Funcionários do Banco do Nordeste encerram greve

Os funcionários do Banco Nordeste do Brasil decidiram encerrar nesta terça-feira (15) a greve que acontecia há 27 dias. A decisão foi tomada em assembleia da categoria realizada em Salvador. Um dia antes os trabalhadores da Caixa Econômica Federal finalizaram o movimento.

Greve foi encerrada nesta terça-feira, 15 (Foto: Divulgação)
Greve foi encerrada nesta terça-feira, 15 (Foto: Divulgação)

De acordo com o sindicato, a garantia da Participação nos Lucros e Resultados (PRL) Social, de 3%, é um dos benefícios conquistados durante  mobilização. A entidade afirma que quase 100% das 300 agências do banco, no país, aderiram ao movimento grevista. Os funcionários dos bancos privados e do Banco do Brasil, que também participaram da mobilização, tinham encerrado a greve na sexta-feira (14).

Acordo
Na madrugada de sexta-feira (11), o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) chegaram a um acordo para encerrar a paralisação. Os principais pontos do acordo, segundo a Contraf-CUT, são 8% de reajuste (1,82% de aumento real); 8,5% (2,29%) de reajuste para o piso da categoria, e compensação pelos dias parados pela greve de até uma hora por dia (entre segunda e sexta-feira) até o dia 15 de dezembro.

Bancários chegam a acordo e podem encerrar greve

O Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) chegaram a um acordo na madrugada desta sexta-feira (11) para encerrar a greve da categoria que completou 22 dias na quinta (10), informou a Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro (Contraf-CUT). A decisão agora terá de ser levada às assembleias locais para ser votada porá fim à paralisação se aprovada.

Greve pode acabar após votação em assembleias locais (Foto: Divulgação)
Greve pode acabar após votação em assembleias locais (Foto: Divulgação)

Segundo a Contraf-CUT, cidades de São Paulo, incluindo a capital, Rio de Janeiro, Pernambuco e Rio Grande do Sul vão realizar assembleias na tarde desta sexta. Demais sindicatos do país vão realizar assembleias até segunda-feira (14).

Os principais pontos do acordo, segundo a Contraf-CUT, são 8% de reajuste (1,82% de aumento real); 8,5% (2,29%) de reajuste para o piso da categoria, e compensação pelos dias parados pela greve de até uma hora por dia (entre segunda e sexta-feira) até o dia 15 de dezembro.

Fonte: G1

UESC paralisa atividades nesta quarta-feira

Os professores da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC) decidiram fazer uma paralisação nesta quarta-feira (09). De acordo com a Associação dos Docentes da UESC (Adusc), a decisão é para “denunciar à sociedade a situação crítica em que as universidades estaduais se encontram por causa da falta de recursos”. O Adusc afirma ainda que “o governo petista, além de não pagar aos credores (terceirizados, fornecedores etc.) ainda enviou a Assembleia Legislativa um projeto de Lei Orçamentária Anual que, para 2014, mantem o orçamento universitário abaixo de 5% da Receita Líquida de Impostos (RLI)”.

A decisão foi tomada em assembleia feita última na quinta-feira (03). A paralisação será acompanhada por todas as universidades estaduais baianas e deve contar com outras atividades. A Associação dos Funcionários da UESC, por exemplo, pede que todos compareçam ao campus para discutir ações pertinentes à categoria.

Servidores municipais de Ilhéus continuam greve e dão prazo à Jabes

Em assembleia realizada na manhã desta segunda-feira (30) os trabalhadores municipais de Ilhéus decidiram que darão o prazo até sexta-feira (4) para que o prefeito Jabes Ribeiro cumpra o que determina a Constituição Federal e a Lei de Responsabilidade Fiscal e até lá a greve geral dos servidores públicos continua.

Greve é mantida pelos servidores / Foto: Fábio Bonfim / Ilhéus 24h.
Greve é mantida pelos servidores / Foto: Fábio Bonfim / Ilhéus 24h.

Caso contrário, os trabalhadores entrarão com ação na justiça juntamente com o Ministério Público Federal do Trabalho para que a lei seja cumprida, garantindo a revisão anual a partir da data base de cada categoria e ainda o piso nacional dos professores de 7,97%, também com data retroativa a 1º de janeiro. Leia mais…

Deputado Augusto Castro comemora aprovação da PEC da Ficha Limpa

O deputado Augusto Castro (PSDB) comemorou a vitória da oposição que, apesar de ser em minoria na Assembleia Legislativa, conseguiu impor a colocação na pauta de votação nessa quinta-feira (27) de dois importantes projetos: a PEC da Ficha Limpa, de autoria do deputado Elmar Nascimento (PR), que impede o acesso para qualquer cargo público a pessoas condenadas por envolvimento em casos de corrupção, e a PEC que reduz o recesso parlamentar de 90 para 60 dias. Em sua avaliação, esses projetos, aprovados no início da noite de ontem, reforçam a questão da moralidade e transparência no serviço público e atende a parte dos anseios da imensa massa que se mantém mobilizada no país.

Além da Bahia, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul já adotaram a Lei da Ficha Limpa para seus servidores públicos.

Na emenda constitucional aprovada, a proposta é de que se acrescente o parágrafo 3 ao artigo 14 da Constituição do Estado para definir requisitos de investidura em cargo público efetivo ou comissionado, que sejam exigidas as “certidões criminais negativas emitidas pela justiças comum e federa; cumprimento de obrigações eleitorais; das obrigações militares; que não tenha perdido cargo eletivo o governador e o vice-governador do estado e o prefeito e o vice-prefeito, por infrigência à dispositivo da Constituição Estadual ou da Lei Orgânica do município nos últimos 8 anos”.

A PEC determina ainda que a pessoa não pode ter decisão contra si na Justiça Eleitoral de abuso de poder econômico ou político nos últimos 8 anos, entre outras coisas.