para garantir a segurança dos cidadãos de Itabuna, que seja implantada outra Base no município”, cobrou Augusto Castro.

Galinha Pintadinha fará reapresentação neste fim de semana

Em entrevista ao repórter, Oswaldo Bispo, o organizador da Expoita 2013 – Tito Fonseca, pediu desculpas pelo grande atraso que ocorreu no último sábado (12) no show da Galinha Pintadinha. Segundo ele, o grupo estava apresentado-se em Ilhéus e por esse motivo chegou tarde em Itabuna.

Como demonstração de suas sinceras desculpas, no próximo domingo (20) por volta das 15h a Galinha Pintadinha estará de volta onde fará uma excelente apresentação, e ao final Guiga Reis finalizará o evento com som sertanejo. 

Moradores reclamam do atraso nas correspondências em Itabuna

Foto Ilustrativa
Foto Ilustrativa

Uma leitora do Tom encaminhou um relato sobre o grande atraso na entrega de correspondências no bairro Santo Antônio. Segundo ela, muitas das vezes as faturas para pagamento nem chegam, e a alternativa é ir ao banco ou tentar acessar o serviço online para retirar uma segunda via, fato este que muitas vezes gera atraso, logo as contas não são pagas em dias, o que acarreta um juros ao consumidor.

Em telefonema a sede dos Correios situada na Av. J.S. Pinheiro, foi informado que o motivo para os atrasos se dá devido a constante modificação nos CEP, entretanto, a moradora alega que o Código de Endereçamento Postal (CEP) sempre foi o mesmo e nunca sofreu alterações.

E este problema não resume-se apenas no bairro, constantemente recebemos e mails descrevendo o mesmo caso de uma quantidade demasiada de leitores.

Alunos da UESC se revoltam com atraso de pagamento das bolsas

Alunos estão sem receber desde junho.
Alunos estão sem receber desde junho.

Os estudantes da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) estão revoltados com o descaso da universidade desde o mês de junho. Segundo denunciantes, os próprios alunos, a UESC está atrasando o pagamento das bolsas, dinheiro que é de suma importância para os universitários.

A UESC seleciona todo ano cerca de 1060 alunos com carência declarada para serem contemplados com duas bolsas: a bolsa permanência, de R$ 950, com valor estipulado em R$ 270 mensais em oito parcelas (referentes a março – junho e agosto – novembro) e a bolsa moradia, de R$ 80, sendo $ 200 em dez parcelas (referentes a março – julho e agosto a dezembro). Os estudantes carentes precisam desta verba do governo para se manterem na universidade, pois, além de gastos com xerox, passagens de ônibus e livros, muitos alunos moram de aluguel por serem de outro município.

De acordo com os universitários, desde o mês de junho que eles são sabem qual o destino deste dinheiro. Questionados sobre o caso, os setores da UESC informam que a solução não é com eles, e que o repasse depende da Secretaria da Fazenda, que por sua vez, diz que já realizou o repasse da verba para a instituição. Mas os estudantes continuam sem receber o dinheiro das bolsas, e acabam dependendo de ajuda de amigos, familiares e vizinhos.

UESC atrasa pagamento de bolsistas

Os estagiários e bolsistas da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) reclamam que não receberam os salários referentes ao mês de junho até esta segunda-feira (22). Segundo a tesouraria da UESC, ainda não há previsão para pagamento, pois o governo do estado não liberou o dinheiro.

De acordo com os estagiários, esses atrasos são frequentes. “Todo mundo recebe, menos a gente. Há sempre um descaso com a nossa categoria”, afirma uma estagiária da Universidade. Enquanto isso, os alunos aguardam a liberação do dinheiro, que é de grande ajuda para os estudantes.

Beneficiários de Residencial em Itabuna criticam demora na entrega dos apartamentos

Após a Prefeitura de Itabuna informar não saber da falta de capacidade de fornecimento para o Residencial Jardim América I as margens da Rodovia (Semi anel rodoviário Km 12 bairro – Nova Califórnia), a Comissão 1 de moradores por meio de representantes dos beneficiárioS esteve na manhã do ultimo dia 11 com o secretário que assinou documento selando o interesse da prefeitura de entregar o condomínio no dia 30 como agendado.

Como a Presidenta Dilma Russeff determinou a entrega com os pisos a comissão esteve no canteiro de obra onde ouviu por parte da engenharia que o dinheiro não tinha sido repassado e que não existia ainda se quer data prevista, e se tivesse o dinheiro em caixa teria que fazer nova licitação depois encontrar mão de obra especializada que é escassa na região para assentarem as cerâmicas demoraria no mínimo mais 6 meses prazo que não é aceito pelos beneficiários que em sua maioria moram de aluguel ou de favor.

Na tarde do mesmo dia a Comissão ‘1’ em reunião na Prefeitura de Itabuna, foi solicitado que a Comissão colhesse as assinaturas dos beneficiários em forma de abaixo assinado que acontecerá no Holl do Centro de Cultura à partir das 13 horas deste Sábado (15), a ser encaminhado para Brasília no ministério das cidades para que a entrega do residencial de fato aconteça dia 30 de junho como prometido e assinado pelo secretário.

São 500 famílias, precisamos no mínimo de 250, e mais um beneficiário para validar o abaixo assinado com motivos para a entrega sem a cerâmica. Afirma Robson – Vice-Presidente da comissão.

Luis Sérgio, Robson Costa, Edivaney Campos, Fabio Santos, Eliane Oliveira, Victor Silva Membros da comissão de moradores e mutuários do residencial.

– Mais informações, Robson Santos Costa  8813-3897.

Augusto Castro alerta que atraso nas indenizações da barragem em Itapé pode gerar desempregos

O deputado Augusto Castro (PSDB), em discurso hoje (12) na Assembleia Legislativa da Bahia, cobrou do Governo do Estado providências para o pagamento das indenizações dos produtores rurais da região de Itapé que tiveram suas terras desapropriadas para a construção da Barragem do Rio Colônia. Até o momento o máximo pago foi de 10% do valor da desapropriação. “Sem terras e sem recursos para investir em nova área os produtores enfrentam dificuldades que repercutem em toda a região, a exemplo do desemprego”, alertou o parlamentar. Em sua opinião, se os recursos das indenizações já estavam previstos no PAC, é fundamental que sejam efetivadas para garantir a manutenção e a abertura de novos empregos.

Em seu pronunciamento, o deputado também destacou a importância dessa barragem para que seja garantida a estabilidade do abastecimento de água em Itabuna, permitindo, inclusive, a instalação de novas indústrias que tenham como critério a regularidade do fornecimento de água na região.