Rui Costa lamenta condenação e diz que Lula é “um fenômeno político”

O governador Rui Costa (PT) se pronunciou sobre a condenação do ex-presidente Lula a nove anos de prisão, nesta quarta-feira (12). Rui “lamentou” a decisão tomada pelo juiz Sérgio Moro, responsável pelos processos de primeira instância da Operação Lava Jato.

“É mais uma tentativa de impedir a volta de Lula à Presidência, um clamor popular que incomoda aqueles que estão usufruindo das benesses do poder”, destacou Rui, acrescentando que a decisão “parece muito mais uma perseguição política que uma decisão baseada em fundamentos técnicos”.

“Ao longo dos oito anos na Presidência, Lula se consolidou como um fenômeno político em razão das políticas públicas implementadas em seu governo, promovendo maior redistribuição de renda e inclusão social, através de programas como o Bolsa Família, aumento dos empregos formais, elevação do salário mínimo e expansão do crédito. Além disso, avançou na área econômica, duplicando o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) e ampliando as opções de educação superior para as camadas mais pobres da população”, acrescentou o governador.

Rui ainda destacou que a “trajetória” de Lula é reconhecida “internacionalmente por instituições acadêmicas, políticas e em defesa dos direitos humanos graças à sua atuação combativa”.

Os comentários estão fechados.