Rui evita responder a Neto e denuncia que está há 7 meses esperando alvará para Policlínica do Subúrbio

O governador Rui Costa (PT), que foi acusado por ACM Neto (DEM) de ter cometido estelionato eleitoral, preferiu não responder e afirmou que os políticos devem deixar de lado “a politicagem e o disse-me-disse” com o fim das eleições.

Rui também questionou o motivo da Policlínica do Subúrbio não conseguir o alvará de construção. Rui autorizou a construção da obra em março deste ano.

“Estou aguardando há 7 meses o alvará de construção da Policlínica do Subúrbio. Estou investindo ali 20 milhões de reais e já são quase 8 meses que o estado aguarda o alvará. Eu quero trabalhar, construir a Policlínica do Subúrbio. O povo do Subúrbio deve estar inquieto”, disse.

Questionado pelo Varela Notícias sobre a questão fiscal do Estado da Bahia, Rui citou o rombo na previdência estadual e afirmou que é preciso encontrar outras formas de financiamento para resolver o assunto, que, segundo ele, é um problema de todos os estados.

“Sobre as finanças, sempre tratamos com muita transparência. Temos um problema em todos os estados brasileiros. Aconteceu um fenômeno da corrida à aposentadoria por causa da reforma. Vou fechar 4 anos com 23 mil aposentados. Duplicamos o déficit da Previdência. Quando entrei, o déficit era de 2 bilhões de reais. Agora, estamos fechando 2018 com o déficit de 4 bilhões de reais. Precisamos encontrar uma solução urgente”, falou.

Os comentários estão fechados.