Silvanno Salles se explica sobre Camaro apreendido

Nesta quinta-feira (9) o cantor baiano de arrocha Silvanno Salles explicou o motivo que levou à apreensão do seu Camaro branco, que foi levado ao pátio da Transalvador por policiais militares no final da tarde de quarta-feira (8).

Camaro branco do cantor apreendido em Salvador (Foto: Reprodução)
Camaro branco do cantor apreendido em Salvador (Foto: Reprodução)

Silvanno informou que trafegava com o carro sem a placa dianteira porque o equipamento tinha caído durante a lavagem do veículo. “Como eu ia para casa, fui assim

Silvanno Salles
Silvanno Salles

mesmo. Não tinha dirigido nem dois quilômetros, quando a polícia me parou. Eu expliquei a situação, e inclusive mostrei que a placa estava dentro do carro”, contou. Ele negou qualquer problema com pagamento do licenciamento do veículo. Ainda segundo o cantor, a placa do Camaro já havia caído outras vezes porque o carro importado não tem adaptação para uso de placa dianteira, e é preciso utilizar um adesivo para atender as leis de trânsito brasileiras.

O Camaro foi retirado do pátio da Transalvador na manhã desta quinta-feira após pagamento de uma taxa de R$ 40.  A Polícia Militou afirmou que o veículo estava em alta velocidade, sem placa dianteira e sem documentos obrigatórios quando foi apreendido.
Informações do G1
Os comentários estão fechados.