Acampamentos do Reúne Ilhéus são desfeitos pela Prefeitura

Nesta segunda-feira (21) pela manhã os acampamentos montados pelo movimento Reúne Ilhéus há 97 dias foram retirados à força por homens não identificados. A Policia Militar esteve presente mas não participou da ação.

Momentos antes da desocupação dos acampamentos (Divulgação: Reprodução)
Momentos antes da desocupação dos acampamentos (Divulgação: Reprodução)

Segundo uma estudante, todos do grupos ainda dormiam quando a desocupação começou, sem qualquer aviso prévio ou apresentação de mandado judicial. Em nota, o município afirmou que o acampamento trazia transtornos ao comércio e à população de modo geral e afirmou que as exigências feitas há três meses pelo grupo serão atendidas, como a auditoria do sistema de transportes, que pode determinar a redução da tarifa na cidade.

Mais tarde, os estudantes do Reúne Ilhéus foram à delegacia e registraram um Boletim de Ocorrência contra o prefeito Jabes Ribeiro. Na denúncia, alguns membros do movimento afirmam que os homens responsáveis pelo desmonte do acampamento chegaram sem apresentar qualquer ordem de desocupação e levaram até pertences pessoais.

No BO, o grupo registra que foram levadas barracas, roupas, cadeiras, mesas, equipamentos eletrônicos e até dinheiro – cerca de R$ 400 reais em espécie.

As imagens feitas pela própria prefeitura mostram que todo o material retirado do acampamento foi amontoado num caminhão, mas o destino ainda é desconhecido.

Pela noite, os jovens fizeram vigília na porta da prefeitura à espera do prefeito, que não apareceu para uma reunião de secretariado.

Vídeo gravado e postado pela Prefeitura de Ilhéus:

Informações: Ilhéus24H

Camaçari: População acampa na rua para conseguir vaga em cursos

A partir da manhã desta sexta-feira (26) pais e alunos começaram a acampar em frente à sede da Secretaria de Cidadania e Inclusão (Secin) para conseguirem se inscrever em um dos cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec). Algumas pessoas contam que estão aguardando as senhas de atendimento desde quarta-feira (24). De acordo com uma estudante, as pessoas providenciaram uma lista para organizar a ordem de chegada.

Segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Camaçari, as senhas serão distribuídas a partir das 7h deste sábado (27). O grupo será atendido a partir das 8h. Serão oferecidas 300 vagas para oito cursos: caldeireiro, ajustador mecânico, assistente de planejamento e controle de produção, eletricista instalador predial de baixa tensão, agente de observação de segurança na indústria, operador de sonda de perfuração, operador de computador, além de montador e reparador de computador.

Quem deseja se candidatar, deve ter entre 16 e 59 anos e ter concluído o Ensino Fundamental I. É necessário levar original e cópia dos documentos de identidade, CPF, comprovante de residência, atestado de escolaridade, cartão de inscrição do NIS (Número de Inscrição Social) e  PIS (Programa de Integração Social). A previsão de início das aulas é no dia 26 de agosto.