Suspeito de esfaquear 5 pessoas no Festival Virada é ambulante credenciado para atuar no local, diz PM

O homem suspeito de esfaquear cinco pessoas durante uma briga no o Festival Virada Salvador, na noite de domingo (30), é um vendedor ambulante credenciado para trabalhar na Arena Daniela Mercury, segundo informou a capitã da Polícia Militar, Eva Cachoeira.

“Demos conta que o homem era vendedor ambulante. Ele é um vendedor cadastrado pela prefeitura. As investigações que vão mostrar como ele entrou com o facão, mas existe a possibilidade dele ter entrado com o objeto dentro de um isopor”, disse Eva Cachoeira.

O caso ocorreu no terceiro dia da festa, durante o show da banda Lá Fúria, segunda atração do evento. O suspeito, que também se feriu, foi preso pela Guarda Municipal. O homem usou um facão para atacar as vítimas e o objeto não foi encontrado após a ação.

A capitã da PM ainda fez um alerta para as pessoas que vão à festa. “Existe a orientação que as pessoas não venham para a festa com utensílios que possam ferir outras pessoas. A gente precisa que além da fiscalização, as pessoas tenham consciência de vir curtir a festa com o espírito desarmado”, disse.

Segundo a capitã, informações preliminares apontam que a briga começou após o homem se sentir incomodado com uma paquera direcionada à companheira dele.

Por conta da situação, a PM informou que os ambulantes também passarão pela revista antes de acessarem a arena. Até o domingo, apenas o público era revistado.

Os comentários estão fechados.