Argentina derrota a Holanda e decide Copa contra a Alemanha

download

Nesta quarta-feira, após uma partida sofrível, que ficou em 0 a 0 por 120 minutos, a Argentina eliminou a Holanda nos pênaltis por 4 a 2, no estádio Itaquerão, em São Paulo, e se classificou para a final da Copa do Mundo pela quinta vez.

Na cobrança de pênaltis, os europeu começaram com a bola, com o atacante Vlaar que acertou nos braços do goleiro argentino. A segunda bola foi de Messi, que acertou com facilidade no gol. Outro jogador holandês que perdeu gol foi o Sneijder. Para os hermanos, Garay, Aguero e Maxi Rodríguez conseguiram meter dentro da rede.

Os grandes rivais brasileiros encontram a Alemanha no próximo domingo (13), na grande final da Copa do Mundo no Brasil, no estádio do Maracanã. Essa será a terceira vez na história dos mundiais em que as duas seleções se encontram em finais.

A Holanda jogará contra o Brasil no próximo sábado (12), para tentar a terceira colocação.

Bombas da Segunda Guerra Mundial são encontradas na Alemanha

Peritos retiraram nesta quinta-feira (7) uma bomba de 250 kg utilizada na Segunda Guerra Mundial em um bosque de Potsdam (Alemanha), cidade que fica a 30 km do centro de Berlim. Além deste, outro artefato – de 20 kg – foi removido de uma região perto de uma estação de trens desativada.

Bomba foi encontrada em bosque de Potsdam, cidade vizinha a Berlim (Foto: Divulgação/Agência Efe)
Bomba foi encontrada em bosque de Potsdam, cidade vizinha a Berlim (Foto: Divulgação/Agência Efe)

Dessa vez, em Potsdam, como as bombas foram encontradas em regiões desabitadas, não foi necessário que ninguém saísse de casa. Foram necessárias duas horas para remover os armamentos.

Este é o segundo caso em menos de uma semana. No domingo, outro artefato – pesando 1,8 tonelada – foi retirada de uma área residencial de Dortmund (a 500 km da capital) e forçou a remoção temporária de 20 mil pessoas de suas casas.

Por conta do intenso bombardeio sofrido pela Alemanha na Segunda Guerra Mundial, até hoje é muito comum encontrar armas que não explodiram. Em agosto do ano passado, foi necessário detonar uma encontrada no centro de Munique, a terceira maior cidade alemã.

O país conta com forças especiais para a retirada desses armamentos.

Fonte: Uol

Alemanha permite registro de bebês com gênero indeterminado

A Alemanha é o primeiro país da Europa a permitir que bebês nascidos com características de ambos os sexos sejam registrados sem precisar determinar se são do sexo masculino ou feminino. A partir desta sexta-feira (1º) os pais já podem deixar em branco o trecho que diz respeito ao gênero nas certidões de nascimento – criando, efetivamente, a nova categoria do “sexo indeterminado”.

Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)
Imagem ilustrativa (Foto: Divulgação)

A medida tem como objetivo retirar dos pais a pressão de tomar decisões rápidas a respeito de cirurgias de determinação de sexo. Estima-se que uma em cada 2 mil pessoas nascem com características de ambos os sexos.

Estas pessoas são conhecidas como intersexuais (ou hermafroditas), pois nascem com uma combinação de cromossomos masculinos e femininos ou até órgãos genitais com características dos dois gêneros.

Segundo o correspondente da BBC em Berlim Steve Evans, a grande dificuldade para os pais é que frequentemente o gênero da criança precisa ser escolhido rapidamente, para que o bebê seja registrado.

Em alguns casos a cirurgia é feita quando o bebê ainda é recém-nascido, para conseguir o máximo de determinação de gênero, acrescenta o correspondente da BBC.

Infelicidade
A lei da Alemanha foi revista depois da análise de casos nos quais as pessoas que passaram por essa cirurgia tão cedo revelaram uma grande infelicidade na vida adulta.

“Não sou homem nem mulher. Vou continuar sendo os retalhos criados por médicos, ferido e desfigurado”, declarou uma pessoa – submetida à cirurgia porque seus órgãos genitais não tinham uma definição clara – muitos anos depois do procedimento.

Segundo o Ministério do Interior da Alemanha, agora os passaportes do país, que atualmente definem os gêneros apenas como M para masculino ou F para feminino, terão uma terceira designação, o X, para intersexuais.

Ainda não está claro qual o impacto dessa mudança nas leis de casamento e união no país.

As leis atuais definem o casamento como a união entre um homem e uma mulher, e parcerias civis são voltadas para casais do mesmo sexo.

Fonte: G1

Misteriosa múmia achada na Alemanha era de plástico

A misteriosa múmia achada ano passado por um menino de dez anos no celeiro de seus avós [relembre] e que intrigou inúmeros especialistas era de plástico, informou a promotoria de Verden, no Norte da Alemanha.

Novos exames revelaram que apenas a cabeça era de verdade / Imagem: Reprodução
Novos exames revelaram que apenas a cabeça era de verdade / Imagem: Reprodução

“A cabeça de múmia era, no entanto, de um ser humano, mas, segundo as suspeitas da promotoria, se trata de um crânio utilizado nos cursos de anatomia de uma escola de medicina”, explicou o porta-voz do ministério Público, Lutz Gaebel.

Segundo Gaebel, a cobertura com uma substância metálica dos ossos de plástico fez que o primeiro exame com escâner estabelecesse de forma errônea que eram ossos de verdade.

Gaebel disse, ainda, que as pesquisas tentavam determinar agora a origem do crânio.

Alemanha cria ‘terceiro gênero’ para registro de recém-nascidos

Os pais podem escolher entre "masculino", "feminino" e "indefinido".
Os pais podem escolher entre “masculino”, “feminino” e “indefinido”.

A partir de 1º de novembro a Alemanha oferecerá aos pais três opções para registrar seus filhos: “masculino”, “feminino” e “indefinido”. A nova lei foi aprovada em maio, mas seu teor só foi divulgado agora. Com isso, a Alemanha passa a ser o primeiro país europeu a oficializar o terceiro gênero.

Essa mudança é uma opção para pais de bebês hermafroditas, que nascem fisicamente com ambos os sexos. A nova legislação abre a possibilidade de a criança, ao se tornar adulta, escolher posteriormente se prefere ser definida como homem ou mulher. Ou mesmo seguir com o sexo indefinido pelo resto da vida.

Questões indefinidas
Na Alemanha, alguns jornais disseram que a mudança é uma “revolução legal”. No entanto, a lei não prevê como a escolha do sexo indefinido é refletida em documentos como o passaporte, onde existe apenas escolha entre “M” e “F”. A revista alemã de direito familiar FamRZ sugere que a opção de sexo indefinido seja marcada com a letra “X”.

A nova lei é amparada em uma decisão do tribunal constitucional alemão que estabeleceu que pessoas que se sentem profundamente identificadas com um determinado gênero têm o direito de escolher seu sexo legalmente.

Outro assunto ainda a ser definido é matrimônio. A lei alemã só permite atualmente casamentos entre homens e mulheres, o que não contempla pessoas de gêneros indefinidos.

Poucos países no mundo possuem legislações sobre terceiro sexo. A Austrália aprovou uma lei há seis semanas, mas desde 2011 os australianos já têm o direito de identificar-se com o sexo “X” no passaporte. Na Nova Zelândia, isso é possível desde 2012.

O correspondente da BBC na Alemanha, Demian McGuiness, afirma que ainda há outros pontos em aberto. No caso de uma pessoa de sexo indefinido ser presa, em qual presídio ela seria detida?

O grupo de direitos de pessoas transgêneros Trangender Europe vê avanços na legislação alemã, mas reivindica mais mudanças.

“É [uma mudança] lógica, mas não é uma lei tão progressista como gostaríamos que fosse”, disse Richad Köhler, do Transgender Europe. Ele diz que a lei só contempla bebês que tiveram diagnóstico médico de hermafroditismo.

A entidade quer que as pessoas possam ter o direito de deixar a opção de gênero em branco, sem precisar se quer se declarar ‘indefinido’.

Fonte: G1

Alemanha: Menino encontra múmia na casa da avó

Um menino alemão de 10 anos de idade descobriu uma múmia escondida no sótão da casa de sua avó. A peça estava dentro de um sarcófago completo, que era guardado em uma caixa de madeira, segundo a imprensa alemã.

Ainda existem dúvidas se a peça encontrada pelo menino Alexander Kettler, em Diepholz, na Alemanha, seria uma relíquia do antigo Egito. O pai do garoto, Lutz Wolfgang Kettler, pretende levar a múmia para ser examinada por peritos em Berlim.

O avô do menino havia viajado para o norte da África na década de 1950. Como o avô já falecido nunca falou sobre a múmia, o mistério sobre sua origem permanece.

Fonte: G1