“Reforma Trabalhista aprofundará recessão”, afirma Augusto Vasconcelos

Para o presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, Augusto Vasconcelos, “as alterações na CLT, combinadas com a lei de terceirização, levarão a uma precarização sem limites das relações de trabalho.”

De acordo com o sindicalista, “o impacto principal será a substituição de contratos de trabalho indeterminado, por prestadores de serviço terceirizados ou relações intermitentes, sem salvaguardas para os trabalhadores, que não estarão protegidos por convenções coletivas das categorias preponderantes e receberão salários mais baixos”.

“Com menor poder aquisitivo o consumo das famílias será reduzido, aprofundando a crise econômica”, acrescentou.

Os comentários estão fechados.