“Tiquinho” e parceiro morrem em confronto com a polícia

unnamed (33)

Rodrigo Paiva Santos, o “Tiquinho”, de 23 anos, morador do bairro Santo Inês e Paulinho, membros da facção Raio A, morreram em confronto com polícias civil e militar na noite de quarta-feira (25) na cidade de Ilhéus a 32 km de Itabuna.

unnamed (30)

“Tiquinho” vinha sendo procurado desde 20 de abril de 2014 quando fugiu do Conjunto Penal de Itabuna, onde os internos do presídio cavaram um túnel utilizando pás de ventiladores e uma espécie de gambiarra com fio e diversas lâmpadas. Na fuga cerca de 30 detentos fugiram do presídio através do túnel.

Em 6 de fevereiro, sete pessoas suspeitas de envolvimento do bando de “Tiquinho” foram presos em uma operação das polícias civil, militar e rodoviária federal no bairro Nova Ferradas. Na ação, foram apreendidas 22 munições, 60 pinos de cocaína, 10 tabletes de maconha, 37 buchas de maconhas, papelotes contendo mais drogas, uma moto com restrição de roubo, uma quantia de R$ 395,00 em dinheiro, uma pistola, uma espingarda e uma revólver calibre 38. E dois bandidos morreram em confronto com a polícia. Já o “Tiquinho” que estava escondido no bairro, conseguiu fugir do cerco da polícia.

Entre os crimes que ele é acusado,  está o homicídio de Renilda Lima da Hora, mais conhecida como Reni do Acarajé, 40 anos, que morreu após ser baleada no bairro Antique em junho de 2014. Veja vídeo onde presos confessam quem cometeu o homicídio.

O segundo criminoso, identificado como Paulinho, também era considerado um bandido de alta periculosidade, acusado de diversos crimes. Aparece em fotos em redes sociais com uma grande quantidade de droga. 

unnamed (29)

Com a dupla, a polícia apreendeu um revólver calibre 38 e uma pistola. A suspeita é de que a pistola seja a mesma que Tiquinho usava em fotos postadas nas redes sociais.

unnamed (31)

Os comentários estão fechados.