Quadrilha de Pau Brasil é presa em operação policial

Na manhã desta quinta-feira (31), foi deflagrada a Operação denominada “PB PITA” em cumprimento de mandados judiciais de busca e apreensão e mandados de prisões dos integrantes de uma organização criminosa, procedente de Pau Brasil, especializada em roubo, ameaças, homicídios e tráfico de drogas, com ramificação no município, inclusive com ostentação de armas de fogo.

De acordo com as autoridades civis, a referida operação, teve como fundamentação dados produzidos em captação de áudio obtido em reiteradas interceptações telefônicas acolhidas pelo Judiciário, o que resultou no conhecimento dos nomes dos integrantes e atitudes praticadas por eles. Assim, foi possível verificar a hierarquia, sendo apontado Jailson Filho Oliveira Mendes, (Jal), reconhecido como o líder do bando, que cumpre pena por tráfico de drogas no presidio de Itabuna. Ele passou ordens de dentro da cadeia.

Os integrantes da quadrilha são: José Arlei Serafim dos Santos, Joice Gomes Guimarães, Givaldo Rosa dos Santos Júnior, Wenisson Santos da Silva, (Papa Capim), Geovana Guimarães, Kaiane Bento da Silva, Ronaldo Idalício de Souza, Maria Carolina Cardoso, Tatiane Rodrigues Brito, Pâmela Sueçy Lima dos Santos, um elemento de prenome Júnior Gadita, Vitória Karina da Silva França, Gleice Teles da Cruz (Keu), Danilo Barbosa dos Santos, Ronelito Ferreira dos Santos (Rone Bomba), Wendson Nascimento Santana, (Baoque), Fabrício Dias dos Santos e ainda indivíduos conhecidos como: Girlene, Pacaia e Pedrinho. Onze mandados de buscas e apreensão foram realizados nas residências dos apontados.

De acordo com o delegado Francesco Denis da Silva Santana, restam ainda nove mandados de prisão, sendo que quatro deles serão cumpridos contra indivíduos que se encontram presos, já cumprindo pena por outro processo no presidio de Itabuna. Após conclusão do inquérito, será oficiado ao Judiciário solicitando a transferência do líder e de seus dois possíveis sucessores no comando para o presídio de segurança máxima em Serrinha. Todas as informações, constam nos autos da Justiça da Comarca e das autoridades civis da Delegacia de Pau Brasil.

Os comentários estão fechados.