Saiba quem é o ambulante que virou testemunha da prisão de Geddel

Os olhos de Marcos de Jesus Santos, 36 anos, viram o que muitas pessoas tiveram curiosidade de ver. Enquanto ia trabalhar na manhã desta sexta-feira (8), o vendedor ambulante, que tinha como uniforme uma camiseta do Vitória, virou testemunha da prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima, realizada pela Polícia Federal, no bairro do Chame-Chame, em Salvador, onde o político mora.

Marcos foi uma das duas pessoas escolhidas de forma aleatória pela PF e levadas como testemunhas do cumprimento dos mandados de prisão, busca e apreensão dos federais no 9º andar do edifício de luxo Pedra do Valle, na Rua Plínio Moscoso, onde Geddel cumpria prisão domiciliar. A outra testemunha foi um porteiro do prédio que não teve o nome revelado.

O ambulante tem uma banca com bebidas (cerveja, refrigerante, água e suco) em frente ao Pedra do Valle. Ele ainda começava a dar os primeiros passos para subir a ladeira, que é paralela à Avenida Centenário, quando foi cercado pelos federais a 35 metros de seu ponto de trabalho.

Foi um susto e tanto. Na hora, pensei: ‘trabalho duro para sustentar minha família, levo uma vida honesta e o que eles querem comigo?’ Mas aí me perguntaram se eu trabalhava na região, disse que sim, e me pediram para simplesmente acompanhá-los, que eu seria apenas uma testemunha. Não tive opção”, contou Marcos.

Deixar uma Resposta